Nota Técnica 2018.005 v1.10: novos campos no Grupo de Repasse do ICMS ST

Na Nota Técnica 2018.005 v1.10 foram incluídos campos para apuração do complemento e restituição do ICMS ST no Grupo N. Grupo de Repasse do ICMS ST.


Foi publicada em fevereiro de 2019 a Nota Técnica 2018.005 v1.10, no Portal da Nota Fiscal Eletrônica. Essa NT institui diversas alterações de leiaute na NFe, modelo 55, e NFCe, modelo 65.

A versão 1.00 da Nota Técnica 2018.005 foi publicada em janeiro de 2019, quando apresentou a identificação do Responsável Técnico e  as alterações no protocolo de resposta da SEFAZ.

Nesta nova versão, foram incluídos campos para apuração do complemento e restituição do ICMS ST no Grupo N. Grupo de Repasse do ICMS ST.


ATUALIZAÇÃO 03/2019

NT 2018.005 versão 1.20: prorrogação do grupo de informações do responsável técnico e novos prazos de implantação


Confira as alterações e prepare seu software!

O que mudou na Nota Técnica 2018.005 v1.10?

Foram adicionados novos campos para possibilitar a apuração do Complemento e Restituição do ICMS-ST de operações com combustíveis que exijam o preenchimento do Grupo de Repasse do ICMS ST. A utilização e obrigatoriedade destes campos fica a critério de cada UF.

Os novos campos do Grupo de Repasse do ICMS ST são:

  • Alíquota suportada pelo Consumidor FinalpST

Deve ser informada a alíquota do cálculo do ICMS-ST, já incluso o FCP caso incida sobre a mercadoria. Exemplo: alíquota da mercadoria na venda ao consumidor final = 18% e 2% de FCP. A alíquota a ser informada no campo pST deve ser 20%;

  • Valor do ICMS Próprio do Substituto cobrado em operação anteriorvICMSSubstituto

Valor do ICMS Próprio do Substituto cobrado em operação anterior;

  • Percentual de redução da base de cálculo efetivapRedBCEfet

Percentual de redução, caso estivesse submetida ao regime comum de tributação, para obtenção da base de cálculo efetiva (vBCEfet);

  • Valor da base de cálculo efetivavBCEfet

Valor da base de cálculo que seria atribuída à operação própria do contribuinte substituído, caso estivesse submetida ao regime comum de tributação, obtida pelo produto do Vprod por (1- pRedBCEfet);

  • Alíquota do ICMS efetivapICMSEfet

Alíquota do ICMS na operação a consumidor final, caso estivesse submetida ao regime comum de tributação;

  • Valor do ICMS efetivovICMSEfet

Obtido pelo produto do valor do campo pICMSEfet pelo valor do campo vBCEfet, caso estivesse submetida ao regime comum de tributação.

Quando as alterações da Nota Técnica 2018.005 v1.10 serão obrigatórias?

Não houve alteração nos prazos de implantação na versão 1.10 da NT 2018.005. Assim, os prazos para todas as alterações da v1.00 e da v1.10 são os mesmos:

  • Ambiente de homologação: 25/02/2019
  • Ambiente de produção: 29/04/2019

Facilite a implementação da NFe e NFCe no seu software

Com as constantes atualizações fiscais, é trabalhoso manter seu software atualizado. Nós podemos ajudá-lo a gastar menos tempo com documentos  fiscais eletrônicos, com nossas DLLs, APIs, Consultoria Técnica e Tributária!

Com a parceria da TecnoSpeed, você pode focar seu tempo e esforço nos requisitos mais importantes do seu projeto.

Conheça nossas Soluções para NFe e Soluções para NFCe!

Formado em Marketing. Redator do Grupo TecnoSpeed. Escreve artigos e conteúdos para TecnoSpeed DF-e, Certificados Digitais e WiFire.

Artigos relacionados