Componente NFS-e V2: Webinar gratuito e atualizações

Você conhece o componente NFS-e V2? Veja as principais atualização que farão o seu software ainda mais rápido!


Estamos sempre em busca de soluções que facilitem o uso dos nossos softwares e otimizem o tempo de desenvolvedores e do cliente final. 

O tema desse texto é a versão V2 do nosso componente NFS-e. Vamos abordar quais são as principais atualizações e novidades e, ao final, convidá-lo para participar do nosso webinar sobre esse assunto e tirar suas dúvidas. Vamos lá?

O que é o componente NFS-e?

É uma solução criada pela Tecnospeed para realizar a emissão da Nota Fiscal de Serviço eletrônica. 

Esse componente pode ser integrado ao seu software e é compatível com o sistema usado por centenas de prefeituras.

Webinar Gratuito: atualização NFS-e V2

O que é o componente NFS-e V2?

Trata-se de uma nova versão do nosso componente de NFS-e, que foi simplificada e otimiza vários procedimentos. Em resumo, é a evolução do componente de Nota Fiscal de Serviço eletrônica (NFS-e) da Tecnospeed, que disponibiliza todos os métodos e recursos necessários para emissão desses documentos. 

Quais são as principais atualizações? 

Nesta nova versão do componente, todos os fluxos de emissão, as formas de envio (síncrono ou assíncrono), e a verificação de consultas (seja por RPS ou por nota) foram simplificados. 

Confira, abaixo, mais informações sobre as atualizações inseridas. 

Formas de envio

A principal novidade é que não será mais necessário fazer tratamentos para identificar qual método aplicar, porque o componente executará a melhor opção.  

Um exemplo são os formatos síncrono e assíncrono de envio de documentos fiscais eletrônicos. Com as simplificações inseridas no componente, o próprio software vai decidir qual tipo de emissão será realizada para a solicitação. 

Mudança de software da prefeitura 

Outra vantagem do componente NFS-e V2 é a otimização de processos nos casos em que a prefeitura do município muda o seu fornecedor de software de documentos fiscais eletrônicos.

Anteriormente, o procedimento envolvia re-homologar o município, compilar novamente o projeto, atualizar as informações no próprio componente e também no produto voltado ao cliente final.  

Com essa atualização instalada, você só precisa chamar o método de atualização das novas regras da localidade e, após esse procedimento, o cliente final pode dar continuidade a emissão das NFS-e com o novo padrão exigido. Bem mais simples, não é mesmo? 

Atualização de arquivos

Esse método atualiza os arquivos referentes ao município em que o componente NFS-e está configurado, como, por exemplo: templates, esquemas, scripts, nfseLocais.ini layout de impressão e brasões.

Essas informações são muito importantes para o funcionamento do componente e, com a nova versão, é possível criar um método para alterar todo o padrão em que a cidade está homologada. 

Consulta de cidades homologadas

Com a atualização V2, consultar as cidades homologadas também ficou ainda mais fácil. Esse método é útil para saber informações importantes sobre o município dos documentos emitidos.

A verificação pode ser feita analisando as informações do XML, que retorna após a solicitação. No arquivo há informações referente ao padrão (fornecedor do WebService), consulta de notas (tomadas ou destinadas), tipo de comunicação (soap ou rest), código IBGE do município, multiserviços (caso haja mais de um por RPS na cidade), certificado digital (se necessário) e autenticação com o portal. 

Além da facilidade de encontrar as informações, todas as variáveis podem ser parametrizadas. Outra opção é arquivá-las de acordo com o objetivo da operação e sistematizar dados importantes para os procedimentos internos do cliente. 

Também é possível filtrar as variáveis de acordo com os indicadores relevantes para a operação. Esse novo método auxilia com a organização e a gestão dos negócios. 

Consulta de notas tomadas

Essa opção do componente é para consultar todas as notas tomadas / recebidas contra o tomador do serviço em um determinado período, para uma cidade específica.

Os arquivos em XLM em diversos padrões retornam tipados e você pode utilizá-los para construir a base de dados que desejar. 

Como utilizar?

Para utilizar o componente V2 em seu software, basta instanciá-lo em seu projeto, implementar chamadas para cada um dos métodos e configurá-los de acordo com a necessidade do seu negócio ou dos clientes da sua software house.

Como fazer o download do componente?

Veja a página de demonstração de uso e confira o passo a passo para fazer o download do componente V2, instalar, configurar e incluir os novos métodos de emissão e impressão de NFS-e clicando aqui

Webinar 26/6

No sexta-feira, dia 26/6, faremos um webinar para explicar melhor as atualizações do nosso componente NFS-e V2. É a sua chance de aprender mais sobre as novas funcionalidades e também tirar dúvidas com a nossa equipe. 

Webinar Gratuito: NFS-e V2

Formado em Comunicação em Multimeios. Analista de Marketing da TecnoSpeed, focado em produção de conteúdos para mídias digitais.

Artigos relacionados