Tempo de Leitura: 5 minutos

Esclareça essa e outras dúvidas sobre os tipos de investimento financeiro que podem mudar sua relação com o dinheiro.


Nos últimos anos, o mercado dos investimentos teve um boom no Brasil. Todo esse sucesso tem um motivo: a possibilidade de “ganhar” um dinheiro extra sem trabalhar. Mas será que é bem assim? 

Nesse artigo, vamos te explicar exatamente o que são os investimentos financeiros e também seus principais tipos. Bateu a curiosidade? Então é só continuar a leitura!

O que é investimento financeiro?

O conceito de investimento financeiro é super amplo e dentro dele cabem várias possibilidades. Investir financeiramente significa depositar dinheiro em algo que pode trazer rendimentos financeiros no futuro.

Algo bastante comum é a confusão entre investir e poupar. Quando você poupa dinheiro, ou seja, guarda dinheiro, você está destinando parte de seus ganhos para uma reserva, seja para comprar alguma coisa ou simplesmente para ter um fundo de emergência.

Quando você investe dinheiro, você o coloca para trabalhar para você. Nós sabemos que pode parecer uma forma estranha de falar, mas é mais ou menos isso que acontece na prática. Os investimentos têm retornos, então você não mantém a quantia que investiu, ela sempre irá aumentar.

Por que investir?

Entenda o tipo de investimento em renda fixa no blog da TecnoSpeed.
Convenhamos, motivos não faltam para começar a investir. | Imagem: Pexels.

E por que não investir? Mesmo os investimentos que não são tão lucrativos podem te retornar algum rendimento.

Investir também é importante pensando em imprevistos financeiros. Se um dia você se encontrar em uma situação de emergência (temos até o exemplo real da pandemia), você não estará totalmente desamparado.

E a razão óbvia para você investir é ganhar mais dinheiro. Quer motivo melhor que esse?

Quais os melhores tipos de investimento?

Essa é uma pergunta difícil que não tem a mesma resposta para todas as pessoas. Tudo vai depender, entre outras coisas, de qual é o seu perfil de investidor. Como assim? Nós vamos te explicar sobre os principais perfis de investidor:

Conservador

Os investidores conservadores têm baixa tolerância a riscos. São aquelas pessoas que preferem a estabilidade e querem ter a certeza de que o dinheiro estará seguro.

Os rendimentos para esse perfil costumam ser menores e poder ser resgatados a curto ou médio prazo.

Moderado

Como o próprio nome sugere, o investidor moderado aposta em investimentos que têm mais riscos, mas esses riscos são controlados. Quem se enquadra nesse perfil topa experimentar cenários mais arrojados, mas ainda tem um certo receio.

Os rendimentos costumam ser maiores que dos investidores conservadores, mas também apresentam mais riscos. Ele pode inclusive combinar investimentos conservadores com investimentos arrojados.

Agressivo ou arrojado

Esses investidores preferem apostar nas chances de ganhar mais dinheiro, mas o risco também é maior. O investidor de perfil arrojado aceita os riscos, desde que eles sejam compensados no futuro.

Ações na bolsa e investimentos em criptomoedas, que costumam ter alta volatilidade, são os tipos de investimento mais comuns das pessoas com esse perfil.

Basicamente, quanto mais alto o risco de um investimento, maiores os índices de rentabilidade também. 

Quais são os tipos de aplicação financeira?

Basicamente, as aplicações financeiras se dividem em dois grupos: as aplicações de renda fixa e as aplicações de renda variável. Mas o que exatamente isso significa? Nós vamos te explicar.

Renda fixa

Por que a renda variável atrai tantas pessoas entre os tipos de investimento? Veja o porque nesse artigo.
A renda fixa é investimento mais seguro que você irá encontrar, porém, é o que costuma render menos. | Imagem: Pexels.

O investimento de renda fixa, como o próprio nome sugere, tem uma rentabilidade estabelecida, que já é fixada. Ele acompanha parâmetros já existentes, como é o caso da Taxa Selic. Dentro dos investimentos de renda fixa, existem várias opções para você investir. Veja algumas delas:

CDB

É um título privado emitido pelos bancos. É como se você fizesse um empréstimo ao banco e ele te pagasse o valor dos juros. A taxa pode ser prefixada, pós-fixada ou híbrida, que é quando se combina a rentabilidade fixa com a pós-fixada.

O CBD é um investimento seguro, ótimo para perfis conservadores, já que ele conta com um fundo garantidor que paga até R$ 250 mil em casos de falência bancária.

LCI/LCA

Esses títulos são oriundos de iniciativas privadas para financiar setores da economia. O LCI financia projetos do setor imobiliário e o LCA do setor do agronegócio.

O funcionamento é bem similar aos CDBs, com o mesmo esquema de taxas e a garantia do Fundo Garantidor de Créditos (FGC).

Tesouro Direto

Esse talvez seja o tipo de investimento mais conhecido que existe. O Tesouro Direto é um programa de venda de títulos públicos que serve para arrecadar fundos para as contas da União. Sua rentabilidade pode variar de acordo com a taxa Selic, com o IPCA ou ser fixada.

Especialistas no assunto apontam que esse é o tipo de investimento mais seguro do mercado, já que ele tem liquidez diária e uma estabilidade já bastante conhecida no âmbito financeiro.

Renda variável

Entenda porque investir é uma ótima alternativa, confira no blog da TecnoSpeed.
Apesar de arriscada, a renda variável permite altos ganhos. | Imagem: Pexels.

Se você tem perfil agressivo, a renda variável pode te interessar. Confira alguns exemplos de investimentos para esse cenário:

Ações

Esse tipo de investimento diz respeito à Bolsa de Valores. É como se você comprasse uma pequena fração de uma empresa, se tornando um acionista. Os rendimentos virão de acordo com a dinâmica e a movimentação dessa empresa no mercado.

Ela é variável porque não há como prever o desempenho dessas empresas, já que isso depende de fatores externos.

Nem todo investidor opera da mesma forma dentro do mercado de ações. Pode-se operar de algumas maneiras e as mais conhecidas são o Day Trade, o Swing Trade e o Fundamentalismo. 

No Day Trade, o investidor compra e vende papéis no mesmo dia. O Swing Trade aumenta esse prazo para, em média, 6 dias. Já o Fundamentalismo opera de forma mais racional e centrada. Dessa forma, os investidores fazem análises mais profundas a fim de movimentarem seus ativos de forma mais certeira.

Fundos multimercado

Os fundos multimercado envolvem uma variedade de fatores de riscos. Ele reúne recursos que serão aplicados de uma só vez no mercado financeiro e pode mesclar outros tipos de investimento em uma só carteira.

É um dos tipos de investimento que dá mais liberdade, mas é preciso ter tempo e disposição para gerir todos os ativos.

Fundos de ações

Os fundos de ações funcionam de forma semelhante aos fundos multimercados, mas eles usam somente o dinheiro investido em ações. É um dos tipos de investimento mais complexo e que exige muito conhecimento e habilidade, por isso é recomendado que um profissional tome conta dessa carteira.

Para ter sucesso no mercado financeiro, é preciso estudar muito e passar muitas horas se informando sobre esse universo que sofre constantes mudanças. Temos certeza que a partir de hoje você verá o mundo dos investimentos com outros olhos.

Pronto para investir?

Agora queremos saber, qual é o seu perfil de investidor? Deixe aqui nos comentários e não se esqueça, analise as suas possibilidades para fazer o seu dinheiro render da melhor maneira possível!


Summary
O que é investimento financeiro?
Article Name
O que é investimento financeiro?
Description
O conceito de investimento financeiro é super amplo e dentro dele cabem várias possibilidades. Investir financeiramente significa depositar dinheiro em algo que pode trazer rendimentos financeiros no futuro. Algo bastante comum é a confusão entre investir e poupar. Quando você poupa dinheiro, ou seja, guarda dinheiro, você está destinando parte de seus ganhos para uma reserva, seja para comprar alguma coisa ou simplesmente para ter um fundo de emergência.
Author
Publisher Name
TecnoSpeed
Publisher Logo

Localização

Tecnospeed ©  2021. Feito com ❤ pelo time Tecnospeed.