Tempo de Leitura: 4 minutos

Conversamos com o Fabiano Passianoto, DEV com 20 de experiência em sistema ERP, ele nos deu algumas dicas sobre programação. Confira!


Quando falamos e escrevemos sobre sistemas ERP aqui no blog, sempre valorizamos a importância na estrutura técnica por trás do código. Porém, nem sempre esse é o ponto que irá trazer o diferencial para o seu projeto.

Ter um perfil amadurecido em relação ao assunto, muitas vezes, é o que irá fazer o seu ERP ter um real diferencial para o seu cliente. E claro, não necessariamente, você precisa ter anos de experiência, um caminho mais curto é aprender com quem entende do assunto.

Fabiano Passionoto, gestor de produto da TecnoSpeed, possui experiência vasta na área de sistemas ERP. Foram mais de 18 anos se dedicando as planilhas, e por isso, chamamos ele para conversar sobre o assunto no podcast “Além do software”. 

Veja as principais dicas aqui nesse post.

A demanda vem da empresa

Um ponto fundamental para o desenvolvimento de qualquer sistema, mas, principalmente no ERP, é necessidade em entender as fases de produção de um produto. Afinal de contas, todas as etapas de construção de um produto possuem materiais e fluxos de quantidade diferente.

Um ERP, por muitas vezes, são pensados para controlar esse processos. E por isso é necessário entrar de cabeça, nos desafios do processo.

Claro, isso depende da empresa e do negócio que ela atende. Mas sempre é bom ter essa “pulga atrás da orelha” para melhorar ainda mais o sistema ERP do seu cliente.

Mas por onde começar?

A fórmula mais certeira para conseguir entrar no processo da empresa é: conversar com os funcionários. O famoso “chato” que pergunta cada detalhe dos processos, isso tem impacto positivo porque nem sempre o gestor tem uma visão geral das atividades, o resultado disso virá no ERP.

Sim, isso é um trabalho a mais. Porém, pense nos resultados e relevância que isso trará para a execução do sistema, será esse o diferencial que você entregará para o negócio do seu cliente. 

Sistema ERP é um trabalho constante

Um outro ponto importante é: um sistema ERP precisa ser atualizado, e isso deve ser passado para a empresa contratante. Portanto, o custo de produção será contínuo.

Um exemplo atual é o coronavírus, quantos sistema ERPs estavam preparados para esse momento? Certamente os donos de empresas fizeram atualizações no software por conta da pandemia. 

Além disso, o cenário de tecnologia passa por atualizações que tem relação direta com a economia e cultura. O Fabiano, por exemplo, comentou que no início da carreira dele, não havia smartphones, ou seja, todos os ERPs que programou, tiveram que passar por atualizações, para se manter competitivos.

Ou seja, o sistema ERP não para.

Lógica é tudo

Entenda a lógica de programação, só assim você conseguirá dominar o projeto por completo. 

Muitas vezes ficamos presos nas linguagens e suas particularidades. Mas, no primeiro momento, essa não é a prioridade. Um DEV com uma boa lógica, é extremamente valioso, sem contar que será muito mais fácil de se adaptar nas diferentes linguagens.

Claro, ter um conhecimento técnico e especializado na linguagem é essencial. Faz parte da otimização do processo e da construção de uma arquitetura bem definida, porém, no início, foque na lógica do sistema.

No que devo ficar ligado

Quando estamos no início da carreira, queremos aprender de tudo um pouco. Afinal de contas, ainda não identificamos por completo quais são os caminhos possíveis da nossa profissão. 

Então, desenvolvedor, use isso a seu favor! Explore cada possibilidade e converse com pessoas que entendem do assunto. Se estiver trabalhando, melhor ainda! E um ponto importante, nessas conversas tenha humildade para reconhecer que o outro pode contribuir para o seu trabalho. 

Basicamente, coloque o teórico na prática. Todo o conhecimento da faculdade, pode e deve ser aplicado no seu dia a dia no trabalho e em projetos. Na dúvida, já sabe! Dê um Google.

Além do software

A conversa com o Fabiano Passianoto foi muito importante, ela nos trouxe diversas perspectivas que mostram a relação entre programar um sistema ERP, junto com a necessidade do cliente e também, com as habilidade que nós, desenvolvedores, possuímos para programar. 

Você pode ver o programa completo no vídeo abaixo:

Gradeamento

Técnica muito importante para o desenvolvimento ERP, nós já falamos sobre ele no blog. Basicamente, é uma das formas mais eficientes para fazer cruzamentos de dados dentro do sistema. 

Ou seja, ao programar usando essa técnica, é possível prever e preparar de forma consciente e madura, as próximas atualizações.

Controle de Estoque

Muitas vezes, quando um cliente gera um demanda de ERP, ele não deixa claro a necessidade de um controle de estoque. Ou melhor, ele não enxerga a necessidade.

Muitas vezes, isso acontece porque o cliente não tem consciência dessa possibilidade. É nosso dever, como programadores, apresentar o controle de estoque como fundamental no desenvolvimento do ERP.

Já pensou seu cliente para um dia inteiro, por conta do controle de estoque? Definitivamente, isso deve ser abolido nos dias atuais.

Aqui no blog, nós já comentamos sobre os tipo de controle de estoque.

Você vende SOLUÇÕES

Quando falamos de software houses, nós não apresentamos um produto para o cliente. Mas sim, soluções!

Ou seja, precisamos nos atentar para argumentos de venda que mostram a qualidade da otimização, os impactos que isso trará para o cliente e diante disso, gerar o nosso valor para o ecossistema de negócio.

Atente-se para a solução que o seu cliente precisa (mesmo sem ele saber), esse será o seu diferencial em qualquer área da tecnologia.

Capacite sua equipe

O sistema ERP é uma área de desenvolvimento que demora para desenvolver profissionais capacitados, e, muitas vezes, é difícil direcionar pessoas para treinar quem está começando. 

Esse aspecto é um desafio, porque paralelo ao aprendizado de novos colaboradores, é necessário manter a operação funcionando. E por isso, é indicado investir em cursos.

Os cursos a distância são completos e podem ser replicados infinitas vezes para equipe. Ou seja, evita que o funcionário especializado tire a atenção dos seus projeto em andamento. No mercado existem muitos cursos que entregam valor para a sua software house, inclusive, aqui na TecnoSpeed temos o curso “ERP para programadores”, ministrado pelo Fabiano Passianoto. 

Conclusão

Gostou desenvolvedor? Sem dúvidas os 20 anos de experiência do Fabiano Passianoto tem muito para ser compartilhado conosco. Se quiser continuar se atualizando e ouvindo dicas de como desenvolver um sistema ERP de qualidade, assine a nossa news:


Localização

Tecnospeed ©  2021. Feito com ❤ pelo time Tecnospeed.