Tempo de Leitura: 6 minutos

Você provavelmente já ouviu falar em proatividade, mas você sabe o que significa ser proativo? Neste post a gente te explica e te ensina tudo sobre!


A proatividade sempre foi um requisito fundamental para quem quer ser notado, admirado e conseguir uma carreira de sucesso dentro de uma empresa. Aliás, há algumas instituições em que esse tipo de habilidade é mais valorizada do que o conhecimento técnico em si.

Inclusive, o Guia Tendências de RH 2021, desenvolvido pela Catho com 500 empresas, comprova a relevância da proatividade. O estudo evidencia que, especialmente em razão da nova realidade de trabalho remoto e/ou híbrido que a pandemia trouxe, a busca por profissionais proativos aumentou significativamente. 

Prova disso é que 67,51% dos recrutadores entrevistados para a pesquisa, consideram a proatividade uma prática essencial no perfil do profissional. 

Apesar de ser figurinha carimbada em processos seletivos e currículos por aí, essa habilidade ainda é acompanhada de muitas dúvidas, como a confusão tão comum entre proatividade e produtividade ou a ideia de que ser proativo é algo inato. 

Se você já se perguntou o que, afinal, é proatividade ou uma atitude proativa e como é possível colocar isso em prática e aperfeiçoar essa habilidade, este post é para você. 

Continue a leitura e entenda tudo sobre o assunto!

O que é proatividade?

Proatividade é a capacidade de enxergar à frente, prever problemas, encontrar soluções e, principalmente, promover mudanças à sua volta de forma autônoma.

Ou seja, ser proativo significa se antecipar diante de problemas, demandas ou mudanças e, a partir disso, fazer as coisas acontecerem dentro das oportunidades possíveis e mais viáveis de forma eficiente e criativa.

3 exemplos de proatividade

Quer exemplos práticos de proatividade? Sem dúvida, existem muitos, mas aqui vão alguns:

1. Tentar antes de perguntar

Quando um profissional se depara com uma dúvida ou incerteza, uma pessoa reativa não se esforça em buscar ou testar uma solução, às vezes óbvia; se ela não sabe, alguém deve ensiná-la. 

Já a pessoa proativa pensa: “se eu não sei, posso tentar descobrir pesquisando e tentando e, se mesmo assim não conseguir, aí eu pergunto.”

2. Buscar o “como” e não “o que”

Um exemplo simples é quando a impressora acaba a tinta ou o papel e, ao invés de pedir que o superior providencie um novo toner ou resma, o colaborador pergunta como esse processo é feito na empresa e se ele pode executá-lo sozinho.

3. Se antecipar

Separamos algumas situações que exemplificam bem a ação da pessoa proativa de se antecipar. Confira abaixo:

  • Antes de participar de uma reunião, prevê os questionamentos que as pessoas poderão fazer e levanta as informações necessárias para respondê-las.
  • Ao invés de esperar o cliente ligar para reclamar que uma entrega está atrasada, entra em contato com ele e renegocia o prazo, apresentando as razões do atraso.
  • Produz um relatório sobre o andamento de uma atividade e/ou projeto para colocar a chefia a par da situação antes que ela lhe pergunte.

O que é ter uma atitude proativa?

Veja o que é proatividade no blog da TecnoSpeed.
Proatividade está conectado com o ir além das suas atividades. | Imagem: Alena Darmel.

Quem tem uma atitude proativa participa e se dedica sempre que possível ao invés de esperar uma ordem ou solicitação. Para além disso, ser proativo significa ter um enorme diferencial no mercado, estar sempre à frente e disposto a fazer algo pelos colegas, pela empresa, pelo mundo. 

Vale ressaltar que uma real atitude proativa também significa conhecer e respeitar seus limites, para que não seja vista como arrogância, inconveniência ou insubordinação.

Características de uma pessoa proativa

  • Tem visão macro de futuro;
  • É empático e sensível ao seu entorno;
  • Não espera ordens para se movimentar;
  • Sabe lidar com problemas e focar na solução;
  • É capaz de se planejar e também de se adaptar;
  • Usa a criatividade para dar ideias e soluções;
  • Tem espírito de liderança;
  • Faz tudo com dedicação e até o fim.

Aproveite para conferir neste vídeo um pouco mais do que é ser proativo:

O que é proatividade?

Proativo e reativo: como identificar cada perfil nas equipes de trabalho?

Até aqui já foi possível compreender um pouco mais de como é o perfil de um profissional proativo, não é mesmo? Mas agora, antes de continuar apresentando sobre proatividade, é importante entender o perfil oposto: o reativo.

Gramaticalmente falando, o prefixo “re” indica retrocesso/repetição. Com isso já podemos ter uma ideia que o termo reativo dentro de uma organização não significa coisa boa. 

O perfil reativo espera ações externas acontecerem para então agir. Dentre suas principais características estão: falta de iniciativa, visão limitada, pessimismo e dificuldade em tomar decisões rápidas e pensar em soluções. Além disso, o profissional reativo fica esperando pelos pedidos e ordens da chefia para somente então realizar suas atividades.

Totalmente contrário ao reativo, um colaborador com perfil proativo tem iniciativa e desempenha tarefas sem que alguém peça. Mais do que isso, o proativo desenvolve soluções antes que uma situação chegue a se tornar um problema. 

Sua equipe é proativa ou reativa? Faça o teste!

Fácil, rápido e super simples, este teste pode te ajudar a identificar os diferentes perfis na sua equipe de trabalho. Abaixo temos 8 perguntas que devem ser respondidas com “sim” ou “não” (lembrando que é preciso ser totalmente sincero na hora de responder, hein?!).

  1. É possível notar engajamento por parte da equipe com as questões da empresa?
  2. Costumam tirar dúvidas sobre processos, ações e estratégias?
  3. Já solicitaram por capacitação?
  4. Há ajuda e colaboração entre a equipe?
  5. Sentiria segurança de deixar a equipe “sozinha” responsável pelas demandas caso precisasse faltar alguns dias?
  6. Recebe sugestões e/ou propostas de novas ideias?
  7. A equipe se mostra solícita com os colegas de trabalho e/ou clientes?
  8. Já houve alguma proposta de mudança que foi aceita e melhorou um processo da organização?

Vamos ao resultado? Se você respondeu “sim” para a maioria das perguntas, significa que tem uma equipe proativa!

Qual a diferença entre proatividade e produtividade?

A proatividade é muito confundida com produtividade, talvez pela semelhança na grafia e som das duas palavras ou por ambas estarem ligadas com tirar as tarefas do papel e executar. No entanto, elas não dizem respeito à mesma habilidade.

Enquanto na produtividade o foco maior é na entrega, na proatividade é no resultado. Ou seja, ser produtivo significa produzir de forma otimizada, entregar o máximo dentro do prazo disponível, gerir bem o seu tempo.

Já ser proativo envolve uma intenção anterior à execução e não necessariamente está ligada às suas responsabilidades ou ao fator tempo x quantidade. Tem a ver com enxergar, planejar e agir, evitar ou solucionar um problema, gerar mudanças através da sua atitude, conhecimento e visão.

Como desenvolver a proatividade?

Veja o como desenvolver a proatividade no seu dia a dia, no blog da TecnoSpeed.
Não se engane, a proatividade não é um “talento”. | Imagem: Cottonbro.

Para quem ainda tem dúvida, proatividade é, sim, uma habilidade que pode ser desenvolvida. Por outro lado, é preciso primeiro buscar um ambiente que te motive a se dedicar, buscando melhorias.

Tentar ser proativo em um ambiente em que não há espaço ou incentivo para isso ou buscar ter atitudes proativas em uma empresa ou contexto que você não acredita e se identifica vai ser muito mais difícil.

Agora, considerando um contexto favorável nesses dois sentidos, você pode desenvolver sua proatividade a partir dos seguintes pontos:

  • Exercitando um olhar e uma escuta atenta ao seu entorno;
  • Verbalizando ideias e feedbacks sempre que for possível e conveniente;
  • Procurando conhecer mais sobre a empresa ou o ambiente à sua volta;
  • Se oferecendo para ajudar ou assumir novas responsabilidades;
  • Idealizando soluções para as situações ou problemas que você enxergar;
  • Conectando-se com pessoas, principalmente, aquelas com atitude proativa.

3 dicas para desenvolver a proatividade da sua equipe 

1. Conheça sua equipe 

Antes de qualquer coisa é fundamental entender o perfil comportamental de cada membro da equipe. Duas perguntas importantes a se fazer são: quais funcionários têm maior proatividade e costumam tomar a frente das tarefas e tomadas de decisões? e quais tendem a agir de forma reativa?

Após esses questionamentos, o próprio gestor ou o RH consegue identificar qual melhor maneira de desenvolver o profissional, direcionando para treinamentos específicos.

2. Priorize a cultura da empresa 

Quanto mais consolidada for a cultura organizacional da empresa – com a missão, visão e valores bem definidos – mais engajado os colaboradores serão. Por isso, a dica é: desenvolva ações e projetos que fortaleçam os ideais da instituição. Mais do que isso, mostre diariamente aos funcionários que a teoria se aplica na prática.

3. Invista em treinamentos 

Assim como foi citado na primeira dica, investir em treinamentos para a capacitação dos funcionários auxilia diretamente no desenvolvimento pessoal e profissional, o que consequentemente eleva o nível da equipe e os resultados das entregas. 

Como ser proativo em 10 passos? Anota aí!

10 dicas para você ser proativo no blog da TecnoSpeed.
Não sabe como começar a ser proativo? Separamos algumas dicas para você. | Imagens: Ivan Samkob.

Se você acha que não é uma pessoa proativa, mas deseja adquirir este perfil, confira 10 passos e atitudes simples que podem te ajudar nesse objetivo:

  1. Olhe para suas responsabilidades e responda às seguintes perguntas: Quais tarefas são regulares? Quais vêm em grande quantidade? Quais precisam de atenção assim que chegam?
  2. Faça uma análise de como executar as tarefas com mais eficiência. Crie um plano ou rotina para realizar a tarefa; procure passos que possam ser eliminados ou reduzidos e colete todas as informações necessárias antes de iniciar o projeto.
  3. Antecipe os problemas e desenvolva soluções alternativas.
  4. Busque resolver os problemas, ao invés de deixá-los no projeto.
  5. Adiante o que é menos urgente e tarefas diárias.
  6. Saiba definir o que é prioritário.
  7. Elimine o que for desnecessário. Algumas coisas não precisam ser feitas ou não precisam ser feitas por você. Saiba delegar responsabilidades e não desperdice seu tempo em atividades que não são necessárias.
  8. Avalie o que realmente funciona e o que não funciona enquanto executa um processo ou procedimento.
  9. Tente antecipar as necessidades e o que você vai precisar saber realizando um planejamento do projeto.
  10. Explore a criatividade. Faça anotações, armazene ideias, coloque as ideias em ação, observe e absorva tudo o que acontece à sua volta, ao conversar com outra pessoa faça com que ela se sinta importante.

Mantenha-se atualizado!

E aí, curtiu esse conteúdo? Separamos outros dois artigos que também podem te interessar. Acesse:

Gestão empresarial: o que é, como aplicar e resultados concretos!

Planejamento anual: qual a importância e todas as dicas para fazer o seu para 2022

Se você for da área de TI e quiser uma boa fonte de informações para se manter atualizado e com as ideias borbulhando, preencha seus dados abaixo e assine a nossa newsletter. 

Summary
O que é proatividade? Confira 10 passos para ser proativo!
Article Name
O que é proatividade? Confira 10 passos para ser proativo!
Description
É bastante comum pensar em proatividade e logo conectar essa habilidade com a ideia de iniciativa. Porém, ser proativo vai além disso. Proatividade é a capacidade de enxergar à frente, prever problemas, encontrar soluções e, principalmente, promover mudanças à sua volta de forma autônoma. Ou seja, ser proativo é o contrário de reativo, significa se antecipar diante de problemas, demandas ou mudanças e, a partir disso, fazer as coisas acontecerem dentro das oportunidades possíveis e mais viáveis.
Author
Publisher Name
TecnoSpeed
Publisher Logo

Localização

Tecnospeed ©  2022. Feito com ❤ pelo time Tecnospeed.