Como manter-se relevante no mercado de trabalho?

Entenda como a pressão para manter-se relevante no mercado de trabalho acaba por levar muitas pessoas a uma ávida busca por novos conhecimentos.


Alguma vez você já comprou um livro e não leu?

Ouvi esta frase recentemente em uma palestra e ela me levou a pensar sobre como os profissionais de TI são pressionados o tempo todo a se manterem atualizados, pois esta é uma área que muda muito rapidamente.

Esta pressão acaba por levar muitas pessoas a uma ávida busca por novos conhecimentos.

Porém, cada vez mais o ritmo de produção de conteúdo no mundo é maior do que o ritmo com que as pessoas conseguem se manter atualizadas.

O resultado? Livros não lidos, cursos não terminados e um sentimento de fracasso.

Será que estamos no caminho certo?

Quando estudamos – seja lendo um livro, fazendo um curso ou participando de uma palestra – criamos uma biblioteca de conceitos em nossa mente, a qual chamamos de conhecimento.

E é importantíssimo desenvolvermos esta biblioteca, pois ela amplia nossa visão sobre os problemas que enfrentamos diariamente.

Ela nos dá bagagem e, principalmente, nos dá a oportunidade de desenvolvermos uma outra característica que também é tão importante quanto o conhecimento: a nossa habilidade – aspecto imprescindível para manter-se relevante no mercado de trabalho.

Você já parou para refletir o quanto você aplica de tudo aquilo que estuda? A habilidade é como chamamos a aplicação da prática do conhecimento.

Quando aprendemos algo, estamos desenvolvendo uma nova área de nosso conhecimento. E quando aplicamos isto no dia a dia, estamos treinando nossa habilidade naquela área.

Apesar de complementares, são coisas diferentes

Existem profissionais que prezam muito pelo estudo e por aprender coisas novas.

São vistos como verdadeiros gênios porque estão sempre buscando se qualificar, porém têm dificuldade em transpor todo este conhecimento para a prática e acabam por não desenvolver suas habilidades de forma satisfatória.

São profissionais que conhecem muito, mas geram pouco resultado.

Ao mesmo tempo, existem aqueles profissionais que são pau pra toda obra, que desenvolvem ao máximo suas habilidades, mas acabam limitados por sua dificuldade em ampliar suas áreas de conhecimento.

São profissionais que geram um bom resultado em certos aspectos, mas que ao mesmo tempo, não conseguem atingir todo o seu potencial para manter-se relevante no mercado de trabalho.

O profissional mais relevante é aquele que consegue navegar por diversas áreas de conhecimento, ainda que de forma superficial em algumas, criando uma caixa de ferramentas pessoal que lhe permite ser versátil, mas que ao mesmo tempo consegue aplicar seu conhecimento para resolver problemas reais, gerando valor para a empresa e relevância para si mesmo.

Quando um profissional consegue construir uma boa proporção entre conhecimentos e habilidades ele possui um desempenho superior e acaba por se destacar, independente da sua área de atuação.

Ser mais versátil é uma boa opção de carreira

As empresas estão em constante mudança e ter profissionais que consigam transitar com certa facilidade torna-se cada vez mais importante. Uma vez que isso traz agilidade na entrega de valor para os clientes, criando um diferencial competitivo.

Ao mesmo tempo, o mercado continua valorizando profissionais especialistas, mas estas áreas estão exigindo cada vez mais um aprofundamento do conhecimento e as oportunidades acabam limitadas.

Portanto, se ao ler este texto, você conseguiu visualizar seu momento atual em algum destes perfis, sugiro a reflexão sobre o que cada um de nós precisa fazer para alavancar a própria carreira:

Desenvolver novos conhecimentos, habilidades ou seguir o caminho de especialista? Qual será o segredo para manter-se relevante no mercado de trabalho?

Se isto estiver claro para todos, acredito que assim teremos menos livros não lidos em nossas estantes.

Rodrigo Ramalho – Diretor de Operações & Tecnologia da TecnoSpeed

 

Formada em Comunicação e Multimeios e pós-graduanda em Marketing, Criatividade e Inovação. Redatora do Grupo TecnoSpeed. Escreve artigos e conteúdos para a TecnoSpeed Fintech e para o PlugMobile.