Como emitir NFCe com Java?

Neste artigo, você entender como é o processo para emitir NFCe com Java e conhece as facilidades de integrar uma solução pronta ao seu ERP!


Emitir NFCe em Java é uma das funcionalidades que um ERP desenvolvido nessa linguagem precisa ter para entregar qualidade aos clientes da software house.

Afinal, eles esperam sempre contar com um produto moderno e com as funcionalidades apropriadas para seus negócios.

Javascript é uma das linguagens mais populares no mundo da programação e traz diversas aplicabilidades. Tanto no desenvolvimento back-end como no front-end, muitos profissionais com conhecimento em programação optam por usar esse formato.

Ele permite usar objetos multimídias nos códigos de forma dinâmica, a partir de variáveis.

Os strings, como são conhecidos os textos editáveis, permitem criar textos personalizados, dando respostas para executar uma ação. E isso tem muito a ver com o trabalho para emitir NFCe com Java, um processo que ainda é desconhecido e visto como difícil por muitos desenvolvedores.

A Nota Fiscal do Consumidor Eletrônica é um tipo de nota fiscal muito similar à NFe. Porém, enquanto ela é utilizada como comprovante de venda ao consumidor — com utilização mais comum no varejo — a NFe registra operações que envolvem a circulação de mercadoria, geralmente em transações jurídicas.

Por terem finalidades parecidas, é possível inclusive criar projetos de emissão de NFCe a partir de um voltado para NFe.

A principal diferença no desenvolvimento consiste na adesão de conjuntos de tags adicionais, que podem ser consultados no Manual de Orientação Contribuinte versão 6.00.

Porém, há algumas exigências na construção de um módulo para emitir NFCe em Java, seja do zero ou com base em outros projetos.

Além disso, você não precisa necessariamente empenhar o tempo da sua equipe nessa tarefa que exige tanto esforço — é possível utilizar componentes e APIs de terceiros

Desenvolvemos este artigo para explicar essas questões, mostrando como a complexidade de emitir NFCe com Java pode ser resolvida de uma forma simples. Confira a seguir!

conheça a solução NFCee e da tecnospeed e automatize o seu sistema.

Os desafios de implementação da NFCe no seu ERP

Os principais desafios para emitir NFCe em Java são:

Regras na legislação

A emissão de notas fiscais deve estar alinhada com a Legislação, que passa por alterações com frequência — veja exemplo recente no Mato Grosso do Sul. Contribui para isso cada Estado ter as suas regras específicas, sem seguir um padrão de formatação.

É necessário, então, ficar atento às normas para evitar problemas como a rejeição da NFCe ou o comprometimento do processo de vendas do seu cliente.

Ou seja, é necessário checar as regras constantemente para manter a qualidade dos serviços, bem como acompanhar as datas de obrigatoriedade da emissão. Mas essa não é a única questão a ser verificada!

Certificados digitais

Para conseguir emitir NFCe comJava, os certificados digitais precisam estar atualizados.

Essa ferramenta é responsável por autenticar os registros de forma eletrônica, seja para pessoa física ou jurídica, e se comunicar com o fisco.

A NFCe utiliza normalmente o modelo A1, que precisa ser compatível com o software de emissão.

O certificado é gerado e armazenado no próprio computador, mas é necessário verificar a sua validade para que o ERP possa transmitir os dados de forma autenticada.

O processo também exige a comunicação com o sistema da Secretaria da Fazenda. Assim, deve haver concordância com os certificados específicos da SEFAZ, que são trocados em toda nova atualização.

Como os certificados costumam ser válidos por apenas um ano, é possível que surjam erros e SSL por conta das mudanças dessas ferramentas.

Armazenamento das notas

A legislação exige que todas as notas fiscais sejam mantidas por no mínimo 5 anos pelo emissor.

Caso haja fiscalização, será necessário apresentar os documentos e, por isso, o módulo de emissão da NFCe precisa ser capaz de armazenar os arquivos originais das notas fiscais para consulta.

Atualização constante

É justamente por contas das frequentes alterações nas normas e nos layouts de impressão que a equipe de desenvolvimento precisa gastar esforços para atualizar o módulo sempre que necessário.

A não conformidade com as regras pode resultar na rejeição das notas dos clientes da sua software house, tornando-os insatisfeitos com os serviços prestados.

Para evitar esse tipo de situação, módulos prontos podem evitar desviar o foco dos  desenvolvedores, para que eles trabalhem em projetos realmente valiosos .

O que é necessário para emitir NFCe em Java?

A emissão da NFCe tem alguns pré-requisitos que devem ser levados em conta em um ERP desenvolvido com Java, que são semelhantes ao processo da NFe.

O programa emissor, por si só, é um deles, sendo caracterizado pelo módulo a ser implementado.

Faz parte das exigências o Certificado Digital, que deve ser preenchido e enviado à SEFAZ do Estado. Como falamos, o tipo mais comum é o A1, mas dependerá do sistema ou aplicação a ser utilizado.

Além disso, é necessário fazer uma solicitação de cadastro junto à SEFAZ, que deverá emitir a autorização à empresa que utiliza o ERP, para que ela de fato possa emitir as notas.

A plataforma precisa estar alinhada com a comunicação da Secretaria, sendo capaz de transmitir e receber as informações.

Conheça a Solução NFC-e

Formas de implementação para emitir NFCe com Java

Há duas opções para quem quer emitir NFCe com Java no ERP: via API e via componente DLL. Ambos funcionam muito bem, embora API seja o formato mais recomendado para a linguagem.

A nossa solução NFCe TecnoSpeed disponibiliza os dois formatos para os nossos clientes, trazendo todas as etapas da emissão das notas, desde a geração do XML até a impressão do DANFCe.

Entre as vantagens, é compatível com todos os tipos de linguagem, sendo ideal para quem tem ERP desenvolvido a partir do Java.

A seguir, explicamos como integrar o módulo ao seu software, de forma simples e fácil, tanto por API como por componente DLL.

Componente NFCe

O componente NFCe TecnoSpeed utiliza uma biblioteca DLL que disponibiliza todos os métodos de emissão das notas.

Isso favorece uma software house que opte por manter o fluxo de emissão em seu próprio ambiente.

Para realizar a integração, o desenvolvedor deve instanciar o componente no projeto, implementando chamadas para cada método e, então, configurando-os conforme necessidade.

API NFCe

Se você optar por usar a API, pode integrar a NFCe TecnoSpeed fornecendo os parâmetros para preenchimento do XML por requisitos HTTPS ou arquivo de texto. Então, basta coletar o XML autorizado e o PDF para impressão.

A nossa solução já vem pronta para emitir NFCe em Java, o que facilita muito o trabalho da sua equipe.

Em vez de aplicar esforços desenvolvendo um módulo próprio, seus desenvolvedores podem focar esforços em tarefas mais estratégicas. Entre em contato e integre já a NFCe TecnoSpeed!

Formado em Comunicação em Multimeios. Analista de Marketing da TecnoSpeed, focado em produção de conteúdos para mídias digitais.

Artigos relacionados