Tempo de Leitura: 3 minutos

Saiba como tornar o seu software ainda mais completo com o módulo fiscal.


Lidar com as obrigações tributárias sem um sistema preparado com o módulo fiscal pode ser um pesadelo para seu cliente. Além do desafio de manter todas as informações contábeis em dia, ele pode encontrar dificuldade em alinhar dados que estejam separados em planilhas ou softwares independentes.

Mas como você pode ajudar o seu cliente? A resposta é simples: basta ter um módulo fiscal em seu sistema. O módulo fiscal é uma solução necessária para que as empresas se mantenham em conformidade com as obrigações fiscais, evitando dores de cabeça e gastos adicionais.

Para isso, você deve entender quais são as necessidades do cliente, como funciona o sistema ERP e como incluir essa solução em seu sistema. Quer entender todos esses pontos? Confira neste artigo como tornar o seu software ERP ainda mais completo com um módulo fiscal.

Banner blog - PlugNotas

Necessidades do cliente

O primeiro passo para oferecer a ferramenta ideal é focar nas necessidades do cliente.

Quando se fala em obrigatoriedades fiscais, é comum que os empreendedores fiquem receosos, já que essas obrigações seguem uma série de normas que são constantemente atualizadas e, o não cumprimento delas, pode acarretar em sérios prejuízos para os negócios.

Sem a tecnologia certa, a empresa fica suscetível a retrabalhos e a falhas. Isso porque, terá que trabalhar com diferentes soluções, como softwares que não estão conectados entre si e até mesmo planilhas preenchidas manualmente. Ao precisar fazer essas adaptações para ter todos os dados necessários para uma gestão fiscal eficiente, é possível perder informações ou inseri-las em duplicidade, por exemplo. 

É nesse cenário que um módulo fiscal dentro do sistema ERP pode fazer toda a diferença na gestão empresarial. Ele facilita o cumprimento das obrigações tributárias, registra e armazena as informações necessárias para as declarações e fiscalizações, atribuindo maior segurança para a gestão fiscal com processos simples e resultados mais rápidos. 

Obrigatoriedades fiscais

A rotina de uma empresa envolve o cumprimento de várias obrigatoriedades fiscais. São inúmeras as demandas contábeis e tributárias que seu cliente tem obrigação legal de cumprir. Por essa razão, o módulo fiscal é também uma grande oportunidade de aumentar sua rentabilidade, uma vez que os clientes têm essas obrigatoriedades e sempre buscarão a forma mais prática e com melhor custo-benefício para entregá-las.

As principais obrigatoriedades contábeis e fiscais são:

  • Rotina contábil 

Manter a contabilidade em dia é obrigação da empresa. Todo negócio deve garantir os registros necessários para declarações e demonstrativos, seguir as orientações do regime de tributação correto e acompanhar suas obrigações fiscais.

  • Acompanhamento das alterações tributárias

A legislação brasileira relacionada à tributação muda constantemente. São diversas leis e normas federais, estaduais, distritais e municipais que sofrem atualizações frequentes e devem ser acompanhadas pela empresa. Estima-se que sejam feitas oito alterações na legislação tributária no Brasil por dia. É muita coisa para acompanhar, por isso, oferecer um software que permita que essas alterações sejam automáticas é um grande diferencial.

  • Controle patrimonial 

Fazer o cadastro de bens, de seguros, estimar a depreciação e a imobilização do patrimônio da empresa é outra obrigação que deve ser observada.

  • Nota Fiscal

As empresas são obrigadas a emitir a nota fiscal, seja ela NFe, NFSe, NFCe, etc. É preciso estar de olho em qual categoria o produto ou serviço prestado se encaixa e emitir a nota correta. São também diversos campos que, se preenchidos manualmente, podem conter erros e gerar consequências para a empresa.

 Assim, são várias as obrigações fiscais que podem ser simplificadas com um módulo fiscal em sistema ERP. Veja como funciona esse módulo!

Tecnologia para documentos fiscais eletrônicos

O módulo fiscal é uma solução que contempla as principais necessidades de seus clientes de forma simples e prática. Trata-se de uma tecnologia que permite a integração simples para que se possa fazer a emissão de notas, calcular impostos, e cumprir várias das obrigações fiscais de seu cliente em um único sistema.

ERP para gestão fiscal

Com a tecnologia ERP, você será capaz de oferecer um sistema completo para o seu cliente, de forma objetiva e excelente para os seus resultados. Um bom módulo fiscal tem integração com as principais linguagens de programação, tornando o processo muito simples para você, desenvolvedor.

O ERP permite que seus clientes acessem facilmente os dados, com segurança e praticidade para que essas obrigações fiscais não se tornem um grande problema. A comunicação entre setores permite não apenas o cumprimento das leis fiscais, como também evita retrabalhos, simplifica as tarefas de gestão fiscal e dá maior eficiência para uma utilização dos sistemas gerenciais. Basta enviar as informações para quem está provendo o módulo fiscal e pronto! Ele irá gerar os documentos necessários sem dores de cabeça e com tudo centralizado.

Módulo fiscal no seu software

Quer oferecer todas essas vantagens para seu cliente? Então conheça o PlugNotas!

Com ampla experiência no  mercado, o PlugNotas é uma API inteligente que te permite emitir documentos fiscais eletrônicos com o seu software de forma rápida e efetiva. 

Compatível com C#, Delphi, Java, JavaScript, PHP, Node.js, React, Python e muitas outras tecnologias, você terá muito mais a oferecer em seu software, além de ter uma solução completa para o seu cliente sem precisar se preocupar com questões fiscais. É só plugar que, enquanto você cuida do que é mais importante para o seu software, a gente cuida da sua solução fiscal.

Que tal conhecer o PlugNotas? Com nossa API, o seu módulo fiscal funciona a todo vapor!

Conheça o PlugNotas 

2 ComentáriosFechar comentários

Deixe um comentário

Localização

Tecnospeed ©  2022. Feito com ❤ pelo time Tecnospeed.