Comanda eletrônica: tudo que você precisa saber

Entenda tudo sobre comanda eletrônica, um sistema fundamental para agilizar as atividades de bares e restaurantes, e que pode ser implementado no seu software.


Velha companheira de inúmeros estabelecimentos, a comanda auxilia bares e restaurantes em todos os seus processos.

Sem ela, são grandes as chances do negócio do seu cliente não funcionar adequadamente. Isso porque, imagine anotar os pedidos de cabeça! Ou ainda pior, perguntar a cada pessoa, no fechamento da conta, o que ela consumiu.

Não parece promissor, certo? Então, saiba que esse tipo de atendimento pode comprometer o fluxo de caixa do seu cliente.

No caso da tradicional comanda de papel, seu custo é mais acessível, mas os benefícios não são tão interessantes. Pois é recomendada apenas para estabelecimentos com baixo fluxo de clientes, devido à lentidão dos seus processos manuais.

Além disso, apresenta poucas opções de preenchimento e de customização. E em caso de perda, é preciso considerar o relato do cliente para realizar a cobrança, uma vez que a multa por perda de comanda é uma prática indevida.

É por isso que a informatização já é uma realidade, inclusive na gastronomia.

Proprietários de bares e restaurantes tem reconhecido cada vez mais a importância da tecnologia para a gestão de seus estabelecimentos.

Sem tempo de ler agora? Baixe este conteúdo e tenha acesso offline!

Dúvidas sobre como ela funciona e qual a melhor opção para o negócio do seu cliente? Então, use o sumário abaixo e aprenda tudo sobre comanda eletrônica

O que é comanda eletrônica?

A comanda eletrônica é uma tecnologia que veio para substituir as tradicionais – e já ultrapassadas – comandas de papel.

Se antes o atendimento em bares e restaurantes dependia das anotações do garçom, feitas com auxílio de papel e caneta, hoje ele usa um tablet ou smartphone para encaminhar todos os pedidos diretamente ao sistema.

Esse processo, entretanto, é amparado por um aplicativo de comanda eletrônica.

Nele, as informações já ficam registradas no caixa e saem automaticamente da cozinha, proporcionando as melhores experiências aos clientes do estabelecimento.

Essa é uma boa ferramenta para fidelizar e gerar satisfação nesses clientes, tendo em vista que a comanda eletrônica moderniza o ambiente.

E o melhor de tudo é que você mantém o atendimento nas mãos do garçom, mas se utilizando de uma plataforma em que todo mundo consegue vê-lo.

E sem as dificuldades que a comanda de papel oferece!

Como ela funciona?

Apesar dos inúmeros sistemas de comanda eletrônica disponíveis no mercado, seu funcionamento é bastante simples e semelhante em alguns aspectos.

Indicado para bares e restaurantes de todos os tipos, ela facilita a execução de serviços que demandam não apenas tempo, mas também paciência dos clientes e funcionários.

Assim, quando um cliente entra no estabelecimento, uma comanda eletrônica é aberta para ele com o auxílio de um tablet ou smartphone conectado ao computador do ambiente.

Os pedidos são anotados e enviados, em tempo real, para a cozinha, agilizando todos os processos. Isso porque o garçom não precisa se deslocar até a equipe de cozinheiros para solicitar os pratos ou bebidas.

Além disso, ele fica imediatamente livre para atender outros clientes, até que o pedido fique finalmente pronto para ser entregue à mesa.

E tudo isso sem erros ou estresse. Tudo fica registrado na central ou no caixa do estabelecimento, de forma organizada.

Também é válido lembrar que, é muito importante que seu cliente invista em capacitação para que sua equipe de funcionários aprenda a mexer no sistema corretamente.

E nada como um bom treinamento alinhado à tecnologia da comanda eletrônica para transformar a experiência dos consumidores e melhorar o faturamento do estabelecimento dele, certo?

Assim, os pedidos serão inseridos no sistema sem maiores problemas ou qualquer tipo de confusão, garantindo que tudo funcione dentro das melhores condições.

É essencial fornecer ao garçom ferramentas que o ajudem a desempenhar sua função com cada vez mais eficiência.

Pois quanto melhor o serviço prestado, melhor a experiência dos clientes, assim como a possibilidade deles frequentarem o estabelecimento novamente.

Rápido e prático, não?

Viu só como essa é uma solução benéfica tanto para os clientes, quanto para o dono do estabelecimento?

Quais estabelecimentos podem usar?

Tudo sobre comanda eletrônica.

São muitos os estabelecimentos que podem usar da tecnologia e das facilidades da comanda eletrônica.

Entre eles, destacamos:

  • Restaurantes à quilo;
  • Restaurantes à la carte; 
  • Lanchonetes; 
  • Padarias; 
  • Bares; 
  • Cafés.

Com ela, seu cliente pode organizar os produtos por categorias, sendo que todas são personalizáveis de acordo com suas principais necessidades.

Assim, a aquisição de sistemas de comanda eletrônica para bares e restaurantes não é um gasto, mas um investimento.

Isso porque suas melhorias são notáveis tanto na movimentação – ou seja, no quanto o ambiente é frequentado pelos clientes – como no fechamento do caixa, ao final do expediente.

O que é necessário para implantar a comanda eletrônica?

Após a escolha da comanda eletrônica ideal para o estabelecimento do seu cliente, alguns equipamentos serão necessários para que o sistema funcione corretamente e com o máximo de seu potencial.

Geralmente, esses equipamentos também serão semelhantes para todas as implantações de comanda eletrônica, independente do modelo escolhido.

Assim, temos:

    • Computador: seu cliente precisará de uma boa máquina com capacidade de processamento e armazenamento para registrar informações e realizar gestão do caixa. 
    • Impressora USB: para a impressão da conta dos clientes, aspecto que garante a transparência do atendimento. 
    • Impressora Ethernet: essencial para a impressão dos cupons de produção do estabelecimento, uma vez que são por eles que a equipe da cozinha se organiza. 
    • Impressora Fiscal: integrada ao sistema de gestão dos  integrada ao sistema de gestão dos bares e restaurantes para a emissão de notas e documentos fiscais. 

  • Roteador WiFi: indispensável para a gestão de clientes, isso porque é por meio dele que os dados dos pedidos serão transmitidos. 
  • Tablet ou Smartphone: equipamentos essenciais para a parte operacional da comanda eletrônica.

E quanto às fraudes?

Permitir que o negócio do seu cliente esteja sujeito à fraudes não é uma boa alternativa. Uma vez que se ele optou pelo seu software de gestão, é porque confia na sua solução.

É essencial garantir que o sistema de comanda eletrônica escolhido faça um bom registro e integração das operações do estabelecimento.

Isso porque ele serve como uma segunda camada de proteção contra eventuais erros ou tentativas de se tirar algum tipo de vantagem.

Assim, quanto mais livre e aberto o processo de atendimento aos clientes, maior a possibilidade de fraudes.

Com o uso da comanda eletrônica você assegura que qualquer prato ou bebida seja produzido apenas mediante a impressão do cupom de produção, que também fica registrado no sistema.

Dessa forma, você diminui as chances de manipulação dos dados do estabelecimento do seu cliente e colabora com a redução do seu prejuízo, oferecendo mais segurança para suas operações.

Por que não usar comanda de papel?

Ainda que a comanda de papel seja tradicional em bares e restaurantes, e que os clientes estejam familiarizados com seu funcionamento, ela não é a melhor escolha para seus negócios.

Isso porque, embora tenha suas vantagens, como um custo mais acessível, seus recursos ainda são limitados. Por exemplo:

Mesmo com seus espaços customizáveis e que podem ser preenchidos a mão, o tempo que o garçom perde fazendo anotações é determinante para a queda do faturamento do estabelecimento.

E no caso de alterações no pedido, ele precisa se virar para encaixar a observação em algum canto do papel.

Nesta correria, entender a letra do atendente também pode ser um problema. Resultado? O preparo do prato de forma incorreta, gerando insatisfação no cliente e perdas para o estabelecimento – no que se refere à desperdícios.

E dale mais atrasos para consertar a situação. Diga se esse não é um cenário perfeito para que a clientela diga adeus ao estabelecimento do seu cliente?

Razões para investir em uma comanda eletrônica

Entre os principais motivos para que seu cliente continue usando comanda de papel está o custo da implantação de um novo sistema, assim como o receio de não se adaptar à novas ferramentas.

O que ele se esquece, entretanto, é que o dinheiro perdido com os erros nos pedidos é o suficiente para investir em um sistema de comanda muito mais moderno e auxiliado por tablets, computadores e smartphones.

Assim, entre as vantagens oferecidas pela comanda eletrônica, destacamos:

    • Imprimir automaticamente os pedidos; 
    • Congelar, corrigir, reabrir ou fechar contas; 
    • Padronizar o atendimento; 
    • Integrar diferentes setores do estabelecimento; 
    • Controlar comandas em aberto; 
    • Evitar desgastes ou mal estar com o cliente, uma vez que a comanda eletrônica não pode ser perdida; 
    • Agilizar o atendimento, isso porque o pedido anotado pelo garçom é enviado diretamente para a cozinha; 

  • Reduzir erros de interpretação por parte dos cozinheiros, que poderão acompanhar todo o processo de maneira mais sistêmica e descomplicada; 
  • Desperdiçar menos insumos.

Viu só como, apesar de tradicional, a comanda de papel pode não ser a mais indicada para manter o negócio do seu cliente competitivo no mercado?

Como ela pode evoluir o negócio do seu cliente

Tudo sobre comanda eletrônica.

Chegar a um bar ou restaurante e ter dificuldade para realizar um pedido é uma situação comum, porém, desagradável.

Pior ainda é aguardar de 30 a 40 minutos para que ele fique finalmente pronto e chegue de acordo com as observações solicitadas.

Antigamente essa situação não era o suficiente para que o cliente deixasse de frequentar o estabelecimento. Mas hoje, com as tecnologias disponíveis para um atendimento mais agilizado, esse pode ser um detalhe fatal e determinante.

Assim, na era da instância, em que o senso de urgência dos consumidores não permite mais que se perca tempo com processos exclusivamente manuais, a automação é capaz de melhorar toda a organização e qualidade do estabelecimento dele.

Isso porque grande parte das pessoas que saem de casa para almoçar ou jantar buscam mais do que uma boa refeição, mas uma experiência agradável.

Portanto, problemas com os pedidos, demora no atendimento ou cobranças incorretas são aspectos decisivos para que elas não retornem mais.

E exigir todo esse cuidado de apenas um funcionário, o garçom, pode ser complicado. Uma vez que ele pode se confundir e provocar erros graves durante todo o processo de atendimento – que não o ajuda em nada.

É por isso que a comanda eletrônica é um importante investimento. Isso porque resolve problemas que, a longo prazo, podem influenciar negativamente no faturamento do seu cliente.

Com ela você elimina preocupações com a demora no atendimento, além de possíveis frustrações, aumentando as chances do seu cliente oferecer uma experiência muito mais incrível com seu negócio.

E nada como criar estratégias para garantir que o sistema utilizado traga os resultados esperados, certo?

Assim, é importante oferecer treinamento para a equipe de garçons e estabelecer políticas para o bom uso dos equipamentos. Ao finalizar este processo, o estabelecimento estará pronto para recuperar todo o dinheiro investido na automação.

Oferecer soluções completas ao seu cliente reduzirá os custos operacionais em seu sistema de gestão e produção, além de facilitar o controle dos dados.

Quanto maior a capacidade de integração da cozinha com o caixa, melhor será seu desempenho e a otimização das atividades.

Portanto, escolha uma comanda eletrônica que facilite o acompanhamento do fluxo de informações e permita que seu cliente aproveite todas as vantagens que apenas esse tipo de sistema pode oferecer.

Melhor momento para adquirir uma comanda eletrônica

Muitos donos de bares e restaurantes acreditam que controlar manualmente seu estabelecimento é uma garantia para que erros de produção ou de reposição de estoque não aconteçam.

Entretanto, é sempre válido lembrar que, de nada adiantam esses esforços se eles não forem aplicados de maneira correta.

Assim, proporcionar satisfação aos clientes é essencial para que eles se fidelizem ao estabelecimento, mas esse é um trabalho constante.

Isso porque, você já parou para pensar que muitas vezes, o negócio do seu cliente pode não estar caminhando por conta de falhas na administração e atendimento? E que com uma solução simples como a comanda eletrônica você pode salvar tudo e todos?

Então saiba que o melhor momento para adquirir é agora! Não deixe que erros e desperdícios ditem as regras do jogo.

Qual o modelo ideal para o negócio do seu cliente?

O melhor modelo de comanda eletrônica é aquele capaz de atender todas as necessidades do seu cliente, permitindo que ele tenha total controle sobre as operações e processos do seu estabelecimento.

Entretanto, não basta adquiri-la. É importante contratar uma empresa que além da solução, ofereça um suporte completo, assim como atualizações constantes para que o sistema não fique defasado rapidamente.

Se antigamente gerir bares e restaurantes não era uma tarefa fácil, hoje o mercado exige ainda mais flexibilidade e responsabilidade dos seus proprietários, e investir em novas tecnologias é essencial para uma gestão com mais agilidade, mais segurança e mais cliente satisfeito.

Tudo sobre comanda eletrônica.

Formada em Comunicação e Multimeios e pós-graduanda em Marketing, Criatividade e Inovação. Redatora do Grupo TecnoSpeed. Escreve artigos e conteúdos para a TecnoSpeed Fintech e para o PlugMobile.

Artigos relacionados