3 dicas infalíveis para planos de contas da sua software house

Você sabe como fazer os planos de contas da sua software house? Descubra 3 dicas infalíveis que vão te ajudar!


As empresas que trabalham com o desenvolvimento de software houses estão a todo tempo se especializando por meio da demanda do mercado. Contudo, para que isso aconteça é necessário o acompanhamento realizado a partir dos planos de contas, ou seja, saber tudo que o suporte está recebendo e transformá-lo em uma leitura mais dinâmica.

Para você, desenvolvedor ou empresário ligado ao mundo digital, entenda com a gente, a importância dos planos de contas para realizar métricas de atendimento da sua software house, além de como uma dashboard BI é uma ótima opção e as dicas infalíveis para acompanhar o suporte da sua empresa.

Por isso, continue aqui e acompanhe o nosso artigo! Boa leitura.

PlugDash: dashboard personalizável, inteligente e dinâmico.

A importância dos planos de contas

Para início de discussão precisamos desfragmentar o que são os planos de contas e a importância deles para o empresário. Estes são técnicas utilizadas para realizar as métricas de uma empresa, de maneira que todos possam acompanhar as mudanças que precisam acontecer e os resultados.

Em uma software house é de extrema importância manter esse método avaliativo, uma vez que se trata de produtos que envolvem diferentes clientes e que demandam muito serviço e especialidades para funcionar da maneira correta.

Imagine que você ofereça um sistema de emissão de notas fiscais à empresa e ela tenha problemas com a desconfiguração do software. O canal de atendimento de sua software house precisa ser adequado, pois no final do mês, quando forem realizados os planos de contas, a satisfação daquele atendimento e solução entrará nas estatísticas.

Performance por meio do suporte

As empresas que contratam os serviços de ERP para as funcionalidades de seu negócio precisam, sem dúvidas, do suporte especializado de profissionais de contabilidade e programação. Além de envolver passos burocráticos, como pagamento de tributos e afins, pode ocorrer de algum erro no código surgir e a software house ser responsável por solucionar.

No instante que o seu negócio demonstra uma boa performance nesse atendimento, o resultado é claro: indicação do cliente para outros empresários, crescimento da sua empresa. Ou seja, o suporte é uma das chaves principais para divulgação e comercialização de produtos.

Ao fim de cada planejamento é possível realizar uma auditoria e os tão falados planos de contas, que demonstram onde estão os acertos e erros. Mas, agora levantamos outra questão: como realizar esse acompanhamento do suporte de maneira qualificada?

Como acompanhar os planos de contas?

Os planos de contas são fundamentais para que o atendimento de uma empresa surta efeito ao fim de cada planejamento, principalmente quando se trata de uma software house, que depende desse feedback para fazer otimizações e mudanças nos sistemas ofertados aos clientes.

Veja aqui como realizar plano de contas eficiente.

Planos de contas exige revisão constante no planejamento.

Porém, você sabe de onde extrair as melhores informações para os resultados? A seguir destacamos três dicas infalíveis, que vão ajudá-lo a colocar as performances de maneira mais eficaz nas dashboards para que em cada reunião sobre as métricas da empresa seja mais fácil de entender os dados analisados.

  1.   Quantidade de atendimentos

Em primeiro lugar, a análise desse suporte deve acontecer a partir da quantidade de atendimentos. Quando falamos isso podemos destacar alguns pontos: críticas, elogios e dúvidas. Tudo isso gera resultado durante as discussões nos planos de contas.

Com essa divisão é possível traçar estratégias e expô-las numa dashboard interativa, que demonstre os lugares que precisam de pequenos ajustes, mudanças drásticas ou que somente necessita manter da mesma maneira.

Quem nunca, por exemplo, entrou em um sistema de pagamentos e viu-se perdido em meio a tantas opções? O canal de atendimento serve para isso e por meio da quantidade de perguntas são realizadas, as melhorias no sistema devem acontecer – ou deveriam.

  1.   Tempo gasto para solucionar o problema

É possível também traçar as métricas analisando a quantidade de tempo gasto para solucionar o problema do consumidor. Apesar de parecer um pouco vago, se este cliente ficou por muito tempo no telefone e demonstrou muitas dúvidas, é perceptível que mudanças são necessárias e que isso deve ser discutido nos planos de contas.

Imagine que você ofereça em sua software house o serviço de implementação de algumas APIs, mas que o cliente não consiga instalá-las. Essa dificuldade tem origem de diversos problemas, como falta de informações no site da empresa, problemas no sistema ou até mesmo falta de atendimento especializado.

Por isso, ao fim de cada planejamento é extremamente importante que os empresários se unam ao quadro de colaboradores e realizem uma reunião minuciosa, utilizando meios informativos, dinâmicos e que demonstrem as métricas analisadas ao longo desse período de maneira fácil e interativa.

  1.   Opiniões mais frequentes

Ao fim, você como empresário – independente da sua carreira como programador ou em outras áreas – deve colocar as opiniões mais frequentes dos consumidores em discussão. Quando uma crítica, dúvida ou até mesmo elogio é repetitivo, isso mostra possíveis lacunas no desenvolvimento de um sistema.

Se a sua empresa recebe pelo menos cinco ligações por dia para saber sobre quedas no sistema é perceptível que há alguma situação problemática no desenvolvimento desse software. Ou seja, aquela mesma reunião que tanto falamos precisa acontecer novamente, mas buscando a solução para esse erro.

Dessa maneira, além de transformar o seu negócio em uma opção viável e compatível com o mercado, você demonstra interesse pelo engajamento do cliente e que ele está em primeiro lugar em qualquer situação.  

Conclusão

Foi discutido até aqui, então, que existem três dicas infalíveis para realizar o plano de contas de uma software house. Todas elas estão ligadas ao suporte oferecido pela empresa e pelo planejamento realizado após as estatísticas levantadas com esse atendimento.

Para você que possui esse modelo de negócio ou até mesmo outros nichos, o PlugDash é uma solução interativa para as suas reuniões, que traz leveza nas discussões e dinamismo, fazendo que os colaboradores se expressem melhor em suas análises e entendam as estatísticas de forma definitiva.

Para saber mais, navegue pela TecnoSpeed e conheça sobre os produtos que oferecemos a você!

Conheça a plugdash TV

Summary
A importância dos planos de contas
Article Name
A importância dos planos de contas
Description
Para início de discussão precisamos desfragmentar o que são os planos de contas e a importância deles para o empresário. Estes são técnicas utilizadas para realizar as métricas de uma empresa, de maneira que todos possam acompanhar as mudanças que precisam acontecer e os resultados. Em uma software house é de extrema importância manter esse método avaliativo, uma vez que se trata de produtos que envolvem diferentes clientes e que demandam muito serviço e especialidades para funcionar da maneira correta. Imagine que você ofereça um sistema de emissão de notas fiscais à empresa e ela tenha problemas com a desconfiguração do software. O canal de atendimento de sua software house precisa ser adequado, pois no final do mês, quando forem realizados os planos de contas, a satisfação daquele atendimento e solução entrará nas estatísticas.
Author
Formada em Publicidade e Propaganda. Cria conteúdos para o PlugMobile, a solução mobile da TecnoSpeed.

Artigos relacionados