Saindo da Caixa: O segredo de um dos Mentores da Endeavor para inovar na crise

Está perdido sobre como tomar decisões em momentos de crise? Separamos um material especial que irá te ajudar a inovar na crise. Confira!


Estamos passando por um momento de crise. A afirmação assusta, porém, não podemos negá-la, somente assim conseguiremos inovar. 

A frase é dita pelo Rogério Martins – Mentor de Gestão e Inovação pela Endeavor. E hoje, vamos conversar sobre a mentoria ministrada por ele no projeto Software House de Sucesso da TecnoSpeed.

O bate papo foi realizado com o objetivo de capacitar as software houses participantes do programa SHS. Demos os primeiros passos para identificar o cenário que estamos vivendo e, a partir disso, articular estratégias para inovar na crise.  

Nos próximos tópicos você terá acesso a esse material, veja:

Aprenda sobre o trabalho home office, participe do programa Software House de Sucesso

Reconheça o cenário para inovar na crise

Apesar de muitos acreditarem que a crise mundial não existe, precisamos ser coerentes e analisar todos os impactos que a COVID-19 trouxe para os países em que há ocorrência de casos.

Ter contato com colunas de economia e até mesmo podcasts, são formas de criarmos consciência da magnitude dos fatos que estão acontecendo ao nosso redor. Claro, essa afirmação não é para gerar pânico, muito pelo contrário!

Segundo Rogério Martins, o primeiro passo para alcançar resultados e sair de uma situação de dificuldade, é perceber que o problema existe. Nega-lo, é um caminho perigoso que pode nos fazer perder tempo (e foco).

Por isso, antes de começar inovar na crise, é necessário estar consciente da realidade a sua volta. 

Feito isso, uma outra pergunta frequente é: como conseguirei reagir? Confira logo abaixo.

Como eu reajo na crise?

Durante o processo de gestão e tomada de decisão, precisamos entender uma fator muito importante nesse contexto: você.

Pode parecer uma saída tranquila, afinal de contas, estamos falando de auto-conhecimento. Esse pensamento é perigoso, muitas vezes temos reações na qual não temos consciência. 

Rogério Martins nos apresentou três perfis dominantes que costumam aparecer nos empreendedores em momentos de crise, vamos ver se você se identifica com algum?

Otimismo ingênuo

O primeiro perfil que iremos falar é o otimista ingênuo. Aquela pessoa que sabe da existência de uma crise, mas acredita que logo irá passar e por isso, aguarda passivamente a melhora econômica.

Esse perfil é extremamente perigoso, ele pode levar o empreendedor a tomar decisões precipitadas porque não pensou no problema previamente. Mesmo entendendo que havia a possibilidade de impactos negativos no seu negócio.


 Você não pode confundir a fé com um final vitorioso, é necessário ter disciplina para confrontar os fatos mais brutais da sua realidade, seja ela qual for” – Paradoxo do Stockdale.


 

Vitimização congelante

O perfil mais comum entre os gestores, o vitimizador congelante. A pessoa que tem a tendência em negar o seu papel dentro da crise, atribuindo a responsabilidade para terceiros.

Passar por esse momento é perfeitamente normal, porém, se basear em fatores externos para justificar dificuldades, certamente não resolverá o problema.

Essa postura impossibilita a análise interna da situação, podendo provocar um medo paralisante. Inovar na crise, para esse perfil gera medo, tornando a dificuldade em agir ainda maior. 

Protagonismo Resiliente 

É o empreendedor que identifica os fatores externos e internos que influenciam nos resultados, e a partir disso, define suas ações.

Para ele, inovar na crise é fundamental. Assume a responsabilidade da ação, e justamente por isso, consegue trazer o real cenário para o seu negócio focando em soluções.

Possui uma característica muito importante: consciência dos caminhos diferentes, e que pode errar algumas vezes durante o trajeto.

Atitude de empreendedor e líder no negócio, o protagonista resiliente AGE.

veja cinco caminhos fundamentais para inovar na crise

Aprofundando ainda mais na inovação

Conseguiu identificar o seu perfil?  Para acrescentar ao seu conhecimento, trouxemos um trecho da consultoria dada pelo Rogério Martins no Software House de Sucesso da TecnoSpeed.

Além do que conversamos ao longo do texto, você também irá ver alguns exemplos que mostram como inovar na crise. Assista:

 

O que é o Software House de Sucesso?

Conhece no mercado uma forma de você, empresário, se capacitar para elevar o nível de gestão da sua empresa e trilhar caminho para o sucesso do seu negócio?

O Software House de Sucesso é um programa para Empresários e gestores de Software, que leva sua empresa para outro nível de gestão do negócio e consequentemente, novos níveis de faturamento e escala.

Conheça o SHS

E como isso funciona?

O Software House de Sucesso é um ambiente único, onde os empresários recebem o conhecimento em áreas como Customer Success, Inside Sales, Marketing Digital, Gestão da Recorrência, Recursos Humanos, entre outros assuntos que são essenciais para as Software Houses, todo embasado na experiência da Tecnospeed, de sua rede e de anos de prática. 

Sabemos que o conhecimento não é suficiente, por isso temos uma rede de mais de 100 empresas que são parte do Programa para  troca de experiência, benchmarking, parcerias e debates de ideias. Além disso, trazemos frequentemente grandes empresas como SalesForce, Amazon, Resultados Digitais, Endeavor e outras para mentorar e dar suporte aos empresários.

Mas ainda não acabou! Nós abrimos a nossa casa e a Diretoria Executiva da Tecnospeed também pode te apoiar em decisões estratégicas, em encontros presenciais onde levamos os empresários até a sede da Tecnospeed. 

Ps. A formação não é restrita apenas aos proprietários da empresa, é possível que os líderes e gestores da Software House inscrita também participem da formação;

Você acredita que a Tecnospeed pode ajudar a sua empresa a chegar em novos níveis?

Se a resposta for sim, acesse e conheça o Programa Software House de Sucesso.

Formado em Comunicação em Multimeios. Analista de Marketing da TecnoSpeed, focado em produção de conteúdos para mídias digitais.

Artigos relacionados