Tempo de Leitura: 4 minutos

Já parou para pensar em como as ideias estão conectadas com a tecnologia? Neste post a gente te mostra isso e como direcioná-las da melhor forma.


Quanto vale uma boa ideia? Se você nunca parou para pensar sobre isso, desenvolvedor, aqui vai o nosso convite. O que de fato faz com que uma ideia seja valiosa dentro do contexto da tecnologia?

É claro que essa resposta é relativa e pode depender de diversos fatores, mas a verdade é que as melhores ideias são aquelas que são colocadas em prática, não é mesmo? Pois, só assim ela se torna algo concreto e útil para o mundo e as pessoas.

Mas, vamos bater um papo e nos aprofundar um pouco melhor sobre esse mundo das ideias na tecnologia? Trouxemos dicas certeiras para você tirar as suas do papel, validá-las e levar sua Software House ou negócio mais longe com elas.

Ideias na tecnologia: o que isso significa?

As ideias na tecnologia, assim como em qualquer outro segmento ou contexto, são o pontapé para realizar qualquer tipo de mudança, melhoria ou inovação. Isso significa que elas são a essência de basicamente tudo o que existe neste meio.

Mas é interessante lembrarmos que uma ideia por si só não é a solução para qualquer demanda, ela precisa ser boa, adequada ao contexto e recursos disponíveis e, claro, executável.

Ela também pode ter um valor relativo, dependendo do background de quem as analisa, dos dados que estão na mesa (internos e externos, do passado, do presente e as previsões do futuro) e os objetivos finais que elas visam alcançar.

Como inovar em um ambiente de inovação?

Na hora de colocar suas ideias em prática, existem diversos questionamentos que surgem e realmente precisam ser feitos, como: “Será que é o momento correto para aplicar essa ideia?”, “Isso ou algo parecido já foi realizado por alguém?”, “O que preciso para colocar essa ideia em prática?”, “Tenho recurso para isso?”, “Envolver mais alguém seria interessante?” e “Como vou validar a ideia?”.

Só assim você tomará as decisões certas para tocar o seu projeto. Além disso, é preciso estar sempre atento à inovação, pois é ela que te manterá à frente da sua concorrência, independente do tamanho do seu negócio ou segmento de atuação.

E a melhor forma de inovar em um ambiente de inovação é integrando essa prática como parte da sua cultura organizacional e entendo que esse processo não encontra-se somente nos projetos grandes, mas a cada ferramenta e pequena evolução que for implementada.

Dicas

Veja algumas dicas par tornar a sua Software House mais inovadora!
Capacitar o seu time também faz com que a sua empresa seja mais inovadora. | Imagem: Unsplash.

Gostaria de tornar o seu negócio uma organização mais voltada à inovação? Aqui vão algumas dicas para cultivar e dar vida à cultura da inovação dentro da sua Software House ou negócio de tecnologia:

Horizontalizar as relações

É claro que uma empresa precisa de uma certa hierarquia para manter a ordem organizacional e os processos de gestão empresarial, porém, quando o assunto é inovação, é preciso dissolver essa estrutura de pirâmide e, de alguma forma, estabelecer um ambiente seguro, igualitário e aberto para todos contribuírem com ideias.

Assim, a inovação não vai acontecer apenas nos momentos de brainstorming, mas também no dia a dia, de forma natural e fluida, o que com certeza fará seu negócio ir mais longe!

Capacitar o seu time

Inovação e tecnologia andam lado a lado, ainda mais considerando a era digital em que vivemos. Porém, como você bem sabe, acompanhar as tendências e mudanças que surgem neste universo é sempre um desafio.

Para que a cultura de inovação seja ainda mais forte, rica e eficaz na sua Software House, invista na capacitação e atualização das competências da sua equipe. Assim eles estarão sempre afiados e motivados a contribuir com ideias e ajudar a aplicá-las.

Apostar em metodologias ágeis

Outro match perfeito com a inovação são as metodologias ágeis, que nasceram e são muito bem estabelecidas dentro da tecnologia. Elas otimizam processos e também criam um ambiente rico para a inovação. Design thinking, design sprint, scrum… elas te ajudarão a criar mais, melhor e mais rápido!

Se você já as utiliza por aí, procure pensar em formas de incentivar ainda mais a criatividade, colaboração e inovação através delas. Agora, se você ainda não tem o agile na sua realidade empresarial, vale a pena conhecer e começar a inovar implementando-o. 

A minha ideia é boa?

Vem entender se a sua ideia é boa!
Saber em qual ideia investir é fundamental para não perder tempo e dinheiro. | Imagem: Unsplash.

Já falamos sobre como inovar e incentivar a geração de ideias na tecnologia, mas como saber em qual ideia investir?

Dados como base

Uma boa ideia tem sempre um fundamento, um porquê e dados por trás – nada de achismo! Não basta simplesmente ser legal ou solucionar o problema, é preciso fazer isso da forma mais coerente possível, combinando pesquisas, análises e senso de inovação. Assim é possível dar origem a uma ideia mais forte e viável.

De olho nas projeções

Outra característica das boas ideias está ligada à escalabilidade e inovatividade que elas apresentam. Afinal, uma ideia que é capaz de se conectar ou até mesmo romper com as tendências do mercado e ainda evoluir junto com ele apresenta um potencial que não pode ser desperdiçado e vale o investimento. 

Saindo da sua bolha com o SpeedLab

Por fim, uma excelente maneira de validar suas ideias é contando com parceiros externos, que serão capazes de ponderar os aspectos do projeto de forma imparcial e, muitas vezes, colaborar com pontos de vista e sugestões que você provavelmente não alcançaria trabalhando apenas no seu contexto interno.

Aqui na TecnoSpeed, por exemplo, nós temos o SpeedLab, um laboratório de inovação que  é um validador de soluções perfeito para Software Houses. Com o SpeedLab, todo mundo sai ganhando, mas principalmente a sua ideia e os seus clientes!

Temos ampla experiência e autoridade no mercado de software, mão de obra especializada para desenvolver seus projetos e espaço para uma colaboração em formato de coworking e/ou Open Innovation.

Saiba mais sobre o SpeedLab!

Venha já tirar projetos do papel e contribuir por um meio tech mais cheio de ideias e inovador junto com a gente! 

Summary
Ideias na tecnologia: o que isso significa?
Article Name
Ideias na tecnologia: o que isso significa?
Description
As ideias na tecnologia, assim como em qualquer outro segmento ou contexto, são o pontapé para realizar qualquer tipo de mudança, melhoria ou inovação. Isso significa que elas são a essência de basicamente tudo o que existe neste meio. Mas é interessante lembrarmos que uma ideia por si só não é a solução para qualquer demanda, ela precisa ser boa, adequada ao contexto e recursos disponíveis e, claro, executável. Ela também pode ter um valor relativo, dependendo do background de quem as analisa, dos dados que estão na mesa (internos e externos, do passado, do presente e as previsões do futuro) e os objetivos finais que elas visam alcançar.
Author
Publisher Name
TecnoSpeed
Publisher Logo
1 ComentárioFechar comentários

Deixe um comentário

Localização

Tecnospeed ©  2022. Feito com ❤ pelo time Tecnospeed.