Tempo de Leitura: 6 minutos

Veja qual a melhor opção para o seu negócio e garanta um aplicativo híbrido ou nativo com qualidade inquestionável para o seu cliente.


Com a expansão tecnológica dos últimos tempos, a quantidade de aplicativos cresceu rapidamente.

E para os desenvolvedores que investem nessa tendência sem conhecer as principais diferenças entre um aplicativo híbrido ou nativo, saiba que isso tem um impacto direto na qualidade final do seu produto.

Assim, criar um aplicativo de sucesso demanda tanto planejamento de negócios quanto a análise de alguns fatores técnicos.

Isso porque cada um é desenvolvido de uma forma diferente, sendo preciso pensar primeiramente nas funções que se deseja oferecer para seus clientes.

Afinal, híbrido ou nativo? Veja como as diferenças não são meramente estéticas e conheça qual a melhor solução.

Se preferir, assista a versão em vídeo, apresentado pelo Daniel Souza!

Aplicativo híbrido ou nativo? | PlugDash

O que são aplicativos híbridos?

Vamos lá! Um Aplicativo híbrido é um aplicativo móvel elaborado com o uso de linguagens e ferramentas para o desenvolvimento Web,  que unifica a utilização de códigos específicos para Android e IOS, possibilitando uma maior produtividade e, se comparado ao aplicativo nativo, possui uma curva de aprendizagem menor.

O aplicativo híbrido é uma fusão dos dois tipos existentes: o Web e o Nativo. Esse tipo de app realiza os seus processos como se fosse um app nativo, porém, suas codificações são todas desenvolvidas na linguagem da Web, como HTML5, JavaScript e CSS que possuem a função para Android e IOS.

Existe uma integração entre os códigos utilizados na linguagem escolhida para o aplicativo e nas funcionalidades do mobile. Para que essa integração seja possível, uma parte do código dos aplicativos nativos são escritos nos aplicativos híbridos, dependendo do sistema operacional utilizado.

Os aplicativos híbridos tendem, por característica, a serem mais simples de desenvolver, além de não possuírem a necessidade de fazer downloads para suas atualizações. Entretanto, dependem da conexão com a internet para seu funcionamento.

Por que optar pelo aplicativo híbrido?

Uma das principais vantagens de optar por um aplicativo híbrido, é o seu ótimo funcionamento dentro dos aparelhos mobile. O app híbrido faz uso da linguagem de cada sistema operacional e isso torna seu desenvolvimento muito mais rápido e eficiente.

Outra vantagem do aplicativo híbrido é o seu baixo custo, devido à junção da linguagem Web app com o nativo, gerando uma economia de 50%, se comparado à produção do app nativo puro. O seu app híbrido também poderá ser baixado por qualquer loja virtual de aplicativos, e atendendo a todas as plataformas.

No aspecto de manutenção, o aplicativo híbrido também é muito mais vantajoso. Você, desenvolvedor, conseguirá acrescentar funções ou fazer ajustes necessários através do app híbrido e, devido a sua linguagem ser simplificada, este processo torna-se muito mais rápido do que em um app de característica nativa.

Podemos, também, citar a vantagem de que, optando pelo aplicativo híbrido, não existe a necessidade de tornar-se um especialista em cada sistema operacional, mantendo-se capaz de desenvolver para todas as plataformas. Isso facilitará o seu processo de criação, tornando-o menos complexo.

Qual sua linguagem de programação?

A forma híbrida se utiliza de linguagens mais comuns para facilitar a compatibilidade entre diferentes sistemas operacionais.

Assim, um único código – geralmente escrito em HTML + CSS + JavaScript – é capaz de fazer um aplicativo multiplataforma.

A partir disso, ele simula as interfaces de vários sistemas operacionais integrando as funcionalidades do dispositivo, melhorando a experiência do usuário.

Vantagens e desvantagens

Apesar de não funcionar tão rápido quanto um aplicativo nativo, o aplicativo híbrido é mais simples e também mais rápido de desenvolver.

Então, no caso de projetos a serem entregues em um curto período, ele com certeza é a melhor opção. Uma vez que seu código é aproveitado em todas as plataformas, economizando o tempo da sua equipe de desenvolvedores.

Além disso, seu custo é reduzido em relação às aplicações nativas, até mesmo pelo seu design mais restrito e desempenho inferior.

Aplicativos híbridos também podem utilizar funções nativas dos smartphones, como GPS, lista de contatos e comunicação inter-aplicativos através de plugins específicos.

O que é um aplicativo nativo?

Saiba o que considerar no momento de escolher entre um aplicativo híbrido ou nativo.
Ao desenvolver um aplicativo híbrido, é preciso conhecer o sistema operacional que ele será implementado.

O aplicativo nativo é aquele desenvolvido na linguagem de programação específica de um sistema operacional.

Deste modo, funciona apenas na plataforma para a qual foi desenvolvido, ficando armazenado no dispositivo.

Também é baixado diretamente pelas lojas, mas depende de uma aprovação para que esteja de acordo com as políticas internas de cada uma delas.

Qual sua linguagem de programação?

Como cada sistema operacional tem suas ferramentas e particularidades, é necessário um desenvolvedor especialista para cada uma das plataformas.

Para o Android são exigidas boas práticas de design, além do domínio da linguagem Java. Uma IDE com suporte específico de componentes e SDKs também é necessário.

No caso do IOS, é imprescindível conhecimento em Objective-C ou Swift e na ferramenta de desenvolvimento da Apple, o Xcode.

Já para o Windows Phone, é necessário o Microsoft Visual Studio como IDE de desenvolvimento – com todos os SDKs instalados – além de conhecimento na linguagem C#.

Principais características dos aplicativos híbridos

Agora que você já sabe quais são as diferenças entre o app híbrido e o nativo, vamos focar nas principais características que irão provar o quanto o aplicativo híbrido pode proporcionar maior e melhor desempenho no seu processo de criação.

Um de seus diferenciais, é o processo de construção. A sua linguagem é constituída dentro de um framework capaz de produzir um desenvolvimento único, tornando-se, ao todo, um processo muito mais prático. O seu desenvolvimento proporciona rapidez, pois faz uso da mesma base de códigos para desenvolver a mesma aplicação. Logo após este procedimento, o app pode ser distribuído nas lojas virtuais, como a Play Store e a Apple Store. 

A equipe de design consegue trabalhar com o layout para diferentes tipos de telas, alcançando o estilo de padronização semelhante ao do IOS e do Android, portanto, é super possível realizar adaptações em seu processo!

Pensando na utilização do aplicativo híbrido, na prática, pode ser executado quando o projeto em questão pede um design mais complexo, com efeitos e animações, por exemplo, ou quando você precisa reduzir custos e, mesmo assim, ser semelhante ao app nativo.

O aplicativo híbrido, costuma também ser uma boa opção quando você possui a necessidade de desenvolver determinado projeto que exija maior agilidade, já que com ele é possível fazer toda a programação uma única vez. Isso será o suficiente para ser implementado em várias plataformas que compartilhem da mesma base de arquivos.

Vantagens e desvantagens

Como seu desenvolvimento é feito exclusivamente para determinado sistema operacional, as linguagens nativas reduzem as falhas de segurança.

Além disso, como explora todos os recursos do dispositivo, oferece uma melhor experiência para os usuários.

É mais rápido do que as aplicações híbridas, uma vez que não depende de conexão com a internet para funcionar. Entretanto, demora um pouco mais para ser desenvolvido.

Quanto ao custo, seu valor é elevado, ainda mais considerando a equipe de desenvolvedores necessária para entregar o aplicativo final, principalmente se você pretende disponibilizá-lo nas três  plataformas mobile mais populares.

A manutenção em cada App Store também é uma desvantagem, isso porque o trabalho é dobrado ou triplicado.

Diferença entre aplicativos híbridos e nativos

Depois de entendermos sobre o conceito do aplicativo híbrido e o porquê de optar por ele, falaremos agora sobre as diferenças entre o aplicativo híbrido e o nativo.

O aplicativo nativo possui seu armazenamento em dispositivo smartphone ou tablet, sendo possível fazer o download do sistema operacional Android, através do Google Play, por exemplo. Esse app foi desenvolvido com a linguagem nativa das plataformas, o que explica a origem do seu nome. 

O app nativo possui um custo mais elevado, contém linguagem própria, muito parecida com o sistema operacional, o que mostra a capacidade de personalização para cada plataforma. Outra característica do aplicativo, é a possibilidade de seu funcionamento no modo off-line. Podemos citar alguns exemplos muito populares de apps nativos: Messenger, WhatsApp, Google Maps e Evernote. Com toda a certeza, você também é usuário de ao menos um destes apps diariamente.

Já o aplicativo híbrido, diferente do app nativo, não tem o seu desenvolvimento realizado a partir da linguagem específica de cada sistema operacional, podendo encaixar-se em apenas alguns aspectos da plataforma. 

Como já citado neste artigo, o aplicativo híbrido é composto por dois formatos, uma metade nativo e uma metade Web app, no qual o acesso é efetuado por um site. Essa junção pode ser considerada como a união do melhor de cada linguagem!

O app híbrido ainda pode ser utilizado em smartphones e notebooks. Junto disso, ressaltamos mais uma vez o baixo custo do aplicativo híbrido e ainda podemos acrescentar alguns exemplos deste tipo de app: Facebook e Twitter, que têm alcance mundial e são utilizados com bastante frequência entre seus usuários.

Quando aplicar?

Para saber quando é preciso desenvolver um aplicativo híbrido, você deve analisar quais são as necessidades a serem sanadas, e o que os usuários procuram. Se você necessita de um desenvolvimento econômico e rápido, o app híbrido é a melhor escolha para você!

Descubra por onde deve começar

Esteja com um projeto bem definido e claro em mãos, evidenciando seus principais objetivos e direcionado para o tipo de app que será desenvolvido. Tenha, também, muita atenção a todos os detalhes de seu projeto, sempre ressaltando um funcionamento satisfatório, o que é muito importante para os smartphones, por exemplo.

Identifique os pontos negativos e positivos ao desenvolver um app nativo ou um app híbrido, para que você tenha a certeza de que, ao criar o seu software, ele terá capacidade para sanar todas as necessidades, e obter a plena satisfação dos usuários. 

Foque na experiência do usuário

Antes de iniciar o desenvolvimento do seu app híbrido, mantenha o foco no cliente. Para isso, crie uma plataforma simples e de fácil navegação, possibilitando que o usuário encontre o que deseja, à distância de apenas alguns cliques e, assim, será entregue uma performance de ótimo desempenho e qualidade.

Você, Programador e/ou Desenvolvedor, saiba como decolar seus projetos, ná prática!

Saiba mais sobre aplicação de Dashboard!

CONCLUSÃO

Simplificar e impulsionar o seu dia a dia é extremamente benéfico para ambos os lados, tanto para o Programador quanto para o futuro usuário do seu sistema. Portanto, torne sua rotina de trabalho muito mais produtiva e objetiva, sem repetições, mantendo o foco na satisfação dos usuários e ainda ganhe mais praticidade em todas as etapas de desenvolvimento do seu aplicativo híbrido com o PlugMobile.

Tire todos seus projetos do papel e coloque-os em prática utilizando o PlugMobile da TecnoSpeed, para inovar em seu desenvolvimento e processo criativo de apps híbridos.

Deixe aqui nos comentários como foi a sua experiência e acompanhe o blog para saber mais sobre nossas soluções!

Summary
O que são aplicativos híbridos?
Article Name
O que são aplicativos híbridos?
Description
Vamos lá! Um Aplicativo híbrido é um aplicativo móvel elaborado com o uso de linguagens e ferramentas para o desenvolvimento Web,  que unifica a utilização de códigos específicos para Android e IOS, possibilitando uma maior produtividade e, se comparado ao aplicativo nativo, possui uma curva de aprendizagem menor. O aplicativo híbrido é uma fusão dos dois tipos existentes: o Web e o Nativo. Esse tipo de app realiza os seus processos como se fosse um app nativo, porém, suas codificações são todas desenvolvidas na linguagem da Web, como HTML5, JavaScript e CSS que possuem a função para Android e IOS.
Author
Publisher Name
TecnoSpeed
Publisher Logo

Localização

Tecnospeed ©  2022. Feito com ❤ pelo time Tecnospeed.