Tempo de Leitura: 4 minutos

Pensando em como vai ficar o seu planejamento de negócio depois de tantas mudanças? O ano de 2020 nos impôs uma nova realidade. Descubra o melhor planejamento de negócio dentro da realidade 2021 apresentado na TecnoUpdate.


Rogério Martins é Mentor de Gestão e Inovação na Endeavor. Ele foi convidado à TecnoUpdate para tratar sobre planejamento no cenário que surgiu a partir de 2020. Confira suas dicas para fazer um planejamento eficaz para seu negócio em 2021.

Planejamento de negócio anual: como começar?

Uma boa dica para começar o planejamento de seu negócio para 2021 é dividir algumas perspectivas sobre a situação. É preciso fazer planos embasados em conhecimento tanto técnico quanto empírico. Além disso, é importante conhecer as oportunidades e desafios impostos a partir de agora e que estarão presentes em 2021.

Há ainda a necessidade de cuidados especiais gerados pela pandemia. Com esse novo cenário, é preciso estar atento especialmente para entender as novas oportunidades e também os novos desafios.

A partir de agora, muitos desafios trazidos pela pandemia vão perdurar. Tanto questões como insegurança, quanto a intensificação do uso de meios digitais que não vão desaparecer ainda que os efeitos da pandemia tivessem passado.

Por isso, um bom planejamento deve seguir etapas bem definidas, elaboradas e que sejam compatíveis com os objetivos de longo prazo da empresa. Confira abaixo as etapas para um bom planejamento de negócio, seja qual for o cenário em que sua empresa esteja.

Etapas fundamentais para um bom planejamento 

Mesmo com o novo cenário, é possível seguir algumas etapas de planejamento que já eram conhecidas no meio de administração. Contudo, muitos novos fatores e dinâmicas se mostraram presentes, e eles devem ser levados em consideração. Veja as etapas fundamentais do planejamento:

  1. Reservar um tempo para refletir sobre os aprendizados. Ao fazer o planejamento para 2021, comece fazendo uma retrospectiva dos sucessos e insucessos que sua empresa obteve. Os acertos não ocorrem por acaso, por isso é necessário aprender com os padrões que dão certo. Além disso, todos conhecem a máxima sobre aprender com os erros, mas poucos a aplicam. Identifique onde os insucessos obtidos ocorreram e como, para se repensar nos processos e aprender de fato com eles.
  2. Definir os objetivos. Depois de aprender com o passado, é preciso saber aonde se quer chegar. O processo de olhar para trás é importante para que não se defina objetivos e métodos iguais aos anteriores, cometendo os mesmos erros. Assim, deve-se estabelecer objetivos claros e baseados no conhecimento aprendido. Além disso, os objetivos devem ser desafiadores, pois tendemos a estabelecer atividades similares e que não miram mais alto. Também é fundamental garantir que existe uma conexão consistente entre seus objetivos do planejamento anual com sua estratégia de longo prazo. 
  3. Entender a realidade que se encontrará e considerá-la para a execução do plano. Nessa fase é que se considera o contexto a partir da pandemia. Identificar todas as possíveis oportunidades e desafios, além de todas as dimensões que podem afetar o seu negócio é o básico dessa etapa. Todas as variáveis devem ser levantadas, como por exemplo:
  • Consumidores – inclusive novos comportamentos, medos e novas oportunidades
  • Concorrentes – não apenas comportamento, como também oportunidades de parceria e cooperação
  • Fornecedores – nova realidade a partir de 2021
  • Regulamentações – o que mudou e o que pode mudar
  • Tecnologias – como se manter atualizado e o que é melhor para a sua empresa

É preciso considerar a situação de incerteza que pode perdurar mesmo depois de 2020 e suas mudanças, tendo sempre planos alternativos inclusive para possíveis mudanças conjunturais.

  1. Escolher possíveis caminhos e priorizar os que te levarão com  maior eficiência. Depois de consideradas todas as dimensões que possam afetar o seu negócio, é preciso estabelecer 3 ou 4 caminhos que te levem mais eficazmente ao objetivo desejado. Além de os objetivos serem claros, os caminhos devem ser viáveis tanto em termos de tecnologia, quanto de recursos e de realidade. 
  2. Estabelecer um plano de ação detalhado, com responsabilidades e atividades detalhadas. O plano de ação será seu guia ao longo de todo o ano. Ele deve deixar claro quais são as atividades e quem são os responsáveis por elas. Dessa forma, é possível enxergar os objetivos dentro do próprio plano. Quando os colaboradores tiverem contato com o plano, saberão o que estão incumbidos de fazer e o porquê, facilitando não apenas a execução, mas também a motivação e o controle de resultados de seu plano anual.

Novas realidades a serem consideradas em seu planejamento

  • Economia de baixo contato
  • Go Digital
  • Conexões remotas (inclusive regime de trabalho home office)
  • Necessidade e oportunidade de parcerias e cooperação, inclusive entre concorrentes
  • Insegurança física e emocional
  • Desespero dos concorrentes e de clientes
  • Escassez de produtos e recursos

Não esqueça que os aprendizados de 2020, objetivos e desafios e oportunidades serão considerados nos possíveis caminhos ou áreas a serem traçados para 2021. Normalmente, esse trabalho de retrospectiva e prospecção pode ser feito por meio de workshops.

Para descobrir  os “COMOs” de seu planejamento para 2021, mantenha sempre a perspectiva de Sucesso do cliente. O sucesso da organização é importante, mas o Sucesso do Cliente é fundamental.

Escolha 3 ou 4 áreas ou caminhos das possibilidades levantadas para seguir. Dê preferência àqueles que entregam de forma mais efetiva seus objetivos, ou seja, o impacto que causa. Quanto esse caminho ajuda você a chegar aonde quer? E qual é a viabilidade desse caminho? Há as ferramentas e recursos necessários?

Estabeleça um plano claro de ações, com clareza de responsabilidade e que toda a organização seja comunicada e entenda o porquê e a visão estratégica dessa escolha de plano de ações.

O plano claro com estabelecimento de responsabilidades é importante para acompanhar a execução do plano durante o ano. O plano é um caminho detalhado de ações. O acompanhamento da execução desse plano serve para remover barreiras, ajustar ações, e dar a prioridade adequada para a iniciativa, tornando o alcance de objetivos possível. A entrega do plano deve estar associada à avaliação de desempenho e ao programa de reconhecimento e recompensa da empresa, caso exista.

Assim, há etapas fundamentais para fazer seu plano de negócio que tornam a sua trajetória mais fácil. Quer mais informações relevantes como essa, dicas relacionadas a tecnologia e boas práticas de mercado? Assine a nossa newsletter agora mesmo para mais artigos como esse.


Summary
Planejamento de negócio anual: como começar?
Article Name
Planejamento de negócio anual: como começar?
Description
Uma boa dica para começar o planejamento de seu negócio para 2021 é dividir algumas perspectivas sobre a situação. É preciso fazer planos embasados em conhecimento tanto técnico quanto empírico. Além disso, é importante conhecer as oportunidades e desafios impostos a partir de agora e que estarão presentes em 2021. Há ainda a necessidade de cuidados especiais gerados pela pandemia. Com esse novo cenário, é preciso estar atento especialmente para entender as novas oportunidades e também os novos desafios. A partir de agora, muitos desafios trazidos pela pandemia vão perdurar. Tanto questões como insegurança, quanto a intensificação do uso de meios digitais que não vão desaparecer ainda que os efeitos da pandemia tivessem passado. Por isso, um bom planejamento deve seguir etapas bem definidas, elaboradas e que sejam compatíveis com os objetivos de longo prazo da empresa. Confira abaixo as etapas para um bom planejamento de negócio, seja qual for o cenário em que sua empresa esteja.
Author
Publisher Name
TecnoSpeed
Publisher Logo

Localização

Tecnospeed ©  2021. Feito com ❤ pelo time Tecnospeed.