API NFSe: o que é e como integrar?

Integrar a emissão de notas fiscais de serviço em seu software não precisa ser complicado. Entenda de uma vez por todas o que é, e como integrar a API NFse.


Criar softwares com a emissão de notas fiscais de serviço integrada é uma questão bastante complicada para as Software Houses, e isso acontece porque, ao contrário das Notas Fiscais eletrônicas de produtos, a Nota Fiscal de Serviços não seguem um padrão, ou melhor, tem vários padrões, e variações que podem ocorrer de um município para outro.

Com isso, a grande maioria das Software Houses optam por contratar o uso de APIs de empresas focadas neste segmento, e que já atendem um grande número de municípios em todo país, e isso acaba sendo uma excelente opção, pois tira esta difícil e árdua tarefa das empresas de softwares.

As interfaces de programação de aplicações foram desenvolvidas com a finalidade de integrar sistemas. No caso do API NFSe, a ideia é permitir que o software emita Nota Fiscal de Serviço eletrônica, de forma integrada. Evidentemente, essa aplicação possui várias vantagens para seu negócio. Nesse artigo, falamos sobre o conceito e como você pode integrá-la na prática em sua Software House. Confira!

O que é a API NFSe?

A API NFSe é um conjunto de funções que ficam disponíveis em nuvem (cloud), normalmente fornecida como serviço, e que permitem fazer as emissões, cancelamentos e consultas de Notas Fiscais Eletrônicas de Serviços. Normalmente são Web Services (Serviços WEB) que ficam disponíveis na nuvem, e são executados em ambiente seguro, normalmente criptografados.

Na realidade estas APIs fazem toda mensageria entre o software emissor ou o sistema ERP, para com o portal da prefeitura que executa de fato a emissão eletrônica da Nota Fiscal de Serviço Eletrônica, onde embora pareça simples, a API precisa prever todas as variações entre as diversas prefeituras, assim como das instabilidades no acesso, além dos recursos necessários para suportar um volume grande de notas sendo emitidas ao mesmo tempo.

Especificamente a NFSe, a forma de emissão das notas podem variar de município para município, e isso acaba trazendo certa complicação para os softwares aplicativos que fazem esta emissão, sendo que algumas APIs embutem e tratam estas variações de forma mais transparentes, e outras a aplicação precisa tratar as especificidades de cada município.

De qualquer forma hoje existem ótimas opções de API NFSe no mercado que propiciam muita facilidade para as empresas desenvolvedoras, tirando esta complexidade do Software ERP.

Conforme já mencionamos, essa API é uma interface desenvolvida com o objetivo de permitir a emissão de notas fiscais de serviço eletrônica a um ERP.

Por que integrar a API NFSe é tão importante?

Mas, afinal, por que isso é tão importante para uma empresa? A resposta para essa pergunta é: automatização, agilidade e para evitar erros fiscais. Isso significa dizer que adotar esse tipo de solução é muito mais prático do que fazer todo o processo de emissão e registro da operação manualmente e passível de erros eventuais.

Dito de outro modo, a interface que integra o software a plataformas de emissão de notas fiscais eletrônicas, também faz todo o gerenciamento das notas fiscais. Não se trata apenas de emitir notas. As APIs NFSe também cuidam do envio e do armazenamento de dados advindos das operações do ERP.

Para tornar mais claro o papel dessas interfaces, vamos explicar as vantagens que você pode ter ao adotar essas soluções. Acompanhe no tópico a seguir!

As vantagens da API NFSe

Redução dos custos

O uso da API NFSe reduz muito os custos de desenvolvimento das Software Houses, pois além da variância que existe entre os portais dos municípios, existem todas as tratativas necessárias para um acesso seguro, rápido e estável a estes portais, que precisariam ser tratadas dentro da aplicação, o qual, com o uso de API NFSe este trabalho é substancialmente minimizado.

Ganho de tempo

O uso da API NFSe também reduz drasticamente o tempo de desenvolvimento da Software House na questão da emissão da Nota Fiscal Eletrônica de Serviços, pois as tratativas de impostos e cálculos necessários, já são tratados pela aplicação, o que fica faltando são funções que fazem todas as tratativas de mensageria com os diversos portais de cada município, e todo este processo acaba ficando transparente para a aplicação, que foca o trabalho no envio da informação fiscal correta.

Despreocupação com as variabilidades entre os municípios

Os portais emissores implementados por cada município acaba tendo variações, hoje são vários padrões de portais no mercado, desde a forma de conexão, os tempos de processamentos, o nível de disponibilidade, a performance da emissão se é unitária ou em lote, ou seja, tudo isso acaba sendo tratada pela API NFSe minimizando grande parte desta preocupação para as aplicações.

Despreocupação com as instabilidades dos portais dos municípios

Os portais dos municípios nem sempre estão preparados para um grande volume de emissões simultâneas, e isso gera lentidão e muitas vezes perda de informações, que neste caso, precisarão ser tratadas pelas API NFSe, que assumem esta tarefa deixando todos estes problemas transparentes para a aplicação.

Portal de consulta às notas fiscais emitidas

Normalmente os fornecedores de API NFSe disponibilizam um portal de consulta das notas emitidas, e isso entra como um grande valor agregado para a Software House, que passa a oferecer este benefício a seus clientes e também para os contadores destes clientes.

Armazenagem das notas emitidas pelo período legal

Ao mesmo tempo que os portais permitem que sejam feitas consultas, eles também armazenam as informações das Notas Fiscais emitidas pelo período legal, ou seja, 5 anos fora o ano corrente, agregando mais valor a aplicação do software emitente.

Melhoria dos processos de controle e gestão

O lançamento automático das notas fiscais no sistema, torna as informações presentes no ERP muito mais precisas. Com isso, você poderá tomar decisões com muito mais clareza. Ademais, a API permite a consulta da NFSe de forma simples, evitando o pagamento de tributos já quitados ou atrasos na prestação de contas.

Mais segurança

Ao estabelecer a comunicação com as plataformas das prefeituras, que inclusive cada município tem as suas particularidades a respeito dos documentos fiscais, as APIs utilizam uma série de protocolos e medidas de segurança, como a criptografia de dados e os certificados digitais.

Como integrar a API NFSe?

Primeiramente é importante entender se o sistema emissor tem como chamar estas APIs NFSe diretamente, que normalmente são chamadas de Web Services no Padrão REST/JSON, mas quando isso não é possível, alguns fornecedores dão opção de troca de informações através de arquivos texto, que vão para um software intermediário que lê estes arquivos, e faz as chamadas de API para proceder a emissão da Nota.

É importante verificar se tanto o provedor das API NFSe quanto o portal do município têm um ambiente de homologação, para que a Software House possa proceder os testes antes de liberar o cliente para emissão em ambiente de produção.

Também é importante mapear se todas as informações requeridas pela API estão disponíveis no software emissor, ou se já existem tratativas para tais informações, lembrando novamente que tais exigências podem variar de município para município.

É muito importante que o processo de validação e testes sejam muito bem planejados para que possa cobrir o maior número de situações possíveis, e garantir que as informações fiscais sejam enviadas de forma correta para as APIs emissoras.

A integração entre APIs e sistemas de emissão de notas também precisa levar em consideração uma série outros pontos, também muito importantes.

Isso porque as regras de tributação variam de acordo com o município. Portanto, os desenvolvedores devem observar o que está disposto na legislação tributária de cada cidade, como por exemplo o ISS (Imposto Sobre Serviço).

Não observar esse ponto pode fazer com que os cálculos de alíquotas e tributos sejam feitos de maneira incorreta.

As prefeituras das cidades também utilizam notas fiscais eletrônicas com layouts distintos.

Cada uma dessas especificidades deve ser observada pelos desenvolvedores antes de realizar a integração com o software.

A não observância desses critérios pode inviabilizar o processo de homologação dasolução junto aos órgãos das prefeituras, sendo esse um dos maiores desafios para implementar a NFSe.

PlugNotas: facilitando a integração entre ERP e sistemas de emissão de documentos eletrônicos

O PlugNotas é uma de nossas soluções para integrar com mais facilidade softwares de gestão de dados e plataformas de emissão de notas fiscais eletrônicas.

A seguir, apresentamos alguns dos principais diferenciais dessa ferramenta. Confira!

Gerenciamento completo da NFSe

Ele não somente envia as informações referentes à operação, como faz a consulta, a autorização e a impressão das notas. Por meio dessa solução, você receberá uma notificação confirmando a finalização da operação.

Envio automático da NFSe por e-mail

“Ao fim do processo e depois da emissão da nota fiscal, o PlugNotas envia automaticamente o documento para a parte interessada. Você não precisa fazer isso manualmente.”

NFSe de acordo com a legislação de cada município

O PlugNotas é capaz de emitir notas fiscais com os layouts exigidos por cada município, garantindo um documento padronizado de acordo com as exigências de cada legislação.

Compatibilidade

Compatível com diversas linguagens de programação como: C#, Java, JavaScript, Python, PHP, Node.js, React e inclusive Delphi.

Abrangência Geográfica

Com o PlugNotas seu software consegue chegar a mais de 1300 cidades e a todos os estados do Brasil.

Fácil integração

As informações da nota são enviadas apenas a partir de um arquivo JSON, e pronto.

Nenhuma preocupação com instabilidades

Com o PlugNotas, você pode emitir suas notas com muito mais tranquilidade, sem ter que se preocupar com instabilidades nos servidores ou rejeições.

Isso porque, nessas duas situações, o problema será devidamente tratado pela Tecnospeed. Seu suporte pode ficar livre para resolver outras demandas importantes.

Considere conhecer o PlugNotas e como ele pode ajudar a descomplicar a emissão de documentos fiscais de seu software.

Quero conhecer o PlugNotas

Summary
O que é a API NFSe?
Article Name
O que é a API NFSe?
Description
A API NFSe é um conjunto de funções que ficam disponíveis em nuvem (cloud), normalmente fornecida como serviço, e que permitem fazer as emissões, cancelamentos e consultas de Notas Fiscais Eletrônicas de Serviços. Normalmente são Web Services (Serviços WEB) que ficam disponíveis na nuvem, e são executados em ambiente seguro, normalmente criptografados.
Author
Formado em Marketing. Redator do Grupo TecnoSpeed. Escreve artigos e conteúdos para TecnoSpeed DF-e, Certificados Digitais e WiFire.

Artigos relacionados