Aplicativo com back-end: uma dor de cabeça que pode ser evitada

Conheça as principais dificuldades para se desenvolver o back-end de um aplicativo e saiba como lidar com cada uma delas facilmente.


Quando usamos aplicativos móveis, raramente percebemos que eles foram desenvolvidos em duas etapas distintas: o front-end e o back-end. Isso porque não basta uma interface de interação visualmente bonita sem que as informações que deveriam aparecer nelas estejam disponíveis, certo?

Assim, essas informações geralmente ficam armazenadas em um banco de dados, que precisa ser constantemente acessado e manipulado para que tudo funcione corretamente. Mas você sabe quais são as principais dificuldades para se desenvolver o back-end de um aplicativo?

O que é o back-end?

O desenvolvedor back-end é aquele que está “por trás da aplicação”, atuando nas etapas que os usuários não conseguem ver. Também conhecido como server side (ou lado do servidor), ele se preocupa com as regras do negócio, a segurança das informações e a performance, sendo composto por três partes:

  • Servidor: que armazena os dados para distribuir ou salvar informações, isto é, de acordo com a requisição.
  • API: ou seja, uma Interface de Programação de Aplicações, que funciona como uma ponte entre o front-end e os dados.
  • Banco de dados: local onde os dados estruturados são armazenados e facilmente encontrados e alterados.

As dificuldades de desenvolver o back-end de um aplicativo

Como as APIs manipulam os dados diretamente, a segurança é uma questão a ser considerada durante o desenvolvimento com back-end. Isso porque há um grande volume de informações circulando, o que exige um acesso controlado, ou seja, não é possível permitir que todos tenham autorização para acessar determinados dados.

Além disso, quanto mais clientes precisarem mandar ou receber dados do banco de dados, mais a API tende a ficar lenta. Dessa forma, é preciso que a infra-estrutura do servidor seja boa o suficiente para aguentar o acesso de um grande número de pessoas ao mesmo tempo, sem que isso prejudique sua performance.

Mas em ambos os casos, o PlugBot pode te ajudar!

O que é o PlugBot?

O PlugBot é um software que sincroniza o banco de dados do cliente PlugMobile com sua suíte de aplicativos. Assim, ele deve ser instalado no servidor do cliente para se conectar ao seu sistema de arquivos e permitir, por meio da nossa API, a transição desses dados de forma descomplicada para o desenvolvedor back-end.

Ele se integra aos dados do seu cliente utilizando o meio de integração escolhida por ele no painel de configuração. A partir daí, todo o trabalho fica por conta do PlugBot, que passa a sincronizar esses dados com os aplicativos em tempo real, garantindo assim a exibição das informações essenciais para seu funcionamento.

Como ele pode resolver os problemas do back-end?

De uma forma bastante simples! Quando falamos em segurança, o PlugBot é capaz criar um conjunto de chaves únicas para cada cliente. E o que isso significa? A criação de mais uma camada de proteção entre a nossa API e seu banco de dados!

Com ela, garantimos a privacidade e a disponibilidade das informações do seu cliente, pois a cada requisição feita, são verificadas todas as chaves de acesso e permissões de quem está solicitando os dados.

E quanto à performance? Também resolvemos isso sem grandes esforços! Isso porque o PlugBot não depende de um servidor graças à arquitetura serverless, que libera o desenvolvedor back-end das preocupações em relação à infra-estrutura que a API será rodada.

Todo o escalamento da máquina que roda a API fica à cargo do provedor cloud (computação em nuvem). Assim, se a API receber milhões de acessos simultâneos, o tempo de resposta não aumentará e o usuário utilizará o sistema normalmente

Muito fácil, não?

Conheça a suíte de aplicativos do PlugMobile

Para as Software Houses com um time de desenvolvedores reduzido, fazer o back-end de um aplicativo pode demandar tempo, assim como prejudicar o andamento de outras operações. Além disso, nem sempre é viável manter um time de front-end e back-end para desenvolver esse tipo de solução.

Aliás, você sabe quanto custa desenvolver um app do zero? Não? Então, talvez esse seja o momento certo para investir numa solução pronta!

Conheça o PlugMobile e veja como ir do desktop ao celular, sem programar.

Conheça os desafios de se desenvolver o back-end de um aplicativo.

Formada em Comunicação e Multimeios e pós-graduanda em Marketing, Criatividade e Inovação. Redatora do Grupo TecnoSpeed. Escreve artigos e conteúdos para a TecnoSpeed Fintech e para o PlugMobile.

Artigos relacionados