Certificado SSL: o que é e como ele pode te ajudar nas vendas durante a pandemia

A digitalização dos serviços traz consigo a demanda de garantir a segurança e a boa experiência do usuário. E é aí que o Certificado SSL entra e se mostra como uma oportunidade para as software houses no contexto atual e para além dele. Entenda! 


Frente ao contexto da COVID-19, diversos processos passaram a contar com a tecnologia e o digital como aliados no estabelecimento de alternativas seguras para a sua continuidade.

Quando o assunto são transações eletrônicas, o Certificado Digital é uma solução que vai de encontro a essa ideia e tem beneficiado várias pessoas e negócios através da possibilidade de validar operações digitalmente de forma ágil, econômica e segura.

Além das certificações atribuídas às pessoas físicas e jurídicas, há o Certificado SSL, que é utilizado para garantir a autenticidade de sites e a segurança de dados entre servidores. Entenda mais sobre a importância, os tipos e as oportunidades que esse segmento pode trazer para sua software house. 

O que é um Certificado SSL?

SSL se refere à sigla Secure Socket Layer e é um protocolo que permite a transação de dados junto do protocolo HTTP. Nele, o servidor é autenticado e criptografado por meio de certificados de chave pública e chave privada e, deste modo, é possível impedir falsificações e violações online.

Um Certificado SSL é, portanto, essencial para e-commerces, internet bankings e outros sites que lidem diretamente com dados dos usuários.

Além disso, desde 2018 todo endereço que não possui o protocolo SSL é classificado pela Google como “Não seguro”, o que torna essa implementação importante para a credibilidade e bom desempenho de qualquer site, independente da finalidade ou segmento.

Como ele funciona?

Como falamos, o Certificado SSL se utiliza de tecnologia criptográfica, que por sua vez é gerada por algoritmos que operam através de uma dupla de chaves assimétricas: uma pública e uma privada.

A chave pública é usada para codificar uma mensagem ou arquivo e validar uma operação criada com a chave privada correspondente. Enquanto a privada decodifica mensagens ou arquivos cifrados pela chave pública correspondente e valida a autenticidade de quem gerou a operação. 

Por envolver o processamento de uma grande quantidade de dados criptografados, cálculos e algoritmos, é indicado recorrer também a um acelerador SSL, que atuará na manutenção do desempenho da página e da entrega do conteúdo ao usuário sem instabilidade ou falhas.

Para que serve?

A função principal do Certificado SSL é preservar a segurança do usuário e dos seus dados durante o acesso a páginas online. Essa finalidade é concretizada em duas etapas: confirmação da existência e autenticidade da organização operadora do site e a criptografia das informações enviadas e recebidas eletronicamente.

Como consequência dessa função principal, podemos listar também a funcionalidade de transmitir credibilidade e confiança ao público e/ou clientes, de ajudar o site a conquistar melhores resultados de ranqueamento em buscadores e permitir uma análise mais completa dos seus dados de referência e tráfego.

Tudo isso são benefícios que uma software house pode oferecer aos seus clientes ao agregar o serviço de certificação digital à sua carteira. E o melhor é que os benefícios se estendem aos clientes dos seus clientes, trazendo segurança, agilidade e desenvolvimento para todo o processo.

Quais são os tipos?

tela de computador que mostra o certificado digital SLL no site.

O certificado digital SLL atesta a segurança do site. | Imagem: Unsplash

Existem diferentes tipos de Certificado SSL, que realizam diferentes processos de verificação e validação. Conheça como eles funcionam e para quais casos cada um é indicado:

  • Validação de domínio

Bastante popular, o certificado de validação de domínio é utilizado para confirmar se o solicitante é também o proprietário do domínio. A verificação acontece a partir do envio de um e-mail de confirmação a um endereço administrativo e, geralmente, o processo é concluído em apenas alguns minutos.

Apesar de rápido, descomplicado e acessível, esse tipo de certificado é indicado somente para sites pequenos, blogs pessoais e fóruns, pois apresenta um nível de segurança básico.

  • Validação de organização

Com um nível de segurança superior, o certificado de validação de organização também tem finalidade de identificação, contemplando a confirmação dos dados do domínio e da organização transmissora dos dados. Esse tipo de certificação garante, portanto, não só a segurança no acesso como também a veracidade da empresa, sendo indicado para e-commerces de médio porte, serviços de e-mails e sites corporativos.

  • Validação estendida

Por fim, indicada para organizações de grande porte, a validação estendida é o tipo mais completo de certificado SSL disponível. Os endereços que possuem esse tipo de certificação têm o nome da empresa destacado em verde na URL antes do domínio.

Para a emissão, a empresa e o site são analisados de forma detalhada e precisa, sendo, portanto, um processo mais longo e caro. Por outro lado, a criptografia é mais potente e o nível de segurança e confiabilidade é superior. 

Parceria de Certificado Digital

Talvez você já soubesse de toda a vantagem e relevância dos Certificados SSL em negócios online, mas o ponto-chave é: você sabe como a sua software house pode se beneficiar a partir disso?

Para começar, incluir mais soluções na sua carteira de serviços significa abrir uma porta a mais, que pode trazer novas oportunidades de negócio e lucro para sua empresa.

Além disso, a adição do Certificado Digital pode servir como argumento de decisão para os interessados em suas soluções de software e como um plus para oferecer aos clientes que você já tem em sua conta.

E não para por aí: o mercado de certificações tem um potencial de crescimento exponencial graças à tendência de digitalização de serviços e processos. A emissão de certificados cresceu mais de 50% em 2020 (com relação aos números de 2019), contrariando as consequências negativas geradas pela pandemia em diversos outros setores. 

Somente em junho de 2020 foram emitidos mais de 517 mil certificados, representando um novo recorde de emissões mensais. Comparando o crescimento entre os anos, em 2020 o número foi 23,2% maior com relação ao mesmo período de 2019, enquanto que de 2018 para 2019 o aumento havia sido de apenas 5,3%.

A recente implementação da possibilidade de validar certificados digitais via videoconferência, sem dúvidas, contribuiu com esse crescimento e também é mais um excelente incentivo para investir nesse mercado, afinal permite que você busque e atenda clientes sem limitações físicas e geográficas, de forma mais ágil e prática, mas igualmente segura.

As vantagens de investir em certificados digitais são mesmo muitas e a TecnoSpeed tem a solução perfeita para te ajudar a dar esse passo sem um alto investimento ou dores de cabeça! Se interessou?

Artigos relacionados