Tecnologia em restaurantes: 3 insights estratégicos

Tecnologia em restaurantes? Sim, é possível! Saiba como essa inovação pode ajudar o empresário diante à crise.


O ramo da tecnologia é uma ciência muito importante para os dias de hoje. Através dos estudos nessa área é possível otimizar diversos processos, que vão de uma simples conexão entre eletrodomésticos inteligentes a até mesmo o uso ferramentas desenvolvidas para comerciantes.

Você já imaginou, por exemplo, oferecer tecnologia em restaurantes?

Para você que possui parcerias com estabelecimentos que trabalham com comida e afins, entenda aqui como a tecnologia em restaurantes pode ser um instrumento importante para superar a crise gerada pela COVID-19, além das vantagens que essa adoção traz ao comerciante. 

Continue aqui e entenda tudo sobre o assunto! Boa leitura.

PlugFoods

Inovação em meio à crise: uma necessidade

Uma discussão muito pertinente em meio à crise que estamos passando é sobre inovação. O vírus COVID-19 transformou as relações de trabalho no primeiro semestre de 2020, mostrando que é extremamente importante ter um plano B guardado para qualquer situação.

Uma empresa antiquada, que não estava adequada às novas tecnologias, precisou de mais mudanças para o período de isolamento social. Outros comércios, que não aderiram aos deliverys e demais ferramentas de vendas também foram afetados, levando ao resultado de mais de 600 mil pequenos comércios fechados diante essa situação. 

Uma software house nesse momento precisa desempenhar o papel de inovação para essas empresas. Ao invés de esperar que tudo se normalize é preciso entender que as relações mudaram e quanto mais tecnológico o seu cliente for, mais adequado ao período de pandemia e pós-pandemia ele se encontrará. 

É possível implementar a tecnologia em restaurantes?

Os comércios estão reabrindo as portas após o ápice do isolamento social. Muitos ainda sofrem com as consequências que essa crise trouxe e para reverterem a situação estão mudando as estratégias internas, adquirindo novos materiais, alterando a estrutura da empresa, entre outros.  

A adoção de tecnologia em restaurantes é uma excelente maneira de reafirmar a presença no mercado e voltar a ser destaque entre os consumidores. A inovação começa, então, a partir da adaptação dessas novas ferramentas.

Diante desse cenário é possível, sim, aderir a tecnologia em restaurantes. Existem inúmeras formas de fazer isso, aumentando as oportunidades para os empresários mais afetados e mostrando para os desenvolvedores como o serviço deles é importante neste momento. 

Como colocar tecnologia em restaurantes?

Se você, desenvolvedor, está pensando em oferecer ao seu cliente ferramentas de modernização a partir de otimizações tecnológicas, separamos aqui algumas dicas essenciais nessa mudança, que refletem o futuro pós-pandemia. 

É importante ressaltar que as indicações que faremos podem se adaptar de acordo com o comércio, a depender do pedido de cada contratante. Sempre coloque a busca dele em primeiro lugar para que o serviço realmente seja benéfico a ele! 

  • Wi-Fi, ferramenta primordial

Em primeiro lugar temos uma ferramenta essencial dentro de qualquer estabelecimento nos dias de hoje e que não compete somente aos desenvolvedores, mas a qualquer profissional que trabalha com sistemas de informação e redes de internet — área de tecnologia em geral. 

O sinal de Wi-Fi é fundamental para complementar tecnologia em restaurantes, visto que as pessoas gostam de sair para se divertir em grupos, mas que também procuram usar a internet durante esse período de descanso, comunicar-se com outras pessoas através da web enquanto comem, entre muitos outros.

Portanto, ter esse sinal disponível para os consumidores é uma técnica infalível. Esta pode não ser a solução para os problemas em relação à crise, porém é um instrumento muito importante que você, que trabalha na área de tecnologia, possa incentivar ao seu cliente. 

  • Sistema delivery 

A adoção de um sistema delivery também é interessante para esse período. Quando o isolamento social se iniciou, todos os comércios precisaram fechar as portas, fazendo que os empreendimentos não gerassem receita. Uma forma de solucionar essa problemática foi utilizando as entregas em casa. 

Para isso existem aplicativos específicos, como os famosos iFood ou UberEats, ou até aplicativos menores como o PedeFácil. Eles terceirizam o motoboy cobrando apenas uma taxa para realizar a entrega. Contudo, caso o empresário queira, é possível desenvolver um aplicativo ou até mesmo integrar uma API ao software da empresa somente para pedidos online. 

  • Comanda eletrônica

Por último, mas não menos importante, o período pós-pandemia é uma incógnita para muitos empresários. Mas, você que possui a sua software house ou desenvolve sistemas por contra própria, precisa ter em mente soluções que para essas empresas, já que elas dependem dessa relação com a tecnologia para voltar a crescer no mercado. 

O sistema de comanda eletrônica é uma opção viável daqui para frente. Agora, ao invés do consumidor chegar ao estabelecimento e esperar que o garçom escreva todos os pedidos, esse processo é acelerado através da tecnologia em restaurantes.

O cliente poderá escrever o seu próprio pedido pelo smartphone e enviar diretamente para cozinha, sem a necessidade de ter contato com outros funcionários ou esperar o atendimento. Mesmo que pareça uma atitude simples, o empresário irá economizar com tempo e gastos.

Sistema PlugFoods para a sua empresa

Para você que gostou da ideia de oferecer ao seu cliente um sistema de comanda eletrônica, conheça o PlugFoods! Essa é uma aplicação mobile desenvolvida pela TecnoSpeed, a fim de que o consumidor de uma loja crie o seu próprio pedido pelo celular e mande diretamente para a cozinha do local.

Essa modernização faz que o empresário diminua os gastos com funcionários e que agilize as comandas dentro do estabelecimento. Essa é uma realidade bastante atrativa no pós-pandemia, pois além de diminuir o contato entre pessoas, também diminui o processo de pedido e transforma tudo em mais simples.

Para isso é necessário apenas que a software house ofereça a esse cliente a API PlugFoods, que será implementada no desktop da empresa e servirá como local para recebimento dos pedidos. Ou seja, fácil e simples de utilizar!

Conclusão 

Para você que chegou até aqui, vamos resumir o que foi discutido nesse artigo. A crise gerada pelo vírus COVID-19 realmente assolou muitos comércios, gerando um grande número de perdas no mercado brasileiro. A inovação, contudo, é a chave especial para consertar esse problema, abrindo uma porta para a tecnologia em restaurantes e mostrando que essa é a opção ideal para o mercado.

Sabemos que o empresário já planeja se atualizar, mas você, desenvolvedor, deve incentivá-lo a aderir essa modernização. O PlugFoods é uma opção de comandas eletrônicas, que mostra uma nova realidade dentro dos estabelecimentos alimentícios.

Se você ficou interessado nesse assunto e quer saber mais sobre essa tecnologia ou temáticas afins, continue aqui e conheça mais sobre o blog da TecnoSpeed! 

Formado em Comunicação em Multimeios. Analista de Marketing da TecnoSpeed, focado em produção de conteúdos para mídias digitais.

Artigos relacionados