O que é inteligência fiscal e como integrar os módulos ideais ao ERP? Veja aqui

Um ERP com inteligência fiscal leva mais praticidade e segurança nos processos tributários de uma organização. Entenda o método!


Toda empresa tem as suas obrigações fiscais. Manter os processos em ordem para fornecer as informações às autoridades, no entanto, é um dos grandes desafios em uma organização. É nesse contexto que a inteligência fiscal traz a sua relevância, permitindo automatizar a administração dos dados de forma mais precisa.

Um software de gestão precisa ter inteligência fiscal para permitir maior segurança na atualização dos valores de entrada e saída financeira. Assim, os clientes contam com ferramentas estratégicas para lidarem com os dados e os tributos na emissão de notas. Mas o que é esse método e como aplicá-lo na sua empresa?

Neste artigo, explicamos o que você precisa saber sobre o assunto e como manter seu software otimizado com as melhores APIs de inteligência fiscal da TecnoSpeed. Veja a seguir!

O que é inteligência fiscal

A inteligência fiscal representa ações automatizadas com o objetivo de gerenciar dados de forma segura. O gestor consegue obter, analisar, divulgar e proteger estrategicamente as informações fiscais da empresa com menos intervenção humana.

O método proporciona vários benefícios para a geração de valor aos negócios, como agilidade e precisão na atualização de dados. Entre as funções, a inteligência fiscal ajuda a evitar a prescrição de créditos tributários e autuação fiscal.

Um bom gerenciamento tributário é essencial para manter as finanças sob controle e evitar problemas com o fisco. Porém, para que possa isso ocorra, é necessário que a empresa conte com um software especializado de gestão fiscal com as funcionalidades apropriadas.

Vantagens da inteligência fiscal para o software de gestão

O software de gestão fiscal e tributária é uma solução digital com a função de reunir as informações de entrada e saída financeira da empresa. Todas as transações de compra, venda e validação cadastral ficam registradas em uma única plataforma, facilitando localizar os dados e integrar os processos a outras ferramentas, como o fluxo de caixa e as contas a pagar/receber. Porém, o que pode acontecer se isso for feito sem um método apropriado?

A falta de inteligência fiscal costuma exigir que as informações sejam inseridas e consultadas de forma manual pelos funcionários. A alimentação do ERP, então, torna-se lenta e passível de erros. Consequentemente, o processo perde eficiência e ainda pode levar a empresa a um recolhimento de impostos com cálculos imprecisos, sem contar os prejuízos financeiros que isso pode causar.

Com a chegada da NF-e, muitas organizações ganharam vantagem competitiva ao poder evitar esses problemas e reforçar o controle fiscal. A inteligência fiscal no software de gestão automatiza o processo e permite reduzir custos, evitando multas e taxas extras na tributação.

Outras vantagens são:

  • Agilidade nos procedimentos, permitindo eliminar etapas do processo;
  • Redução de erros e integração de dados entre setores;
  • Antecipação de análise da fiscalização, com cálculos feitos automaticamente. Não só os riscos de autuação pela Receita Federal diminuem, mas os funcionários são liberados para outras tarefas;
  • Facilidade na consulta de notas emitidas;
  • Estruturação de metas e estratégias, melhorando as tomadas de decisão;
  • Economia na equipe, contando com um quadro mais enxuto e produtivo com foco no compliance fiscal;
  • Transações de melhor qualidade para a emissão de notas aos parceiros e clientes, bem como o armazenamento dos documentos.

Todos esses benefícios tornam uma empresa mais preparada para o mercado, com posicionamento estratégico na competitividade comercial. Para o cliente do ERP, é uma segurança para desenvolver uma administração fiscal de qualidade e precisão.

O mercado já não se interessa mais em um software obsoleto. Nos processos de transformação digital, as organizações buscam soluções automatizadas que possam realmente ajudá-las a manter seus dados atualizados.

Por isso, a sua software house deve acompanhar as tendências e fornecer sistemas com inteligência fiscal. Um ERP com as funcionalidades apropriadas garante competitividade de mercado e satisfação dos clientes.

Soluções de Inteligência Fiscal

Integre as melhores APIs de inteligência fiscal ao seu ERP

Aqui na TecnoSpeed, nosso intuito é fornecer as melhores soluções para reforçar os produtos dos nossos clientes. Por isso, desenvolvemos APIs ideais para garantir o controle de dados e emissão de notas fiscais com segurança ao seu ERP.

Se você ainda não tem inteligência fiscal no seu software, apresentamos a seguir algumas de nossas APIs para controle fiscal e tributário: NFSe Tomada e Nota Segura.

NFS-e Tomadas

Uma das funcionalidades mais utilizadas pelas empresas e contadores é a consulta e download das notas de serviço emitidas. Porém, cada prefeitura tem as suas regras, o que dificulta o desenvolvimento dessa rotina no software.

A NFSe Tomada é uma API própria para essa função, desenvolvida para automatizar essa tarefa no seu ERP. É uma solução pronta para as software houses que precisam implementar um módulo de consulta e download de notas fiscais de serviços tomados à plataforma, facilitando a vida do cliente.

Com a NFSe Tomada, o seu software poderá se comunicar com as prefeituras para fornecer as notas de forma padronizada, sem se preocupar com as regras de layout exigidas pelos diferentes sistemas governamentais.

São mais de 600 prefeituras integradas à nossa solução, o que permite levar a consulta e download de NFSe a clientes com negócios em diversas localizações no Brasil.

Nota Segura

Outra ação de alta relevância nos negócios é contar com rotinas automatizadas de armazenamento fiscal. Com a API Nota Segura, os seus clientes terão no ERP um gerenciador de documentos fiscais que permite armazenar, consultar, baixar e distribuir os documentos fiscais.

Por lei, o contribuinte precisa entregar um arquivo XML ao cliente com as informações da transação e mantê-lo arquivado por pelo menos 5 anos. Na ausência desses documentos ou na impossibilidade de encontrá-los, ele pode ser autuado se for pego pelo fisco.

Além disso, o XML é essencial para operações como controle de estoque, fluxo de caixa, escrituração fiscal e contábil, entre outras. Por isso, uma API como o Nota Segura leva mais competitividade e atratividade para o seu software, já que garante uma melhor organização das notas emitidas.

O seu cliente poderá armazená-las na nuvem, distribuir o XML para os envolvidos nas transações, facilitar o trabalho dos contadores na escrituração fiscal e muito mais. A API Nota Segura tem função white-label, podendo ser personalizada com a identidade da sua plataforma.

Conte com as soluções da TecnoSpeed para dar suporte à sua plataforma. Entre em contato com a nossa equipe e integre já as APIs NFSe Tomada e Nota Segura!

Formado em Comunicação em Multimeios. Analista de Marketing da TecnoSpeed, focado em produção de conteúdos para mídias digitais.

Artigos relacionados