GNRE 2.0: atualização no layout do XML e no Portal GNRE Online

A GNRE 2.0 trás a possibilidade de emissão de uma única guia para múltiplas receitas ou documentos de origem. Veja o que mudou!


No dia 21 de fevereiro de 2019, a Secretaria da Fazenda do Estado de Pernambuco anunciou a atualização da GNRE (Guia Nacional de Recolhimento de Tributos Estaduais) para a versão 2.0.

A GNRE 2.0 apresenta mudanças tanto no layout do XML quanto no Portal GNRE. As novidades são bastante positivas, e devem facilitar o processo de geração e pagamento das guias para os contribuintes. Se você é desenvolvedor de software e tem uma rotina de geração de GNRE, terá que realizar algumas adaptações. Confira as novidades!

O que mudou na GNRE 2.0?

A principal novidade apresentada pela GNRE 2.0 é a possibilidade de emissão de uma única guia para múltiplas receitas ou documentos de origem. Na nova versão, o contribuinte tem três alternativas para a geração das guias:

  • GNRE Simples: guia referente a apenas um pagamento. Era o único formato disponível na GNRE 1.0.
  • GNRE com Múltiplos Documentos de Origem: nesta opção, a guia é gerada a partir de múltiplos documentos fiscais eletrônicos, desde que eles sejam do mesmo tipo de documento (NF-e ou CT-e), tenham a mesma UF destinatária, mesmo Contribuinte Emitente e mesmo Código de Receita.
  • GNRE com Múltiplas Receitas: este formato gera uma guia com múltiplos códigos de receitas, desde que tenha a mesma UF destinatária e o mesmo Contribuinte Emitente. É permitido até mesmo repetir o mesmo código de receita.

Deste modo, agora será possível gerar uma única guia, com um único código de barras, para o pagamento da Partilha do ICMS, Substituição Tributária e Fundo de Combate à Pobreza.

Para verificar as novidades no layout do XML, baixe o Manual de Integração do Contribuinte da GNRE 2.0

Prazo de implantação da GNRE 2.0

De acordo com a publicação oficial, o Portal e os web services da GNRE já estarão aceitando a versão 2.0 a partir do dia 1º de abril de 2019. No entanto, ainda será possível gerar guias na versão 1.0.

Não existe previsão para obrigatoriedade da versão 2.0. Haverá um período, ainda com duração indeterminada, em que o Portal da GNRE aceitará as duas versões simultaneamente, para que as UFs e os contribuintes se adequem às novidades.

 

Formado em Marketing. Redator do Grupo TecnoSpeed. Escreve artigos e conteúdos para TecnoSpeed DF-e, Certificados Digitais e WiFire.