NFSe Mobile: como implementar no seu App?

Entenda passo a passo como implementar corretamente a emissão de NFSe mobile em seu app, utilizando a API PlugNotas. Leia o artigo completo!


Ao contrário da NFe de produtos, a NFSe de serviços não tem um modelo único, podendo variar de acordo com cada município. E esse é apenas um dos desafios enfrentados por desenvolvedores de soluções de NFSe mobile.

No entanto, essas barreiras podem ser transpostas com o uso de APIs, que ajudam (e muito) as software houses nesse desafio.

É importante saber que não existem grandes diferenças no desenvolvimento de uma aplicação Mobile ou Desktop que irá emitir NFSe, desde que utilize uma API Rest que se comunica via arquivo JSON.

Quer saber como implementar a nota de serviços em aplicativos mobile? Então, não deixe de ler esse artigo!

NFSe TecnoSpeed

Dificuldades na implementação da NFSe para desenvolvedores

Antes de falarmos sobre como se pode implementar a nota fiscal eletrônica de serviços, podemos indicar as dificuldades encontradas pelos desenvolvedores que não utilizam API para fazer esse serviço. Veja abaixo!

Layouts específicos

Cada prefeitura possui layouts de NFSe específicos, assim como sistemas de autorização próprios. Estes podem variar muito de cidade para cidade.

Os padrões de layout únicos têm um modo de funcionamento específico, o que exige dos programadores mais tempo para desenvolver soluções compatíveis com os modelos de comunicação de cada cidade.

Retorno do envio em casos de instabilidade

Nos casos de instabilidade nos serviços de autorização de emissão das prefeituras, os usuários das aplicações devem fazer o reenvio das solicitações até que os documentos sejam emitidos.

Isso pode gerar insatisfação por parte dos usuários, que precisam mobilizar esforços e gastar tempo para fazer requisições aos serviços das prefeituras.

Atentar para regras de negócio específicas

Ao desenvolver aplicações para NFSe, os desenvolvedores precisam se atentar para pontos fundamentais, como os códigos de tributação e o CNAE do negócio. Ou seja, é necessário configurar as aplicações de acordo com as regras específicas de cada cidade.

Adotando API para facilitar a integração da NFSe em dispositivos mobile

mão feminina mexendo em um computador em cima da mesa, ângulo lateral.

Com layout variando por cidade, a NFSe exige atenção redobrada.

Felizmente, há uma forma de evitar essas dificuldades que mencionamos no tópico anterior: contratar uma API!

“Com essa solução, pode-se fazer a integração entre o app e o serviço autorizador das prefeituras, o que evita a perda de tempo com o desenvolvimento de softwares específicos.”

Em outras palavras, a API possibilita a automatizar a emissão da NFSe mobile, haja vista que permite a comunicação direta com os sistemas municipais através de API REST de comunicando com arquivos JSON.

Assim, é possível ter uma aplicação mobile capaz de emitir NFSe dentro dos padrões exigidos, sem a necessidade de desenvolver códigos que permitam essa funcionalidade.

Evidentemente, essa solução também precisa ser pensada de forma a possibilitar o reenvio de requisições automáticas em situações de instabilidade, e a emissão de várias notas ao mesmo tempo. A API possibilita tanto a emissão de nota de serviço de acordo com as regras de cada prefeitura, quanto consultas e cancelamentos.

Essa solução é oferecida como um serviço em cloud, por empresas especializadas, como é o caso do PlugNotas, a API desenvolvida por nós da Tecnospeed.

Integrando a NFSe mobile com API na prática

Mas, afinal, como é realizada a implementação de uma API? A seguir, mostramos como é possível fazer a integração da NFSe utilizando esse recurso. Confira!

Passo 1

Os desenvolvedores precisam entender se os serviços de emissão das prefeituras podem atender diretamente às solicitações da API. No caso do PlugNotas, ele chega em mais de 1300 cidades e a todos os estados brasileiros.

Passo 2

É preciso reservar tempo na realização de testes em API REST antes de liberar o produto desenvolvido para o uso do cliente. Esses testes são executados em um ambiente homologado do portal do município.

Passo 3

Importante mapear se todas as informações requeridas pela API já estão disponíveis no aplicativo mobile, ou se já existem tratativas para isso, lembrando que existem diferenças de município para município.

Passo 4

As informações requisitadas pela API devem ter correspondência no serviço autorizador dos sites das prefeituras, para que as funcionalidades da integração funcionem corretamente.

PlugNotas: Benefícios da integração da NFSe mobile com o App 

Mãos de homem mexendo em um computador, na tela tem uma linguagem de programação. Também há dois post it grudados na tela, um laranja escrito manager o verde escrito data.

Você já pensou em integrar uma API que configura a emissão de NFSe por você?

À essa altura, você já deve ter percebido que investir em uma API pode tornar o desenvolvimento de soluções de emissão de NFSe mobile para o seu aplicativo mobile muito mais ágil e eficiente.

Para que você possa visualizar melhor os benefícios dessa solução, indicamos quais são eles abaixo. Acompanhe!

Desenvolvimento em prazos mais curtos

Ao contratar uma API, conseguimos agilizar a entrega das soluções de emissão de NFSe para seus clientes.

Isso é possível porque essa solução simplifica a tarefa das equipes de desenvolvedores.

Com a maior rapidez na entrega, pode-se aumentar o nível de satisfação dos clientes, o que facilita na hora de fidelizar.

Evita a insatisfação dos clientes nas situações em que há instabilidade

Quando há instabilidade nos sistemas das prefeituras, o PlugNotas faz novas requisições de maneira automática, até que as notas sejam emitidas.

Assim, os usuários não precisam se preocupar em fazer essas solicitações manualmente. 

Possibilita a consulta e o armazenamento das notas

O PlugNotas não possibilita somente a comunicação direta do app com os portais das prefeituras, como também, viabiliza consultas de notas fiscais já emitidas. Além disso, essa solução permite o armazenamento das notas pelo período de tempo exigido pela legislação brasileira.

“Dito de outro modo, a adoção da API facilita o gerenciamento das notas fiscais de serviço, sejam elas emitidas mediante dispositivos mobile ou por desktops.” 

Segurança na emissão de NFSe

As trocas de mensagens entre o app e os portais municipais, é feita mediante o uso de protocolos e tecnologias que visam aumentar a segurança.

De fato, com o uso de medidas como os certificados digitais e a criptografia, evita-se a interferência de terceiros na comunicação entre sistemas e a exposição de dados.

Compatibilidade

O PlugNotas é compatível com diversas linguagens de programação como: C#, Java, JavaScript, Python, PHP, Node.js, React e Delphi. 

Agilize e simplifique o desenvolvimento de soluções de emissão de NFSe com o PlugNotas

Assim, pode-se concluir que o uso de uma API agiliza a entrega de soluções eficientes de emissão de notas de serviço para o seu app, haja vista que essa tecnologia possibilita a comunicação direta entre aplicativos e portais municipais.

A Tecnospeed hoje é considerada uma referência nacional em soluções para documentos fiscais eletrônicos, inclusive fazemos parte de um grupo seleto que ajuda o governo federal no Projeto NFSe Nacional.

Ademais, o PlugNotas pode propiciar uma maior satisfação dos clientes, pois agilizam não somente as emissões de NFSe por dispositivos mobile, como reduz consideravelmente o tempo de desenvolvimento, alavancando a produtividade da equipe de desenvolvedores.

E aí? O que achou do conteúdo? Para saber mais sobre o PlugNotas clique no botão aqui embaixo.

Conheça agora o PlugNotas

Formado em Marketing. Redator do Grupo TecnoSpeed. Escreve artigos e conteúdos para TecnoSpeed DF-e, Certificados Digitais e WiFire.

Artigos relacionados