Como emitir NF-e com Delphi?

Conheça, neste post, as dificuldades de desenvolver no seu ERP um módulo de emissão de NF-e com Delphi e como a TecnoSpeed pode ajudar.


Durante bastante tempo os documentos fiscais eram encarados como folhas de papel que tinham como missão mostrar a quantidade de impostos pagos pelas empresas. Mas, desde o início da implantação do SPED (Sistema Público de Escrituração Digital), muita coisa começou a mudar.

A criação da Nota Fiscal eletrônica (NF-e), com um projeto piloto em 2005, foi o início da digitalização. Definida como “um documento de existência apenas digital, emitido e armazenado eletronicamente, com o intuito de documentar uma operação de circulação de mercadorias ou uma prestação de serviços, ocorrida entre as partes”, substituiu nota fiscal impressa modelos 1 e 1A.

Começamos com essa pequena aula de História Fiscal para chamar a atenção sobre a importância do seu ERP construído em Delphi disponibilizar um módulo de NF-e. Este documento fiscal é o mais comum e imprescindível para manter uma boa relação entre os seus clientes e os consumidores dos produtos comercializados. 

Eles podem até utilizar programas independentes. Mas não seria muito mais fácil se o recurso estivesse disponível de maneira nativa no seu software?

Você está perdendo negócios! Além de sair na frente da concorrência que também não disponibiliza este recurso. 

Entendeu por que é importante oferecer um módulo de NF-e em Delphi? Pois então continue a leitura do post para conhecer mais sobre sua construção. Mas já avisamos, ela não será tão simples quanto você imagina.

NF-e com Delphi 

Delphi é, sem dúvida, uma das linguagens mais amadas pelos brasileiros, sendo utilizada principalmente em aplicações comerciais. Os motivos? Os desenvolvedores experientes adoram sua estabilidade e quantidade de recursos e bibliotecas. Já os iniciantes elogiam a curva de aprendizado favorável.

Entre todas as versões já lançadas do Delphi, desde seu lançamento, o Delphi 7 foi uma das mais aclamadas e ainda é utilizada em grande escala, estando presente em ERPs de enorme porte. Não desconsiderando, é claro, as versões mais recentes, repletas de recursos para enfrentar outras linguagens mais novas. 

Mas falando sobre NF-e com Delphi, se você ou o seu time já ‘reviraram’ a internet em busca de ajuda para iniciar um projeto e só achou componentes esquisitos ou em C# open source saiba que essa será apenas uma das suas dificuldades.

Aliás, por falar em equipe, será necessário ter muito cuidado ao escolher quem fará parte dela. Não basta apenas ser expert em Delphi, pelo menos um dos integrantes deverá conhecer a fundo também as leis relativas à tributação. 

E elas mudam a toda hora! Será necessário também monitorar sempre se há algo novo. Você já tinha pensado nisso?

O Manual do Contribuinte será o Mestre Yoda do time. Mas, como o Jedi de Star Wars, o documento da Receita Federal mostra os caminhos para a realização do projeto com uma linguagem técnica e até misteriosa.  

São mais de 200 páginas de pura confusão para quem não domina os pormenores de desenvolver aplicações que tenham relação com o Fisco.

O segundo passo é ter acesso aos schemas disponibilizados no site da Receita Federal

O que são schemas? 

São um padrão de arquivo que usam linguagem XML, salvos em arquivo xsd e servem para complementar o trabalho de quem usa essa linguagem. A partir dele o desenvolvedor pode escrever as validações das informações do seu sistema. 

O arquivo do schema contém a descrição de cada tag e informa o tipo de valor mostrado na tag (numérico, string, booleano ou data) e até mesmo uma expressão capaz de formatar o valor informado. Por exemplo, indicar  que o nome do cliente pode ter no máximo 100 caracteres. 

Na hora de “colocar a mão na massa”, o bibliotecas open source pode ajudar bastante. O problema é que o desenvolvedor precisará, mais um vez, ter conhecimentos técnicos em legislação tributária. 

Nota Fiscal eletrônica é assunto sério e pode dar muito trabalho para seu time de desenvolvimento. Qualquer passo em falso é capaz de comprometer todo o projeto. 

E a última coisa que você quer é que o tempo e talento da sua equipe de desenvolvedores sejam desperdiçados, não é mesmo?

A TecnoSpeed ajuda a emitir NF-e com Delphi

Nós somos a Casa do Desenvolvedor, e criamos soluções que agilizam e tornam o seu trabalho, desenvolvedor, mais estratégico. Nós, a TecnoSpeed disponibiliza uma solução de NF-e que o seu software merece. 

Não será mais necessário que o seu time de desenvolvedores se aventure em uma área desconhecida e cheia de pegadinhas. O software da TecnoSpeed está pronto para ser integrado ao seu ERP, cumprindo todas as etapas de emissão da Nota Fiscal Eletrônica, desde a geração do XML até a impressão do DANFe. 

A partir da integração, você não se preocupa mais com NF-es: nossa plataforma cuida de tudo para você, mantendo-a sempre atualizada caso aconteça alguma mudança na legislação vigente.

A NF-e da TecnoSpeed tem muito mais em comum com o seu sistema do que você pode imaginar. Nossos componentes foram originalmente escritos em Delphi e depois compatibilizados para outras linguagens. Ou seja, nossa raiz é a mesma que a sua!

Por essa tradição, nossa consultoria técnica tem muito conhecimento sobre essa linguagem para te auxiliar. Garantimos que nossas soluções sempre serão compatíveis com versões do Delphi, desde o Delphi 4 até os mais recentes.

Ficou empolgado em como pode ser fácil ter, de maneira rápida e indolor, um módulo de NF-e com Delphi na sua software house? Então não deixe de conhecer, agora mesmo, nossos componentes!

 

Formado em Marketing. Redator do Grupo TecnoSpeed. Escreve artigos e conteúdos para TecnoSpeed DF-e, Certificados Digitais e WiFire.

Artigos relacionados