Tempo de Leitura: 4 minutos

Criar um dashboard cheio de informações valiosas é super fácil com o PlugDash! Vem aprender e entender como levar essa ferramenta para seus clientes.


Na hora de administrar um negócio, ter acesso a dados acurados e atualizados é um investimento importante e até mesmo essencial. Assim, as métricas e resultados podem ser monitorados, decisões assertivas tomadas e o sucesso se torna mais próximo e palpável!

Toda essa gestão e análise de dados, seja para o seu negócio ou o dos seus clientes, pode ficar ainda mais eficiente com o PlugDash, o app de dashboards mobile da TecnoSpeed. 

Ele reúne os indicadores personalizados por você, os traduz em gráficos e outras representações visuais e mantém você e sua equipe muito bem informados sobre eles em tempo real.

Já pensou em ter toda essa funcionalidade integrada aos seus softwares e ERPs? A boa notícia é que não só é possível, como também muito fácil. E é isso que iremos te mostrar hoje em detalhes. Veja a seguir o passo a passo para criar um dashboard com o PlugDash!

1º Passo: integrar com o PlugBot Nuvem

Sua empresa ou o negócio do seu cliente tem muito a ganhar ao potencializar a gestão da informação e, como falamos, o PlugDash te proporciona esse super plus, mas o melhor: com pouco esforço!

Para passar a aproveitar todas as vantagens do PlugDash no seu sistema, a primeira coisa necessária é integrá-lo. Esse processo de integração é feito através do PlugBot Nuvem e do preparo do ambiente administrativo. De forma resumida, você precisará:

Confira o 1º Passo: integrar com o PlugBot Nuvem!
Entender o processo é fundamental e aqui te explicamos como. | Imagem: TecnoSpeed.
  1. Criar uma conta junto ao PlugBot Nuvem e logar (esse processo é conduzido por um Consultor TecnoSpeed após a contratação do seu plano)
  2. Cadastrar as empresas que você atende e deseja integrar à aplicação
  3. Criar um PlugBot, baixá-lo e ativá-lo na sua máquina (é só ir seguindo as instruções do nosso canal de atendimento)
  4. Em seguida, você precisará cadastrar a conexão a ser feita (via bando de dados ou arquivo de texto) e executá-la
  5. A partir daí, basta mapear os usuários que irão utilizar a aplicação.

Muito simples, né? Em caso de dúvidas, consulte o nosso tutorial completo e acompanhe todos os detalhes de cada uma dessas etapas. Vamos, então, para o próximo passo de configuração do seu dashboard?

2º Passo: Criar grupos de gráficos

Este segundo passo é um dos mais essenciais para montar o dashboard. É preciso pensar nos agrupamentos de gráficos que você ou seu cliente deseja criar e que serão mais convenientes para seu negócio, pois isso determinará, basicamente, as funcionalidades que o dashboard terá. 

As possibilidades são muitas e a resposta realmente depende de como você deseja organizar todos os indicadores, dentro da ferramenta. Mas a ideia é realmente criar grupos para manter o PlugDash compartimentado e, assim, mais eficiente, completo e fácil de usar.

Por exemplo: é possível criar grupos a partir dos setores da empresa, um para os indicadores de vendas, um para o marketing, um para o financeiro, etc, por tipo de dados, classificando-os em quantitativos, qualitativos e outras variações, por vendedor, para acompanhar os números de cada colaborador individualmente com precisão, por KPI, segmentando cada objetivo do planejamento estratégico em um dashboard, e por aí vai!

Deu para ver como essa parte é rica em alternativas, não é mesmo? Esse agrupamento envolve uma ação mais gerencial, mas depois de decidir quais os grupos de gráficos, ou seja, os painéis que quer inserir no app, é hora de configurá-los:

Confiara o 2º Passo: Criar grupos de gráficos!
A configuração do processo é muito importante. | Gif: TecnoSpeed.
  1. Clique em PlugDash > Gráficos na página de configuração do PlugBot Nuvem
  2. Selecione a empresa que deseja criar o(s) grupo(s), clique em Próximo
  3. Clique em Novo Grupo, adicione o nome do grupo e clique fora do campo para acessar o botão Salvar
  4. Salve e repita o processo para criar todos os grupos que quiser.

3º Passo: Criar os gráficos

Compreenda o 3º Passo: Criar os gráficos!
Com a representação visual dos gráficos tudo fica mais fácil. | Imagem: TecnoSpeed.

Ok, nós já configuramos o PlugBot Nuvem, criamos os grupos de gráficos, agora o próximo passo é criar os gráficos em si, para que os dados e indicadores contemplados ganhem uma representação visual.

No PlugDash, você tem diversos tipos de gráficos possíveis: gráficos de progresso, de barra horizontal, barra vertical, lista, lista com avatar, pizza, rosquinha, linha, informativo e de indicadores. Ou seja, opção não falta!

Mas antes de escolher os gráficos, não se esqueça de já ter separado os indicadores que vão compor o painel. Aqui você encontra algumas dicas de métricas importantes para se inspirar, mas tudo depende do contexto do seu cliente, ok?

Suponhamos, então, que você queira compor seu painel com um acompanhamento de metas. O gráfico de progresso pode te ajudar bem nesse propósito e para criá-lo, você deverá:

  1. Selecionar o grupo em que deseja criar os gráficos e clicar em Novo gráfico
  2. Nas Configurações do gráfico, selecione o PlugBot que deseja utilizar, a conexão e o no tipo de gráfico, no caso, o de Progresso
  3. Para iniciar a configuração, execute o PlugBot Nuvem na máquina, e acesse 
  4. No campo de Configurações básicas, insira o Título, o Subtítulo e o Intervalo de Sincronização (HH:MM) do gráfico
  5. Depois, você irá configurar a máscara do valor (unidade para os valores do gráfico, como porcentagem) e o texto do valor (o parâmetro, como “atingido”)
  6. Também é possível ativar máscaras monetárias e abas, permitindo a visualização de outros conjuntos de dados sobre este mesmo gráfico
  7. Após preencher todas as informações, clique em Testar Gráfico para visualizá-lo e em Salvar Gráfico para finalizar.

Um outro exemplo seria apostar em um gráfico de linhas para um dashboard de evolução das vendas. Neste caso, a configuração básica inicial é a mesma e no processo é possível ativar diversos complementos, como valor monetário, total dos registros, legenda, nome das colunas, escala de valores, linhas verticais, linhas horizontais, multi-linhas, máscara numérica, casas decimais, abas e muito mais.

Por fim, após acertar as configurações, novamente é só testar, visualizar e salvar o gráfico. Quer conferir o passo a passo detalhado para criar cada tipo de gráfico disponível no PlugDash? Acesse aqui e dê vida a todos os dados que quiser, como quiser!

Viu só como é simples montar um dashboard com o PlugDash? Essa solução leva rapidez, praticidade e eficiência para seus softwares e facilita muito a rotina dos seus clientes, tudo com atualização em tempo real e a liberdade do mobile.

Integre o PlugDash agora mesmo!

Com o PlugDash na palma da mão e os dados que seus clientes mais precisam estruturados de forma eficiente e visual, eles com certeza vão se perguntar como viviam sem essa ferramenta antes e valorizar ainda mais seus software. Tá esperando o quê? Vem!

Summary
Integrar com o PlugBot Nuvem
Article Name
Integrar com o PlugBot Nuvem
Description
Sua empresa ou o negócio do seu cliente tem muito a ganhar ao potencializar a gestão da informação e, como falamos, o PlugDash te proporciona esse super plus, mas o melhor: com pouco esforço!
Author
Publisher Name
TecnoSpeed
Publisher Logo
5 ComentáriosFechar comentários

Deixe um comentário

Localização

Tecnospeed ©  2022. Feito com ❤ pelo time Tecnospeed.