Central Care: sua CF-e segura!

No Central Care, você evita ser multado por não entregar suas obrigações no prazo. Saiba exatamente o que acontece no seu Emissor de Cupom Fiscal Eletrônico em tempo real!


Sabendo das dificuldades dos usuários de cupons fiscais eletrônicos e dos riscos fiscais que os contribuintes correm no seu dia a dia, a CS DEVICES criou a Central CARE.

Uma plataforma de serviços, concebido para apoiar empresas que prestam serviços de suporte aos varejistas em suas atividades de monitoramento, análise, apoio técnico e recuperação de falhas envolvendo SATs e MFEs, oferecendo a oportunidade de redução de custos operacionais e o aumento da satisfação dos clientes finais.

Principais dificuldades do CF-e

Independente da qualidade dos equipamentos emissores de CF-e, algumas situações podem surpreender Contribuintes e Software Houses envolvidas na operação dos SATs e MFEs. Dentre os mais comuns, podemos destacar os seguintes:

  • Atraso na entrega de CF-e à SEFAZ por falta de internet, ocasionando multas, fomentando fiscalizações e sobrecarregando as equipes de contabilidade para o tratamento adequado da situação;
  • Interrupção na emissão de CF-e ocasionado pelo Auto Bloqueio do equipamento emissor, que pode ser originado por memória interna cheia, falta de comunicação com a SEFAZ ou vencimento da vigência do certificado digital;
  • Perda de CF-e, sem a existência de backups externos, causada por falha crítica do emissor;
  • PDV impossibilitado de emitir CF-e por falha no equipamento emissor;
  • Dificuldade no suporte técnico por distância, ausência de mão de obra qualificada no cliente ou mesmo por indisponibilidade de recursos humanos e logísticos para deslocamento até o local;
  • Recusa de CF-e no sistema da SEFAZ por utilização de versões desatualizadas de software no equipamento emissor, causada por falta de atualizações obrigatórias;
  • Dificuldade em informar problemas fiscais ao contador, como casos de duplicidade, demandas por cancelamento de operações e falha no processamento de cupons na SEFAZ, gerando dificuldades no fechamento das obrigações fiscais do estabelecimento comercial, com possíveis atrasos e incidência de multas.

Esses problemas provocam todo tipo de transtornos em estabelecimentos comerciais, que acabam tendo suas operações e sua imagem afetadas pela complexidade operacional do ambiente de PDV, quando utilizados os emissores de cupons fiscais eletrônicos. 

Diante dessa complexa e delicada operação, fomos motivados a criar uma solução que simplifica a dinâmica de trabalho de todos os atores envolvidos e principalmente, agregando máxima segurança.

Solução Central Care 

Considerando que a utilização de SATs e MFEs é uma imposição do Estado para os Contribuintes do ICMS dos Estados de SP e do CE, e entendendo o Risco Fiscal e o Risco Operacional envolvidos na utilização desses equipamentos em função de sua Complexidade Operacional, a CS DE

Central care e benefícios

VICES aplicou sua experiência com o desenvolvimento de sistemas de alta criticalidade, oriunda da atuação em diversos domínios distintos, e desenvolveu uma plataforma de monitoramento que preencheu um vazio no mercado de ferramentas de apoio para SW Houses, Revendas e Integradores que oferecem serviços de suporte técnico para empresas varejistas. Essa Plataforma de Monitoramento foi chamada de Central CARE e se apresenta como uma solução para que os prestadores de serviço de suporte técnico possam ampliar seus próprios portfólios de serviços, oferecendo mais agilidade e maior qualidade no atendimento das demandas de seus clientes.

Desafios enfrentados

Desenvolver um sistema crítico, que entre em linha com a operação de venda do varejista, no ponto mais nevrálgico que é a emissão de Cupom Fiscal Eletrônico, não é uma tarefa simples.

Além da confiabilidade e desempenho, que são necessidades básicas, as características do cliente final, dos canais de distribuição e dos ecossistemas envolvidos, somados ao alto volume de endpoints, embutem uma complexidade arquitetural expressiva à plataforma, demandando tecnologia de ponta para solução, e uma pluralidade de ambientes e ferramentas. Alguns desafios, em especial, valem ser citados:

  • Centenas de canais distribuidores da solução. Existem no mercado, atendendo varejistas do Estado de SP e do CE, milhares de SW Houses, Revendas e Integradores que prestam serviço de suporte técnico, para Centenas de milhares de Contribuintes, cada um com um ou mais emissores de CF-e. Esses altos volumes de endpoints geram imensos volumes de dados, tanto em trânsito como armazenados, e portanto demandam sistemas que permitam escalabilidade intrínseca, pois os  volumes passam de unidades, para centenas, e dessas para os milhares e dezenas de milhares de emissores monitorados em questão de meses, não havendo tempo no percurso para redesenho de arquiteturas ou de soluções técnicas;
  • Cada prestador de serviço de suporte técnico possui um ecossistema de aplicações comerciais, desenvolvido em casa ou fornecido por terceiros, e que precisa operar em conjunto com a Central CARE. Isso, aliado à própria pluralidade de sistemas operacionais em operação nos PDVs no mercado, geram um número gigantesco de combinações de interfaces, que demandam uma análise técnica extensiva para redução a um número gerenciável de soluções, que abarcam ao menos a maior parte dos aplicativos no mercado.
  • O Contribuinte, em sua maior parte, não possui mão de obra técnica com conhecimento em Tecnologia da Informação, isso em função da automação comercial não representar da atividade fim. Assim, todos os custos envolvidos com ela, tanto relativos à pessoal, como a equipamentos e sistemas, representarem de forma geral custos que nem sempre podem ser absorvidos. Com isso, operações transparentes e automáticas, além de dados apresentados de forma simples e intuitiva, se tornam obrigatórios para uma boa convivência com o cliente final.
  • A distribuição geográfica dos Contribuintes nos dois Estados em análise, representa um desafio à parte. Tanto SP quanto o CE são dois estados com dimensões de países e ter os clientes finais distribuídos por todos os lados demanda estratégias de suporte muito bem planejadas, em especial pela impossibilidade de ser desenvolvida de forma presencial. Aplicativos de fácil utilização e ferramentas de suporte integrado se tornam itens obrigatórios.

A Central CARE endereça todos esses desafios ao aliar arquitetura em nuvem, aplicações móveis, técnicas de IoT, aplicações WEB e integração com ferramentas já estabelecidas no mercado, oferecendo segurança, confiabilidade, sigilo, desempenho, robustez e escalabilidade, aliadas a uma equipe treinada pronta para apoiar o canal de distribuição no enfrentamento dos desafios que aparecem.

Mas, como Funciona?Fluxo de emissão e armazenamento do Central Care

A Central CARE é composta de diversos componentes de SW, cada um cuidando de uma parte do trabalho e executando em uma plataforma específica.

No ambiente de PDV, serviços e aplicações Desktop garantem a comunicação entre os Aplicativos Comerciais e os emissores de cupons fiscais eletrônicos, garantindo pluralidade de N para N na relação entre esses dois atores.

Também coletam dados e os transmitem para a nuvem. Na nuvem, dados são armazenados e processados, e os resultados distribuídos para os aplicativos para Smartphone e para Web Apps, que executam em navegadores de internet, interligando assim no sistema, o Contribuinte, o Prestador de Serviços de Suporte Técnico e o Contador.

Oferecida nas versões PRO (funcionalmente completa) e LITE (funções reduzidas e de uso gratuito), A Central CARE garante que informações acerca da operação dos módulos, como seus registros operacionais, cupons emitidos ou cancelados e alarmes gerados sejam rapidamente propagados, de forma online, para todos que precisam tomar conhecimento desses dados, seja para apoiar a operação com informações úteis, seja para resolver situações de reveses, como problemas que impactam a operação ou que resultem de operações mal sucedidas. 

As principais funções oferecidas, dentre várias outras, são:

  • Monitoramento da operação do SAT/MFE automático, com coleta e registro na nuvem de logs, dados do ambiente computacional e dados das transações, além de emissão de alarmes de alerta quanto a situações de risco ou de falhas em andamento;
  • Armazenamento de CF-e em Nuvem, incluindo consulta ao resultado do processamento dos lotes, com pesquisa, exportação e download em formato para envio em contingência;
  • Acesso remoto às funções do SAT/MFE, incluindo a ativação, vinculação, configuração, obtenção de estados, registros e testes;
  • Atualização automática de aplicativos da Central CARE e do SAT/MFE;
  • Gerenciamento do ambiente de PDV para garantir desempenho durante vendas, e backup da operação dos emissores, garantindo que, desde que haja ao menos um emissor no ar, a operação de venda irá acontecer;
  • Indicadores gerenciais relativos aos CF-e emitidos para apoio à Gestão do Varejo;
  • Emissão de relatórios operacionais;
  • Comando de atualização do Software Básico do SAT/MFE, de forma agendada.

Arquitetura otimizada

Arquitetura do CS CareMúltiplos frente de caixa com múltiplos servidores de SAT ou MFE. No caso de SAT, cada servidor ainda poderá ter mais de um equipamento. São vários níveis de backup e segurança, além de garantia de desempenho. Arquitetura se aplica a apenas um PDV e pode se expandir para vários computadores. E isso tudo disponível para as versões PRO e LITE. 

No frente de caixa, bibliotecas e serviços emulam a interface do SAT e MFE, no intuito de simplificar a integração. No servidor, o sistema faz interface com vários modelos de equipamentos, sendo todos os modelos de MFE no mercado e vários de SAT. Gateways redundantes garantem a interoperabilidade local de todos esses componentes, e também destes componentes com a nuvem. 

A internet é obrigatória, mas caso não esteja online em algum momento, os dados são acumulados localmente para que, assim que a comunicação for restabelecida, possam ser carregados para a nuvem. Buffers circulares garantem que caso essa condição demore a se restabelecer, os discos locais não fiquem sobrecarregados, sacrificando nesse caso os dados mais antigos de logs, em prol do armazenamento dos cupons fiscais. 

No smartphone, dashboards simplificados apresentam apenas o que tem mais valor para o Contribuinte, deixando as demais funções acessíveis nos Web Apps, compatíveis com os principais navegadores de internet do mercado.

Integração 

QR code para acessar o site CS DevicesDisponibilizamos um ambiente de homologação da Central CARE, criado especialmente para os testes das SW Houses e dos Integradores. Com isso é possível fazer testes em ambiente controlado, com operações fictícias, de forma a testar na íntegra os aspectos técnicos da interface, além dos aspectos operacionais. Esse recurso também pode ser utilizado para treinamento das equipes de suporte técnico e integração com as rotinas do escritório de contabilidade.

A CS DEVICES entende que a melhor maneira de conhecer uma plataforma de serviços é utilizando-a. Esse ambiente foi disponibilizado pensando na comodidade do nosso parceiro comercial, e também nos custos, pois ele simplifica sobremaneira o processo de integração. 

Para iniciar, entre em contato com a equipe CS DEVICES e agende os testes. Alguém qualificado irá entrar em contato e apoiará durante todo o processo. Estamos ansiosos para participar de sua experiência!

CS Devices no TecnoUpdate

A CS Devices é uma das empresas patrocinadoras do TecnoUpdate – o evento essencial para as Software Houses. 

O TecnoUpdate é um evento anual realizado pela TecnoSpeed e este ano comemora sua 10ª edição. O objetivo do TecnoUpdate é atualizar empresários, gestores e desenvolvedores de software com as tendências em documentos fiscais eletrônicos, tecnologia e gestão para  Software Houses.

Além de palestras com temas focados nas necessidades das software houses, o TecnoUpdate visa promover o encontro entre profissionais de TI de todas as regiões do Brasil em um ambiente exclusivo, confortável e ideal para geração de negócios e parcerias.

Para participar do TecnoUpdate, clique aqui

 

Formado em Comunicação em Multimeios. Analista de Marketing da TecnoSpeed, focado em produção de conteúdos para mídias digitais.

Artigos relacionados