Biometria Digital: o que é e como ela pode impactar o seu negócio

A biometria digital oferece diversas vantagens para empresas, independente do tamanho ou segmento. Saiba como a sua software house pode se beneficiar com isso.


Talvez você não tenha pensado sobre isso ainda, mas a biometria digital realmente ganhou espaço nos últimos anos e dominou ainda mais processos do dia a dia, como é o caso da ferramenta de desbloqueio dos celulares através da digital e das urnas eleitorais e caixas eletrônicos.

No âmbito dos negócios, isso não foi diferente. Há tempos a biometria é utilizada como meio de autenticação da presença e frequência de colaboradores, mas essa tecnologia também ganhou inúmeras outras funcionalidades para as empresas, sabia?

A digitalização de processos administrativos já era uma tendência para a área de gestão de forma geral, porém o contexto da pandemia acelerou (e muito!) esse desenvolvimento, e a biometria e os certificados digitais têm tudo a ver com isso. Quer entender por quê? Então continue com a gente!

O que é biometria digital?

Se formos pela origem da palavra, biometria quer dizer medição (metria) da vida (bio). Agora falando de forma prática, a biometria digital é uma tecnologia de reconhecimento que utiliza um sistema eletrônico e informações biológicas de indivíduos e se baseia em três princípios: captura, extração e comparação.

Ou seja, para que um sistema de biometria digital funcione é preciso primeiro coletar os dados biométricos dos indivíduos; depois, é necessário armazená-los no sistema, traduzindo-o e criando um padrão, e esse processo é o que chamamos extração; por fim, a biometria precisa ser colhida a cada vez que a autenticação precisar ser feita e esta acontece por comparação do dado atual com o dado padrão armazenado no sistema.

Apesar de hoje ser tecnológica, a biometria como meio de identificação em si não é um conceito novo, sua primeira utilização data da pré-história. Sua principal vantagem é a segurança e confiabilidade que oferece à autenticação, evitando fraudes devido à baixa taxa de alteração destes dados.

Tipos de biometria

A biometria pode ser colhida através de diversos dados únicos dos indivíduos. Os principais são:

  • Leitura de impressão digital: o mais popular e acessível tipo de biometria, a impressão digital é confiável e muito eficiente, não à toa que está presente nos smartphones, caixas eletrônicos, cartões-ponto, autoescolas, passaportes, urnas eleitorais e muitos outros sistemas que dependem de uma identificação.
  • Reconhecimento facial: esse sistema também é utilizado por alguns celulares e funciona com uma espécie de mapeamento do rosto, porém ele é menos confiável, pois o rosto pode ser modificado de diversas formas.
  • Reconhecimento de voz ou fala: o tipo de identificação utilizado pelas assistentes virtuais como a Alexa e a Siri. Possui baixo custo, mas pode ser afetada por ruídos ou alterações na voz.
  • Leitura de retina ou íris: um dos tipos mais confiáveis de identificação, pois são informações imutáveis ao longo dos anos, mas também possui um maior custo.

E além desses, ainda existem vários outros métodos menos comuns, como geometria das mãos, leitura das veias e reconhecimento da digitação.

Onde a biometria digital é utilizada?

biometria digital é um elemento importante para o certificado digital, veja aqui:

A biometria digital realmente ganhou o mundo nos últimos anos. Ela está presente no trabalho, no lazer e nas tarefas mais cotidianas de cada um. Quer ver?

Trabalho presencial

O cartão-ponto ou relógio eletrônico de ponto com biometria digital se estabeleceu em 2009 e foi admitido como o recurso padrão para o controle de frequência nas empresas pela Portaria nº 1.510 do Ministério do Trabalho e Emprego neste mesmo ano. Desde então, ela integra diariamente a rotina de milhões de brasileiros empregados como CLT.

Eleições

A urna eletrônica é uma realidade desde 1994, porém o cadastramento biométrico foi colocado em prática pela primeira vez nas eleições de 2010. Essa transição ainda está em processo de conclusão e até o momento 119.717.413 eleitores possuem seus dados biométricos registrados na Justiça Eleitoral (79,54% do eleitorado total no Brasil). 

Trabalho home office

Com a pandemia do Coronavírus, o trabalho home office ganhou ainda mais força e, com isso, o cartão-ponto precisou ser adaptado para o formato remoto. Já existiam no mercado aplicativos com o mesmo fim do registro de ponto que realizavam  a leitura da impressão digital por meio do leitor acoplado nos smartphones. Essa solução, porém, ganhou popularidade entre as empresas que migraram para o sistema remoto em 2020. 

Outra ferramenta que passou a ser utilizada por meio do trabalho remoto e que envolve a biometria é o certificado digital. Por meio dele é possível assinar documentos e autenticar operações de forma remota, conferindo autonomia para os colaboradores e segurança para os processos da empresa.

Além disso, a cada acesso ao celular ou computador a biometria está em ação, ao autorizar uma compra online, acessar sua conta bancária, realizar uma viagem, emitir documentos… lá está a biometria para garantir agilidade e segurança para todo o processo.

Todas as empresas precisam de biometria digital?

A biometria digital tem diversas funcionalidades dentro de um negócio e não é exclusividade ou interessante apenas para empresas grandes ou que lidam diretamente com tecnologia.

Dentre as utilidades que a biometria pode trazer para qualquer negócio está o controle de acesso, à empresa como um todo ou à áreas restritas. Esse sistema substitui o uso de chaves, crachás, tags e/ou senhas, aumentando a segurança, evitando imprevistos (como perda ou esquecimento) e reduzindo custos.

O uso da biometria também dispensa a apresentação de documentos para a identificação, sendo uma ótima solução para o cadastro de clientes, agilizando o processo e evitando fraudes. Essa aplicação é útil para diversos segmentos, como por exemplo instituições de ensino, clínicas médicas e academias.

Apesar de não ser essencial para todas as empresas, qualquer negócio pode se beneficiar através do uso da biometria digital, por menor que seja ou independente de seu nicho de atuação.

Certificado Digital e a biometria digital

A coleta da biometria é parte do procedimento de emissão de toda certificação, pois é a partir dela que o titular ou responsável do certificado é identificado e a cada uso sua autenticidade é mantida. 

Não há como conectar um documento físico por meio da biometria, o que é possível através da certificação. E no outro lado, a biometria torna qualquer operação eletrônica realizada com um certificado ainda mais segura e confiável.

Que tal oferecer Certificados Digitais para seus clientes?

E agora que você já sabe como a biometria está relacionada ao Certificado Digital, que tal investir nesse mercado como uma nova oportunidade para a sua software house? 

Como o sistema de banco de dados biométricos pode ser algo um tanto complexo, incentivar seus clientes a obter uma certificação pode ser um excelente primeiro passo. E você pode ser a pessoa que vai fornecer isso para ele com a nossa ajuda.

Parceria Certificado Digital TecnoSpeed

A TecnoSpeed tem uma proposta de revenda de Certificados Digitais sem grandes investimentos e complicação.

Com ela você consegue passar a oferecer esta tecnologia em conjunto com as suas soluções de software, valorizar o seu produto e facilitar a vida dos seus clientes, ajudando-os a otimizar seus processos e lucrar mais. Quer saber como a nossa parceria funciona? É só clicar aqui:

Parceria Certificado Digital TecnoSpeed

E então, aceita nosso convite para crescermos juntos e ajudar os seus clientes a crescer também?

Summary
O que é biometria digital?
Article Name
O que é biometria digital?
Description
Se formos pela origem da palavra, biometria quer dizer medição (metria) da vida (bio). Agora falando de forma prática, a biometria digital é uma tecnologia de reconhecimento que utiliza um sistema eletrônico e informações biológicas de indivíduos e se baseia em três princípios: captura, extração e comparação. Ou seja, para que um sistema de biometria digital funcione é preciso primeiro coletar os dados biométricos dos indivíduos; depois, é necessário armazená-los no sistema, traduzindo-o e criando um padrão, e esse processo é o que chamamos extração; por fim, a biometria precisa ser colhida a cada vez que a autenticação precisar ser feita e esta acontece por comparação do dado atual com o dado padrão armazenado no sistema. Apesar de hoje ser tecnológica, a biometria como meio de identificação em si não é um conceito novo, sua primeira utilização data da pré-história. Sua principal vantagem é a segurança e confiabilidade que oferece à autenticação, evitando fraudes devido à baixa taxa de alteração destes dados.
Author
Publisher Name
TecnoSpeed
Publisher Logo
Formado em Comunicação Social - Publicidade e Propaganda, com Especialização em Marketing. Atua na TecnoSpeed como Coordenador de Marketing.

Artigos relacionados