Tempo de Leitura: 3 minutos

Um ERP com inteligência fiscal leva mais praticidade e segurança nos processos tributários de uma organização. Entenda o método!


Toda empresa tem as suas obrigações fiscais. Manter os processos em ordem para fornecer as informações às autoridades, no entanto, é um dos grandes desafios em uma organização. É nesse contexto que a inteligência fiscal traz a sua relevância, permitindo automatizar a administração dos dados de forma mais precisa.

Um software de gestão precisa ter inteligência fiscal para permitir maior segurança na atualização dos valores de entrada e saída financeira. Assim, os clientes contam com ferramentas estratégicas para lidarem com os dados e os tributos na emissão de notas. Mas o que é esse método e como aplicá-lo na sua empresa?

Neste artigo, explicamos o que você precisa saber sobre o assunto e como manter seu software otimizado com as melhores APIs de inteligência fiscal da TecnoSpeed. Veja a seguir!

O que é Inteligência Fiscal? | TecnoSpeed

O que é inteligência fiscal

A inteligência fiscal representa ações automatizadas com o objetivo de gerenciar dados de forma segura. O gestor consegue obter, analisar, divulgar e proteger estrategicamente as informações fiscais da empresa com menos intervenção humana.

O método proporciona vários benefícios para a geração de valor aos negócios, como agilidade e precisão na atualização de dados. Entre as funções, a inteligência fiscal ajuda a evitar a prescrição de créditos tributários e autuação fiscal.

Um bom gerenciamento tributário é essencial para manter as finanças sob controle e evitar problemas com o fisco. Porém, para que possa isso ocorra, é necessário que a empresa conte com um software especializado de gestão fiscal com as funcionalidades apropriadas.

Vantagens da inteligência fiscal para o software de gestão

O software de gestão fiscal e tributária é uma solução digital com a função de reunir as informações de entrada e saída financeira da empresa. Todas as transações de compra, venda e validação cadastral ficam registradas em uma única plataforma, facilitando localizar os dados e integrar os processos a outras ferramentas, como o fluxo de caixa e as contas a pagar/receber. Porém, o que pode acontecer se isso for feito sem um método apropriado?

A falta de inteligência fiscal costuma exigir que as informações sejam inseridas e consultadas de forma manual pelos funcionários. A alimentação do ERP, então, torna-se lenta e passível de erros. Consequentemente, o processo perde eficiência e ainda pode levar a empresa a um recolhimento de impostos com cálculos imprecisos, sem contar os prejuízos financeiros que isso pode causar.

Com a chegada da NF-e, muitas organizações ganharam vantagem competitiva ao poder evitar esses problemas e reforçar o controle fiscal. A inteligência fiscal no software de gestão automatiza o processo e permite reduzir custos, evitando multas e taxas extras na tributação.

Outras vantagens são:

  • Agilidade nos procedimentos, permitindo eliminar etapas do processo;
  • Redução de erros e integração de dados entre setores;
  • Antecipação de análise da fiscalização, com cálculos feitos automaticamente. Não só os riscos de autuação pela Receita Federal diminuem, mas os funcionários são liberados para outras tarefas;
  • Facilidade na consulta de notas emitidas;
  • Estruturação de metas e estratégias, melhorando as tomadas de decisão;
  • Economia na equipe, contando com um quadro mais enxuto e produtivo com foco no compliance fiscal;
  • Transações de melhor qualidade para a emissão de notas aos parceiros e clientes, bem como o armazenamento dos documentos.

Todos esses benefícios tornam uma empresa mais preparada para o mercado, com posicionamento estratégico na competitividade comercial. Para o cliente do ERP, é uma segurança para desenvolver uma administração fiscal de qualidade e precisão.

O mercado já não se interessa mais em um software obsoleto. Nos processos de transformação digital, as organizações buscam soluções automatizadas que possam realmente ajudá-las a manter seus dados atualizados.

Por isso, a sua software house deve acompanhar as tendências e fornecer sistemas com inteligência fiscal. Um ERP com as funcionalidades apropriadas garante competitividade de mercado e satisfação dos clientes.

Soluções de Inteligência Fiscal

Integre as melhores APIs de inteligência fiscal ao seu ERP

Aqui na TecnoSpeed, nosso intuito é fornecer as melhores soluções para reforçar os produtos dos nossos clientes. Por isso, desenvolvemos APIs ideais para garantir o controle de dados e emissão de notas fiscais com segurança ao seu ERP.

Se você ainda não tem inteligência fiscal no seu software, apresentamos a seguir a nossa API para controle fiscal e tributário: PlugStorage.

PlugStorage

Com o PlugStorage, os seus clientes terão no ERP um gerenciador de documentos fiscais que permite armazenar, consultar, baixar e distribuir os documentos fiscais.

Por lei, o contribuinte precisa entregar um arquivo XML ao cliente com as informações da transação e mantê-lo arquivado por pelo menos 5 anos. Na ausência desses documentos ou na impossibilidade de encontrá-los, ele pode ser autuado se for pego pelo fisco.

Além disso, o XML é essencial para operações como controle de estoque, fluxo de caixa, escrituração fiscal e contábil, entre outras. Por isso, uma API como o PlugStorage leva mais competitividade e atratividade para o seu software, já que garante uma melhor organização das notas emitidas.

O seu cliente poderá armazená-las na nuvem, distribuir o XML para os envolvidos nas transações, facilitar o trabalho dos contadores na escrituração fiscal e muito mais. O PlugStorage tem função white-label, podendo ser personalizada com a identidade da sua plataforma.

Conte com as soluções da TecnoSpeed para dar suporte à sua plataforma. Entre em contato com a nossa equipe e integre já ao PlugStorage!

Localização

Tecnospeed ©  2022. Feito com ❤ pelo time Tecnospeed.