Conheça os tipos de Consulta Serasa e entenda a diferença entre elas

Oferecer um software com API de consulta de crédito é um importantíssimo diferencial competitivo. Entenda como você pode fazer isso, estando atento aos diferentes tipos de consulta.


A saúde financeira das empresas depende, dentre outras coisas, de um balanço saudável entre entradas e saídas. Para que as entradas sejam garantidas, a possibilidade de inadimplências deve ser mínima. Para isso, ter acesso a um sistema de consultas é indispensável. A consulta da Serasa é a mais conhecida e o nome da empresa é referência nesse meio.

O que muitas pessoas não sabem é que existem vários tipos de consulta e cada uma delas se adequa a um tipo de negócio. Qualquer empresa pode se beneficiar do serviço de consultas da Serasa, independente do porte. Saber o que esperar de um cliente só traz vantagens para qualquer tipo de negócio.

Conheça mais sobre essa empresa e veja de forma detalhada o que cada tipo de consulta tem de particularidade e qual delas é a mais indicada para diferentes tipos e tamanhos de empresas.

O que é Serasa?

Escritório da Serasa | foto: https://www.serasaexperian.com.br/sobre

Ao contrário do que muitos pensam, a Serasa não é apenas a instituição que consulta CPFs e CNPJs para verificar restrições. A Serasa é uma empresa privada criada em 1968 por incentivo da FEBRABAN – Federação Brasileiras de Bancos. A intenção era padronizar processos cadastrais para que todos os bancos conseguissem manter uma certa organização e definição assertiva de diretrizes. Desde 2007, a Serasa faz parte do grupo Experian, a maior instituição em serviços de informação do mundo.

O serviço de consultas é a maior referência da Serasa, já que ela tem um banco de dados contendo informações sobre dívidas, cheques e protestos que são coletadas a partir de outras empresas, bancos, instituições financeiras e órgãos oficiais. 

Você sabe a diferenteça entre a Seresa e o SPC, veja aqui.

Quais os tipos de consulta?

Existem alguns tipos de consultas oferecidas pela Serasa. O que vai diferenciá-las é a quantidade de informações que elas retornam e a qual tipo de empresas elas são destinadas. Confira abaixo os principais tipos de consulta.

CREDNET LIGHT

A Crednet Light é o tipo de consulta mais simples, permitindo acesso somente à identificação do consumidor, documentos roubados, furtados e extraviados, REFIN, PEFIN, cheques sem fundo e também registro do número de consultas realizadas no documento. A solução é disponível apenas em âmbito estadual. Ela está disponível para consultas de pessoas físicas e jurídicas.

CREDNET TOP

A Crednet Top é uma solução que foi desenvolvida para pequenas e médias empresas que atuam dentro de um só estado e que tenham dinâmica de entradas e saídas rápida. A Crednet Top funciona para pessoas físicas e pessoas jurídicas e mostra respostas bastante completas, como apontamento de inadimplências, cheques sem fundo, protestos estaduais, PEFIN, REFIN, documentos extraviados e outros dados que possam ser pertinentes para a análise.

API Consulta de Credito para facilitar a consulta e análise com o Serasa.

CONCENTRE

A Concentre é bem semelhante à Crednet Top, a principal diferença é o alcance nacional. Além disso, é possível consultar ações judiciais, participação em falências e uma classificação de risco de crédito, que indica a probabilidade de inadimplência. Essa solução também está disponível para PF e PJ.

CREDIT BUREAU 

Esse é o relatório mais completo que a Serasa oferece, fornecendo uma grande base de dados para as empresas sobre pessoas físicas. Além de todas as funcionalidades da Crednet Top e da Concentre, a Credit Bureau mostra o score do cliente, que é a reputação do consultado no mercado. A solução é indicada para médias e grandes empresas e também instituições financeiras. A Credit Bureau é uma solução de concessão de crédito somente para pessoas físicas.

RELATO TOP SCORE

O relato Top Score é como se fosse o equivalente do Credit Bureau para consultas de pessoas jurídicas. Por meio dela é possível identificar documentos, constatar documentos extraviados, consultar PEFIN e REFIN, cheques sem fundo, número de consultas realizadas no documento, protesto nacional, classificação de risco no Serasa, entre outras funções.

Como a SH pode oferecer esse serviço?

Para oferecer a melhor solução o seu cliente, é fundamental saber como funciona todos os tipos de consulta da Serasa | Foto: Pixabay

Para que o cliente final tenha tudo em um único sistema, a Software House pode integrar a API de consulta no software que está ofertando, alinhada com as outras demandas desse cliente. Também é importante conhecer os principais tipos de consulta elencados acima para oferecer a melhor alternativa. 

Ofertar esse serviço atrelado ao seu software é um enorme diferencial competitivo, já que isso vai manter o cliente em um único ambiente, sendo possível inclusive sincronizar a base de dados cadastrais com as consultas da Serasa.

Qual o benefício para o cliente final em ter diversos tipos de consultas do Serasa dentro do Software? 

O principal benefício é a possibilidade de fazer as consultas dentro do sistema, sem ter que ir para outros ambientes que possam ser desconhecidos e pouco intuitivos. O cliente ganha em produtividade, já que seu tempo é otimizado com as soluções apresentadas de forma mais objetiva e simplificada. Outro benefício bastante relevante é o suporte que a software house vai dar ao cliente, que não vai depender da ajuda direta da Serasa.

Existem ainda outros benefícios, mas de uma coisa não restam dúvidas: oferecer a integração dessa funcionalidade com o seu software é um diferencial competitivo gigante!

Por que é ruim ter a consulta simples do Serasa? Ou para quem ela é indicada?

A consulta simples é mais limitada e seu cliente pode se abster de ter informações importantes sobre os consultados, como por exemplo ações judiciais. Se as vendas a prazo não fizerem parte das práticas da empresa, a consulta simples pode ser suficiente para suprir eventuais demandas.

Geralmente, esse tipo de consulta é usado diretamente pela pessoa que quer saber como está sua situação cadastral e se há alguma restrição em seu nome, mas sem mostrar qual é essa restrição.

Como a API de Consulta ajuda na resolução dos problemas de inadimplência?

A ferramenta de consulta permite que as empresas prevejam possíveis comportamentos de seus clientes. A decisão de concretizar uma venda para pessoas ou empresas com histórico de inadimplência recebe o respaldo dos dados dessa consulta, assim é possível saber o que esperar e até mesmo decidir não efetivar a venda do produto ou serviço.

Assim, a loja ou empresa pode decidir se vai ser menos flexível nos prazos e condições de pagamento, caso o consultado não tenha um cenário muito confiável, ou se pode emitir cobranças a prazo sem grandes problemas e dores de cabeça.

Clique aqui  para entender como a TecnoSpeed pode te ajudar a levar a consulta de crédito para o seu software e ofereça um sistema ainda mais completo para o seu cliente final.

Formado em Comunicação em Multimeios. Analista de Marketing da TecnoSpeed, focado em produção de conteúdos para mídias digitais.

Artigos relacionados