Os principais desafios na hora de programar um ERP

Como programar um ERP? Saiba os desafios de desenvolver um sistema como esse e como saná-los com a TecnoSpeed!


O mercado brasileiro está cada vez mais adotando sistemas inteligentes para tratar de questões empresariais. Antes, quando tudo era feito à mão e sem o auxílio das máquinas, muitos erros aconteciam, trazendo prejuízos aos empresários. Mas agora, você, desenvolvedor, pode programar um ERP e trazer a mudança para esse negócio!

Por isso, discutiremos um pouco sobre o que é esse sistema e os desafios de programar um ERP. Em meio a isso não poderíamos deixar de pautar sobre a importância dessa gestão empresarial e como é fundamental a parceria entre setores para que o desenvolvedor crie um software adequado para a empresa.

Continue aqui e acompanhe o nosso artigo! Boa leitura.

O que é ERP?

Para início de conversa precisamos entender, definitivamente, o que é ERP. Derivado da expressão em inglês Enterprise Resource Planning, essa é uma tecnologia criada para a gestão empresarial e criação de sistemas que trabalhem com esses cuidados que envolvem negócios.

Diferente de qualquer outro sistema, que funciona como um blog, e-commerce ou afim, o ERP é completamente desenvolvido e voltado para questões empresariais, de processos que envolvam esse ramo e que competem somente a ele. A emissão de documentos fiscais, por exemplo, é uma delimitação para esse mercado.

Por isso, para você, desenvolvedor, que está pensando em trabalhar com esse tipo de sistema, tenha em mente que são necessários conhecimentos que vão além da programação propriamente dita. Questões burocráticas, que envolvem regimentos contábeis, também são fundamentais para profissionais desse ramo, sendo você responsável por adquirir essas informações e colocá-las em funcionamento no software.

Quais os desafios para programar um ERP?

Em meio a isso surgem os desafios para programar um ERP. Como já falamos, desenvolver um sistema sempre exige especialidades, sejam estas para profissionais que trabalham com e-commerce, blogs ou afins. O programador que quer iniciar ou está dentro do ramo de gestão empresarial precisa entender sobre o assunto, principalmente sobre os parâmetros legais.

Não se pode, por exemplo, criar uma emissão de documentos fiscais sem saber as legislações tributárias que regem esse sistema. Para cada estado, local e até mesmo tipo de produto existe uma exigência, sendo de total responsabilidade desse desenvolvedor. Portanto, os principais desafios começam em:

Ter um profissional especializado

É fundamental que haja um profissional especializado na área. Para que tudo seja feito corretamente e que o empresário não sofra problemas devido à falta de algum procedimento, esse programador precisa entender sobre o que é DANFe, entre outros processos que ocorrem nessas empresas.

Sem isso, a gestão da empresa não ocorre da maneira adequada, sendo até mesmo melhor manter métodos antiquados, mas com pessoas especialistas no assunto, como contadores, administradores e outros profissionais da área.

Integração de funcionalidades

A integração dessas funcionalidades é outro ponto-chave e um desafio na hora de programar um ERP. Mesmo que esse profissional entenda os conceitos contábeis e administradores, ele precisa também saber implementar esse sistema, como acontecem com os especialistas de lojas virtuais e o software que realiza a venda via internet.

Um desenvolvedor que não consegue instalar uma API de emissão de documentos fiscais, por exemplo, não consegue entregar o serviço completo, mostrando que esse sistema não será eficiente ao empresário e que falta conhecimento na área em questão.

A importância de informações na área

Por meio dessas análises entendemos que é muito importante a informação na área contábil e administrativa. Para programar um ERP é preciso, sim, conhecimentos sobre desenvolvimento, linguagens que criam sistemas online e offline, entre outros métodos. Porém, saber as regras tributárias é o ponto chave, já que ele é fundamental para o funcionamento de qualquer sistema.

Para você, desenvolvedor, que não possui entendimento o suficiente nessa área e está a fim de começar a entender mais sobre o assunto, separamos duas dicas infalíveis, que podem te ajudar na hora de programar um ERP.

Cursos de tributação para desenvolvedores

Em primeira instância, os cursos de tributação para desenvolvedores é a melhor opção, já que está não somente trabalhando com os conceitos tributários, mas também com a persona que trabalha no ramo de programação e que precisa entender sobre esse assunto para colocar um sistema em funcionamento.

A TecnoSpeed criou um projeto bastante atrativo, voltado para tirar as dúvidas fiscais dos programadores. A comunidade DFe está com inscrições abertas e você pode participar dessa série sobre tributação com especialistas na área!

Parceria entre contador e programador

Porém, caso você queira complementar ainda mais o seu desenvolvimento, ao programar um ERP é possível também realizar uma parceria com um contador e utilizar dos conhecimentos dele para criar esse sistema e transformá-lo em uma verdadeira ferramenta de gestão empresarial ao seu cliente.

É importante salientar, contudo, que mesmo que você, desenvolver, tenha esse auxílio, o conhecimento próprio é fundamental, sendo necessário saber pelo menos um pouco sobre os procedimentos fiscais e como eles funcionam para o empresário que contrata o seu produto.

Conclusão

Até aqui, então, entendemos que para programar um ERP o desenvolvedor precisa conhecer elementos básicos que envolvam conceitos de tributação e emissões fiscais. Para isso é necessário estudo e, talvez, o auxílio de um profissional da área, como um contador, administrador ou outro especialista.

Se você quer trabalhar com isso por conta própria, existem cursos que ensinam esse tipo de conteúdo, como a Comunidade DFe, oferecido pela TecnoSpeed. Aqui você encontra as informações necessárias para o desenvolvimento desse tipo de sistema, além de conversas com especialistas na área!

Conheça o curso de ERP para programdores

 

Formado em Comunicação em Multimeios. Analista de Marketing da TecnoSpeed, focado em produção de conteúdos para mídias digitais.

Artigos relacionados