Registro via Web Service Bancário: emita boletos de forma instantânea

Saiba como o recurso de Registro via Web Service Bancário pode diminuir o tempo de processamento dos boletos registrados.


Após a atualização das regras da FEBRABAN, todos os boletos devem ser registrados.

Essa modalidade traz mais controle e segurança para aqueles que se utilizam desse meio de pagamento. Seu tempo de processamento, entretanto, ainda é gigantesco, mas nada que o Registro via Web Service Bancário não consiga resolver.

Assim, esse é um recurso muito poderoso e eficiente. Isso porque, mesmo que a integração de diferentes soluções seja uma tarefa um tanto quanto onerosa, a expectativa é que ele simplifique processos, assim como o custo das operações.

Dúvidas sobre suas principais vantagens? Então, veja como esse recurso funciona na API do PlugBoleto.

Se preferir, assista a versão em vídeo, apresentado pela Josiane Ferreira!

O que é o Registro via Web Service Bancário?

O Registro via Web Service Bancário é um recurso de transmissão instantânea com as APIs dos bancos.

Isto é, elas repassam, em questão de segundos, informações sobre a situação do boleto emitido pelo seu cliente (se foi rejeitado ou autorizado, por exemplo), para que o pagamento possa ser realizado logo após sua emissão.

Em outras formas de transmissão, como a manual e a automática, o cliente precisa encaminhar um arquivo de remessa ao banco para que então, depois de várias horas de espera (ou até mesmo, apenas no dia seguinte), este registro aconteça.

Com o recurso do Registro via Web Service Bancário o cliente não precisa aguardar todo este tempo.

Quais as vantagens desse recurso?

Como a comunicação do PlugBoleto é toda feita por nós, da TecnoSpeed, basta que você, desenvolvedor, libere a funcionalidade com o banco e depois, configure em nosso sistema para usar.

Já para o seu cliente, a maior vantagem é que o boleto pode ser pago logo após sua emissão. Isso porque é ruim esperar até o próximo dia para liberar o pagador, uma vez que ele pode tentar pagar e o banco se recusar a receber devido a falta do registro.

Com o Registro via Web Service Bancário, o boleto já está pronto para ser quitado!

O Registro via Web Service Bancário é seguro?

No passado, muitas empresas tinham medo de prover funcionalidades na internet, isso porque temiam a exposição de seus dados.

Hoje, reforçamos que o uso do Registro via Web Service Bancário é seguro tanto da parte do PlugBoleto quanto da instituição bancária, que utiliza chaves de segurança e até mesmo certificados digitais para garantir a proteção das informações enviadas.

Bancos homologados para essa funcionalidade

Atualmente, o PlugBoleto trabalha com as instituições: Banco do Brasil, Caixa Econômica Federal, Santander e Banco Itaú.

Entretanto, conforme os bancos vão implementando web services de recepção de remessas, vamos adaptando o Registro via Web Service Bancário para que se comunique com eles.

Clique abaixo para saber como habilitar a transmissão instantânea em cada uma das instituições mencionadas:

Os boletos registrados são mais seguros, e a melhor forma de se utilizá-los é por meio do Registro via Web Service Bancário, que garante um acesso direto ao sistema dos bancos homologados, possibilitando assim o envio imediato das informações.

Otimize seu tempo e transforme os processos burocráticos do seu cliente em tarefas descomplicadas.

API Emissora de Boletos

Formado em Comunicação em Multimeios. Analista de Marketing da TecnoSpeed, focado em produção de conteúdos para mídias digitais.

Artigos relacionados