Tempo de Leitura: 4 minutos

Você sabe o que é razão social? E como escolher? Neste artigo a gente te explica tudo o que você precisa saber a respeito!


Se você tivesse uma empresa ou marca, qual o nome que você lhe daria? No mundo do empreendedorismo, isso é um pensamento e uma demanda muito comum, afinal, todo negócio ativo precisa de um nome, ou melhor, dois.

A gente explica: para além do reconhecimento da empresa, a definição do nome é uma exigência para o CNPJ, que por sua vez é o processo e documentação que registra a existência e regularização de todo e qualquer empreendimento.

Nele, é necessário estabelecer dois nomes: a razão social e o nome fantasia. Já ouviu falar nisso e entende a diferença e importância de cada um deles? Não? Pois, é exatamente sobre isso que falaremos no post de hoje, é só continuar a leitura!

O que é razão social da empresa?

Razão social é o “nome completo” de cada pessoa jurídica, ou seja, empresa. Também pode ser conhecida como Denominação Social ou Firma Empresarial.

Ela é criada no momento da formalização do CNPJ, registrada junto ao cartório e órgãos governamentais, e utilizada em documentos legais e fiscais, como NF-e, contratos ou escrituras.

Por servir como uma ferramenta de identificação formal, ela precisa ser única e exclusiva, ou seja, não pode haver duas pessoas jurídicas registradas com a mesma razão social.

Razão Social x Nome Fantasia x Marca

Entenda o que é Razão Social, Nome Fantasia e Marca!
É necessário entender o que é Razão Social, Nome Fantasia e Marca. | Imagem: Pexels.

Se a razão social é o nome completo, o nome fantasia é como se fosse o “apelido” ou primeiro nome de uma empresa. É esse nome que aparece nas fachadas, cartões de visita e demais materiais de divulgação. 

É por ele que um negócio é conhecido e comumente chamado no dia a dia, fora da esfera jurídica, e, por esse motivo, o nome fantasia costuma ser diferente, mais curto, simples e atrativo que a razão social do negócio.

Porém, um nome fantasia só é reconhecido como marca e tem seu uso cedido com exclusividade para determinada empresa quando é registrado junto ao INPI, o Instituto Nacional de Propriedade Industrial. Esse processo não é obrigatório, mas é uma questão de segurança para o(s) empreendedor(es).

Sem esse registro, nada impede que outras empresas utilizem um mesmo nome fantasia; por outro lado, é importante verificar se não há uma marca registrada com o nome que você pensou para o seu negócio antes de escolhê-lo para evitar problemas e frustrações futuras.

Qual é a importância da razão social?

Por ser um requisito do CNPJ, a razão social é uma das coisas que vai permitir que a empresa exerça suas atividades legalmente e conforme o seu enquadramento tributário.

Além disso, ela individualiza um negócio e o acompanha em todos os processos sensíveis e formais, como documentações e obrigações fiscais.

Como escolher a razão social?

Saiba como escolher a razão social!
A escolha da razão social é necessária e deve ser feita com cuidado. | Imagem: Pexels.

Bom, a escolha exige cuidado e uma etapa obrigatória de verificação, pois, como falamos antes, não pode ser igual a de qualquer outro negócio. Ao mesmo tempo, existe um certo padrão na hora de criar uma razão social.

Geralmente, ela é composta por três partes: um nome personalizado (que está geralmente ligado ao nome fantasia ou aos nomes do dono ou dos sócios), o ramo principal de atividade da empresa (como comércio ou internet, por exemplo), e o seu tipo de enquadramento ou constituição legal (como LTDA, S.A., MEI, ME, EPP, entre outras).

Além disso, aqui vão algumas dicas para escolher a razão social da sua empresa: prefira um nome de fácil compreensão, escrita e assimilação e considere também o tamanho desse nome, afinal, ele precisará ser falado, digitado e impresso muitas vezes por você, seus clientes, colaboradores e relativos.

Depois de escolhida, o próximo passo é oficializar a sua razão social através do processo de abertura da empresa, registrando-a, primeiramente, na Junta Comercial ou Cartório, e utilizando-a nas etapas seguintes da formalização junto ao município, estado e demais órgãos.

No caso específico do MEI, a razão social segue o padrão obrigatório: nome completo do microempreendedor individual seguido de seu CPF. Para ME e EPP, também é obrigatória a utilização do nome do empreendedor, sendo seu último nome de forma completa, mas outras variações são possíveis e o CPF é dispensado.

É possível trocar a Razão Social da empresa?

Sim, uma empresa consegue trocar a sua razão social caso queira ou identifique essa necessidade. No entanto, este é um processo que pode demorar, envolver uma certa burocracia e vários custos, o que quer dizer que ele só é recomendado em caso de real necessidade e com um bom planejamento para isso.

O maior desafio ligado à mudança da razão social de um negócio é que essa decisão invalida todos os documentos e processos em que a razão social antiga consta ou foi utilizada como meio de identificação.

Ou seja, é preciso atualizar e/ou refazer todos os contratos sociais, todos os cadastros em serviços do governo, instituições bancárias, cartórios, fornecedores, registros de funcionários e certificados digitais.

Para evitar essa dor de cabeça e esforço, o melhor caminho é contar com uma ajuda contábil especializada na hora de definir e registrar a razão social, assim é possível fazer a escolha certa e uma única vez.

Não esqueça da segurança durante o processo

A segurança durante o processo do registro da razão social é muito importante!
O Certificado Digital ajuda na segurança da razão social. | Imagem: Pexels.

E também para o futuro! Estamos falando da aquisição e uso de um Certificado Digital logo após o registro da razão social e formalização da empresa. Esse recurso é útil e também obrigatório para assinar documentos digitalmente, emitir notas fiscais eletrônicas, acessar serviços governamentais, como o e-Social, e até cumprir obrigações fiscais, como enviar as declarações contempladas no SPED Fiscal.

 

Uma certificação te garante tudo isso e muito mais ao alcance de um clique, com 100% de segurança contra fraudes, violações e validade jurídica nas operações. Se você está se organizando para abrir seu negócio, já coloque comprar um certificado digital na sua checklist!

Parceria Certificado Digital

Agora, se você é gestor de Software House, a sua missão é passar a oferecer essa solução junto com seus softwares de gestão empresarial e/ou fiscal, facilitando a vida dos seus clientes de verdade

Se quiser dar o start nessa oportunidade incrível que os certificados digitais representam para o seu negócio, te convidamos para ser nosso parceiro com a proposta mais vantajosa do mercado. Saiba mais no link abaixo:

[botão – CTA] Seja um Parceiro em Certificação DigitalSeja um Parceiro em Certificação Digital

Mas uma coisa a gente já te adianta: investindo em certificações, você e seus clientes só têm a ganhar! Se quiser, leia sobre o crescimento dos certificados digitais e comprove. Você não vai se arrepender!

Summary
O que é razão social da empresa?
Article Name
O que é razão social da empresa?
Description
Razão social é o “nome completo” de cada pessoa jurídica, ou seja, empresa. Também pode ser conhecida como Denominação Social ou Firma Empresarial. Ela é criada no momento da formalização do CNPJ, registrada junto ao cartório e órgãos governamentais, e utilizada em documentos legais e fiscais, como NF-e, contratos ou escrituras. Por servir como uma ferramenta de identificação formal, a razão social precisa ser única e exclusiva, ou seja, não pode haver duas pessoas jurídicas registradas com a mesma razão social.
Author
Publisher Name
TecnoSpeed
Publisher Logo
0 ComentáriosFechar comentários

Deixe um comentário

Localização

Tecnospeed ©  2022. Feito com ❤ pelo time Tecnospeed.