Tempo de Leitura: 5 minutos

O Banco Central divulgou as novas regras do Pix. Descubra quais foram as mudanças e como elas impactam o seu relacionamento com o mercado financeiro.


O Pix já se tornou o método de pagamento mais querido entre os brasileiros. E não é para menos, afinal, permite ao usuário realizar pagamentos e transferências instantemente, em questão de segundos, no conforto de sua casa e a qualquer horário.

Visando aumentar a segurança das transações realizadas por esse canal, o Banco Central do Brasil anunciou as novas regras do Pix, que se iniciaram a partir de 4 de outubro de 2021. 

Continue conosco e confira cada uma delas. 

Projeto PIX em implementação

Se você acompanha as novidades do mercado financeiro, sabe que o PIX vem trazendo muitas inovações para os meios de pagamento.

O projeto vem sendo implementado gradualmente, dando tempo para que os consumidores se adaptem à novidade e também possibilitando que as instituições financeiras e estabelecimentos participantes se adéquem aos novos padrões.

É verdade que muitas inovações surgiram, mas vou te contar aqui, que muita coisa ainda está por vir. Vamos seguir.

Motivos das novas mudanças

Os principais motivos para as novas regras do Pix são aumentar a segurança das transações financeiras e coibir a prática de atividades criminosas. Além disso, também tem o objetivo de melhorar a experiência do usuário, transmitindo segurança, comodidade e personalização das preferências de acordo com cada as necessidades de cada pessoa ou empresa.

Quem será impactado?

A segurança é característica fundamental para todos os envolvidos. Os bancos, as empresas e todas as pessoas que usam esse meio desejam mecanismos, funcionalidades e preferências que maximizem a segurança ao realizar cobranças, pagamentos e outras transações financeiras.

Assim, as novas regras do Pix impactam as instituições participantes e todos os usuários, sejam pessoas físicas ou jurídicas.

O que mudou?

Confiara o que mudou!
Saber tudo sobre as atualizações é essencial. | Imagem: Pexels.

Com a vigência das novas regras do Pix, estabeleceram-se novos procedimentos para aumentar a segurança das transações realizadas por esse meio de pagamento, e consequentemente, reduzir o risco de fraude e golpes.

Os limites passam a ser fixados por transação e por período, podendo ser diferentes para transações realizadas durante o dia ou noite.

Confira as principais mudanças:

1- Novo limite de R$ 1 mil

As pessoas físicas e também os microempreendedores individuais (MEIs) terão um limite padronizado de R$ 1 mil para movimentações financeiras realizadas no período noturno, assim considerado das 20h às 6h.

Em relação a esse período, os usuários poderão personalizar o início do horário noturno, o qual pode variar entre 20 horas e 23 horas e 59 minutos.

Não se sinta prejudicado, essa regra também se estende às TEDs, transferências entre contas do mesmo banco e às compras realizadas com cartões de débito. Trata-se de uma decisão que visa proteger o cliente, e caso queira ou precise de um limite maior, basta realizar a solicitação à instituição financeira e solicitar a ampliação do limite.

2-Mais tempo para alterar limite

Até agora, as instituições bancárias e outros estabelecimentos financeiros demoravam no máximo um dia útil para efetivar a solicitação de aumento do cliente, existindo casos em que a solicitação era atendida prontamente, em poucos minutos.

Com as novas regras do Pix, os pedidos de aumento de limite solicitados por pessoa física deverão ser efetivados no prazo mínimo de 24 horas e máximo de 48 horas. Já, quando solicitados por pessoa jurídica, deverão ser efetivados entre 24 horas e dois dias úteis.

Essa medida visa reduzir a incidência de golpes como o sequestro relâmpago, no qual coagem o cliente a aumentar o limite para fazer transferência em valores maiores.

Em relação aos pedidos de redução de limite, devem ser atendidos de forma imediata, quando solicitado por pessoa física, e em até um dia útil após a solicitação, quando solicitado por empresa.

3-Limites diferentes por horário

Outra novidade trazida pelas novas regras do Pix é que os clientes terão a possibilidade de definir limites diferenciados para usar durante o dia ou noite.

Por exemplo, se é durante o dia que se intensifica as transações financeiras, o cliente pode deixar um limite maior para esse período e reduzi-lo durante a noite.

Assim, caso algum mal-intencionado tente se aproveitar e fazer Pix indevidos no horário noturno, não terá sucesso, ou na pior das hipóteses, devido os limites reduzidos, o prejuízo será menor.

4-Retenção da transferência para análise

Visando a máxima segurança das movimentações, os bancos e demais instituições financeiras podem reter as transações para análise de risco por 30 minutos, durante o dia, ou 60 minutos, durante a noite.

5- Bloqueio cautelar

De acordo com as novas regras Pix, quando houver suspeita de fraude, os valores deverão ser bloqueados cautelarmente pela instituição para averiguar a regularidade da transação. O bloqueio cautelar pode durar, no máximo, 72 horas.

6-Contas fora do limite geral

É possível personalizar os limites de transação por conta, ou seja, a instituição deve possibilitar que o cliente faça o cadastramento prévio de contas autorizadas a receber valores acima dos limites gerais estabelecidos.

Assim, se você deseja manter o limite em R$ 1 mil, mas precisa realizar transferências frequentes de valores superiores para uma determinada conta, isso não será problema. Basta fazer o cadastramento prévio, e após 24 horas você já poderá fazer o Pix em valor superior para a conta que foi cadastrada.

7-Identificação de contas suspeitas

Outra prática implementada pelo Banco Central trata-se da identificação de contas suspeitas. Dessa maneira, as instituições financeiras são obrigadas a sinalizar as contas com indícios de utilização em fraudes no Diretório de Identificadores de Contas Transacionais (DICT). É um meio de alertar o perigo e coibir crimes envolvendo uma mesma conta suspeita.

8-Compartilhamento de informações

A partir da implementação das novas políticas, as instituições são obrigadas a compartilhar informações sobre transações suspeitas de envolvimento com atividades criminosas com as autoridades de segurança pública.

9-Histórico de atuação

Para antecipar recebíveis no mesmo dia, as instituições deverão exigir o histórico comportamental e de crédito do cliente.

Novidades que estão por vir

Veja as novidades que estão por vir!
É fundamental criar uma estratégia para as novidades que estão por vir. | Imagem: Pexels.

Recentemente foi autorizada a iniciação de transação de pagamento via PIX, por meio de qualquer procedimento de iniciação desse método de pagamento, assim, a movimentação financeira pode se iniciar por determinados aplicativos, desde Apps de gestão financeira, até redes sociais, que serão responsáveis por iniciar a transação e direcionar o cliente para o ambiente Pix da instituição de sua preferência. 

Em novembro, essa iniciação das transações Pix poderá ser realizada também por QR Code, de forma que, ao realizar uma compra online, por exemplo, o próprio canal de compra já disponibilizará um QR Code e te direcionando para o ambiente Pix para finalizar a transação.

Podemos citar também o serviço do Pix Saque e do Pix Troco, os quais estarão disponíveis a partir de 29 de novembro de 2021. E terão o propósito de aumentar os pontos de retirada de dinheiro em espécie, com conveniência e facilidade para o usuário do Pix, aumentando a competição, fomentando a inovação e possibilitando diversidade de modelos de negócio.

E o PIX para empresa?

O Pix é duplamente importante para as empresas, primeiro, como usuárias, podem ter acesso a serviços financeiros com valores mais atrativos e reduzir significativamente as despesas bancárias.

Em segundo, precisam aderir a esse meio de pagamento e disponibilizar como mais uma opção para seus clientes. Quanto mais facilidade o seu cliente tiver na hora de comprar com você, melhor. E o Pix veio justamente para isso, para simplificar e facilitar os meios de pagamento.

Em resumo, alguns diferenciais em relação às empresas são:

  • A efetivação da ampliação de limite será realizada entre 24 horas e dois dias úteis após a solicitação.
  • A efetivação da redução de limite será realizada em até um dia útil após a solicitação.

API PIX da TecnoSpeed

A TecnoSpeed antecipou-se às necessidades do mercado e já simplificou tudo para o desenvolvedor!

Certamente, você tem planos incríveis para a sua Software House, preza pela segurança em suas movimentações financeiras e deseja oferecer a melhor experiência ao seu cliente.

Sabendo disso, criamos a solução perfeita para viabilizar todas as funcionalidades do Pix dentro do seu software. Estou falando da API PIX da TecnoSpeed.

✅Disponibilize a cobrança por QRCode PIX no seu software

✅Inove o meio de cobrança do seu software e permita o recebimento instantâneo para seus clientes

✅ Inclua o QR Code do PIX na impressão do seu Boleto

✅ E muito mais!

Não perca tempo e conheça agora a nossa API PIX. São soluções realmente incríveis para o seu negócio. Com apenas uma única integração, seu ERP estará preparado para usufruir de todas as vantagens do PIX.

Conheça nossa API

 Conclusão

As novas regras do Pix trouxeram novidades positivas, as instituições precisam se adequar aos normativos e permitir que os próprios usuários registrem suas preferências em relação aos limites diretamente por aplicativos ou internet banking.

O universo das Software House precisa se adequar rapidamente a todas as inovações, principalmente quando impactam no financeiro e na experiência que oferecem ao cliente. Portanto, ficar ligado nos conteúdos da TecnoSpeed e em todas as soluções aqui apresentadas é uma excelente estratégia!

Gostou desse conteúdo? Continue conosco e até a próxima.

Summary
Quem será impactado?
Article Name
Quem será impactado?
Description
A segurança é característica fundamental para todos os envolvidos. Os bancos, as empresas e todas as pessoas que usam esse meio desejam mecanismos, funcionalidades e preferências que maximizem a segurança ao realizar cobranças, pagamentos e outras transações financeiras. Assim, as novas regras do Pix impactam as instituições participantes e todos os usuários, sejam pessoas físicas ou jurídicas.
Author
Publisher Name
TecnoSpeed
Publisher Logo
4 ComentáriosFechar comentários

Deixe um comentário

Localização

Tecnospeed ©  2022. Feito com ❤ pelo time Tecnospeed.