Tempo de Leitura: 4 minutos

Os termos ativos tangíveis e intangíveis são familiares para você? Neste post a gente te explica o conceito e o porquê esses indicadores são relevantes!


No mundo dos negócios, no dicionário administrativo e contábil, existem diversos termos, categorias e indicadores que servem para organizar e determinar processos, valores e outros aspectos inerentes à organização.

Um exemplo desses termos ou categorias são os ativos tangíveis e intangíveis, já ouviu falar? Esses conceitos dizem respeito aos bens de uma empresa ou instituição e podem impactar diretamente na tomada de decisão e na imagem e valor de mercado desta.

Quer entender melhor como os ativos tangíveis e intangíveis funcionam e podem ser importantes na gestão empresarial e desenvolvimento de qualquer negócio? É só continuar lendo até o final do post!

Primeiramente, o que são ativos?

Antes de partir para os conceitos de ativos tangíveis e intangíveis, vamos entender primeiro o que são ativos. Dentro da contabilidade, há a quantificação das atividades econômicas a partir de ativos e passivos.

Ativos estão relacionados a tudo o que representa uma vantagem ou um lucro para o seu detentor ou empresa em questão, é tudo o que pode ser convertido em dinheiro sem que precise ser levado em consideração algum prazo específico.

Já os passivos representam o contrário: tudo o que traga algum tipo de negativa ou perda na receita; são tanto bens como dívidas e podem gerar perdas imediatas ou ao longo de um período de tempo.

O acompanhamento dessas duas classes de movimentações é crucial na gestão de qualquer negócio e cada uma delas pode ser classificada em subcategorias. No caso dos ativos, temos os ativos tangíveis e os ativos intangíveis.

O que são ativos tangíveis?

Entenda que são ativos tangíveis!
Os ativos tangíveis são todo capital humano. | Imagem: Pexels.

Ativos tangíveis, se formos partir do significado do termo, são os bens e propriedades que podem ser tocados, são recursos concretos, que têm um valor mensurável e que fazem parte do capital físico e financeiro de uma empresa.

Ou seja, aqui estamos nos referindo a todo o capital humano de uma organização, seus equipamentos, infraestrutura local, estoque, etc.

Por que eles são importantes?

Esse tipo de ativo precisa ser mensurado e acompanhado por um motivo muito simples e essencial: os ativos tangíveis são limitantes da estratégia. É preciso saber onde se está, o que se tem para poder traçar planos e realizar as mudanças que precisam ser feitas para se chegar aonde se deseja ou alcançar o que se espera.

Exemplo

Suponhamos que exista uma organização com três colaboradores que fazem atendimento e prestam suporte aos clientes. Cada um desses colaboradores atendem, em média, 100 clientes por dia e o objetivo traçado pela empresa para o próximo ano seja aumentar a carteira de clientes para 10000 clientes.

Sem uma programação prévia sobre os recursos disponíveis, a gestão da empresa não será capaz de projetar de forma assertiva os recursos necessários para essa nova demanda. 

A organização precisa, então, entender o contexto atual (seus ativos) e delinear a estratégia a partir disso para garantir que o planejamento seja condizente com o cenário e realidade do negócio.

O que são ativos intangíveis?

Veja o que são ativos intangíveis!
Os ativos intangíveis são abstratos. | Imagem: Pexels.

Passando para os ativos intangíveis, eles são as propriedades e recursos de uma organização que não podem ser tocados ou vistos fisicamente, mas que ainda assim podem ser percebidos e representam vantagens para o negócio.

Vale destacar que os ativos intangíveis são mensuráveis, mas não permitem a determinação de um valor numérico específico sobre o que eles representam dentro da empresa, são recursos mais abstratos.

Dentro dessa categoria entram a força da marca, a administração e gestão estratégica, a comunicação, os valores, a gestão da informação, capacidade de inovação e demais diferenciais competitivos em termos de conhecimento.

Aqui, também podem ser contemplados bens imateriais da empresa, como registro de marcas, licenças, patentes, direitos autorais, fórmulas e receitas, softwares e tecnologias, além da carteira de clientes.

Como eles impactam os negócios?

Apesar de não terem um valor específico, os ativos intangíveis são, sim, capazes de aumentar o valor de mercado de uma organização. Sua visualização e impacto podem ser notados através de indicadores de qualidade e eles, assim como os ativos tangíveis, servem como parâmetro na hora da tomada de decisão e otimização dentro da gestão.

Exemplo

Uma empresa tem um nível de satisfação de seus clientes de 99%, um número de destaque e que não é simples de ser atingido. Tal informação e diferencial é, sem dúvidas, um ativo intangível valioso para essa organização.

A empresa pode aproveitá-lo na sua divulgação, gerando um sentimento de mais credibilidade junto aos seus clientes e potenciais clientes, em peças de marketing, e para entrar em novas redes e conquistar novas oportunidades de negócio.

Ativos tangíveis e intangíveis e a percepção do mercado

Compreenda os ativos tangíveis e intangíveis e a percepção do mercado!
Os ativos combinam com todas as organizações. | Imagem: Pexels.

Como vimos, acompanhar os ativos tangíveis e intangíveis é uma demanda que cabe e colabora com qualquer tipo de negócio, independente do porte ou segmento. 

Mas, será que existe algum mais importante do que o outro? Como funciona essa relação no mercado e contexto atual?

Bom, há algumas décadas, os ativos tangíveis ocupavam um lugar central nessa história, pois representavam um valor concreto para um negócio. A estimativa era de que 90% do valor de mercado de uma empresa era formado pelo seu capital de ativos tangíveis.

No entanto, com o fenômeno da digitalização, passamos por uma transformação e tanto na nossa sociedade, abrindo espaço para um cenário em que a informação se tornou sinônimo de poder e grande valor. 

Tal revolução trouxe os ativos intangíveis para uma posição de destaque e hoje a relação se inverteu: cerca de 80% do valor de um negócio é representado por seus ativos intangíveis e somente 20% advém de seus ativos tangíveis. 

Ou seja, são a reputação e o diferencial subjetivo de uma empresa, aquele que não é possível comprar ou copiar, que fazem um negócio ter sucesso, se manter no mercado e ser valioso e competitivo.

E você, desenvolvedor, sabendo disso, consegue traçar estratégias para gerar ainda mais valor para a sua Software House ou para a organização em que você trabalha e também para os seus clientes.

Independente de quais os seus objetivos nesse sentido, precisamos te lembrar que a TecnoSpeed é a Casa do Desenvolvedor e não é à toa…

Você pode contar com a gente para potencializar seus softwares com as nossas soluções, aumentar sua receita com nossa proposta de parceria e, claro, te manter atualizado e elevar seu nível de conhecimento com o conteúdo do nosso blog e na nossa newsletter – inscreva-se abaixo!


Summary
 O que são ativos?
Article Name
O que são ativos?
Description
Ativos estão relacionados a tudo o que representa uma vantagem ou um lucro para o seu detentor ou empresa em questão, é tudo o que pode ser convertido em dinheiro sem que precise ser levado em consideração algum prazo específico. Já os passivos representam o contrário: tudo o que traga algum tipo de negativa ou perda na receita; são tanto bens como dívidas e podem gerar perdas imediatas ou ao longo de um período de tempo.
Author
Publisher Name
TecnoSpeed
Publisher Logo
4 ComentáriosFechar comentários

Deixe um comentário

Localização

Tecnospeed ©  2022. Feito com ❤ pelo time Tecnospeed.